Refrigerante zero: amigo ou inimigo da dieta?

Não raro nós ouvimos que um estudo descobriu que um alimento que nós achávamos que fazia bem para a saúde, na verdade, faz mal. O ovo, por exemplo, uma hora é vilão e outra é herói. A bola da vez é o refrigerante diet – ou o rebatizado recentemente refrigerante zero.

Um novo estudo publicado na revista “Obesity”, da Sociedade da Obesidade (EUA), confirma que o consumo de bebidas dietéticas, como o  refrigerante zero, pode ajudar as pessoas a perder peso.

Então refrigerante zero emagrece?

É o que os estudos mostram. James O. Hill, diretor executivo do Centro Anschutz de Saúde e Bem-Estar da Universidade de Colorado e coautor do estudo, explica que a descoberta contraria mitos surgidos nos últimos anos que afirmam exatamente o contrário – o aumento de peso. “Na verdade, aqueles que beberam refrigerante zero perderam mais peso e relataram sentir significativamente menos fome do que aqueles que beberam apenas água. Isso reforça que, se você está tentando perder peso, você pode desfrutar de bebidas diet”.

O estudo durou 12 semanas, contou com 303 participantes e é o primeiro ensaio clínico prospectivo e randomizado para comparar diretamente os efeitos de água e bebidas diet na perda de peso dentro de um programa comportamental focado no emagrecimento.

Realizada simultaneamente por pesquisadores da Universidade do Colorado e do Centro de Pesquisa em Obesidade e Educação da Universidade de Temple (EUA), a pesquisa mostra que os indivíduos que consumiram bebidas dietéticas perderam uma média de 6 quilos – 44% a mais do que o grupo de controle, que perdeu uma média de 4 quilos.

Além disso, 64% dos participantes do grupo das bebidas dietéticas perdeu pelo menos 5% do seu peso corporal, em comparação com apenas 43% do grupo de controle. Foi comprovado que esta redução em 5% do peso corporal melhora significativamente a saúde, incluindo a redução do risco de doença cardíaca, pressão arterial elevada e diabetes do tipo 2. O estudo foi apoiado por uma concessão educacional irrestrita da Associação Americana de Bebidas.

Para John C. Peters, coautor do estudo e diretor de estratégia do Centro Anschutz, há muita desinformação a respeito do refrigerante zero, especialmente na internet. “Esta pesquisa permite que pessoas em dieta sintam-se confiantes de que as bebidas açucaradas de baixa ou nenhuma caloria podem desempenhar um papel importante e útil como parte de uma estratégia eficaz e abrangente perda de peso”.

Os participantes do estudo foram aleatoriamente designados para um dos dois grupos: um podia tomar bebidas dietéticas, como refrigerante zero, chás e águas aromatizadas, o outro apenas água. Com a exceção das opções de bebidas, os dois grupos seguiram um programa de dieta e exercício idêntico ao longo do estudo. Ambos os grupos notaram reduções na circunferência da cintura e na pressão arterial.

Porém, além de perder 44% mais peso do que o grupo controle, o grupo que consumia as bebidas dietéticas também relatou sentir significativamente menos fome, mostrou melhorias significativamente maiores nos níveis colesterol “ruim”, e viu uma redução significativa nos níveis de triglicerídeos. [Science Daily]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta