Segundo Google, os governos estão nos vigiando cada vez mais

Publicado em 19.11.2012

Em seu mais recente Relatório de Transparência, o Google mostrou que a “vigilância governamental” está em alta: de janeiro a junho deste ano, a empresa recebeu quase 21 mil pedidos de informações de usuários por parte de governos ao redor do mundo. No topo da lista estão os Estados Unidos, com 7.969 pedidos (dos quais 90% foram atendidos); o Brasil está em terceiro lugar, com 1.566 pedidos (76% atendidos).

Entre os dados que ficam nas mãos do Google estão históricos de busca, mensagens do Gmail, preferências do YouTube, fotos no Picasa, documentos armazenados no Google Drive e informações sobre usuários do Blogger.

Outra informação divulgada no relatório é o número de pedidos de remoção de conteúdos desses serviços: 1.791 solicitações no primeiro semestre de 2012 (contra 1.048 no segundo semestre de 2011).

Em entrevista à BBC, uma porta-voz do Google afirmou que o Relatório de Transparência serve como um indicador do comportamento de governos ao redor do mundo. “Por exemplo, na Turquia há leis específicas sobre difamação de figuras públicas, enquanto na Alemanha nós recebemos pedidos para remover conteúdo neo-nazista”, explicou. “No Brasil recebemos muitos pedidos para remover conteúdo durante as eleições porque há uma lei banindo paródias de candidatos”.

Para Nick Pickles, diretor do grupo de campanha Big Brother Watch, o cenário é inquietante: “Deveria nos preocupar o fato de que, enquanto o governo tenta justificar o monitoramento de todos os nossos e-mails, visitas a websites e mensagens em mídias sociais, há centenas de pedidos de dados recusados todos os anos pelo Google”. Ele ressalta que outras empresas deveriam divulgar detalhes sobre esse tipo de solicitação, para que o público soubesse até onde vai o poder de vigilância dos governos.

“A informação que revelamos é apenas uma pequena fração da interação dos governos com a internet, já que não sabemos sobre a maior parte dos pedidos feitos a outras empresas de tecnologia ou telecomunicações”, aponta a analista sênior de políticas do Google Dorothy Chou. Ela lembra, contudo, que em 2011 companhias como o Twitter, o LinkedIn e o Dropbox passaram a divulgar suas estatísticas também. “Nossa esperança é que, com o tempo, mais dados irão dar suporte ao debate público sobre como manter a internet livre e aberta”.[Daily Mail UK]

Gráfico que indica a evolução dos pedidos para remover conteúdo dos serviços do Google

Gráfico que mostra a evolução dos pedidos de governos para receber informação de usuários do Google

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

11 Comentários

  1. Pra mim quem não deve não teme e ponto final, alias quem teme vai se sentir muito melhor após estar sendo vigiado 24 horas por dia alguém com alucinações ou sonhos vividos por exemplo, para essas pessoas tudo foi real, quando se monitoradas e depois confrontadas com a realidade nos vídeos conseguem aos poucos assimilar a realidade de volta como ela é
    E o mesmo ocorre há muitas pessoas que cometeram crimes aqueles que cometeram um crime pela primeira vez ao ser confrontadas com sua atitude acabaram por não repetir o mesmo delito novamente.
    Privacidade dentro de casa pra que? desde que não sejam publicados os vídeos não vejo porque não ser filmado em todos os lugares mesmo num banheiro se depois o video for realmente apagado e não divulgado fora em casos de crimes por mim sem problemas, pois temos ai os limitadores de quem assistiria a vida de todas as outras pessoas no mundo (somos mais de 7 bilhões) e onde ficaria guardado tanto bilhões de bytes ou seja é impossivel que seja feita vigilância constante em tudo e todos mas em casos graves como nos crimes teria de onde e por quem foi cometido

    Thumb up 1
    • Piedade leia este livro (1984_George Orwell)
      pois é fundamental p/ quem emite alguma opinião sobre A PRIVACIDADE DE TODOS, ter um pouco mais de profundidade nos comentários. Privacidade é um bem particular, garantido pelas constituições da maioria dos países em que se pode ter uma vida digna [O mesmo não acontece por exemplo na China, na Coréia do Norte e não acontecia nos países da primavera árabe]

      Aliás privacidade é o que exercemos aqui, ao opinar, alguém quer abrir mão disso????

      1984 é um clássico moderno escrito por George Orwell no ano de 1948. O livro se passa em uma sociedade futurística e discorre sobre assuntos políticos em um cenário distópico, onde todos os passos são vigiados pelo Grande Irmão.

      Winston, personagem principal, vive em Oceânia.O território de Oceânia é governado de forma arbitrária pelo Partido. A figura do Grande Irmão é a mais importante. Ele “segue” todos os cidadãos em cartazes espalhados com sua imagem, que parece estar sempre de olho no povo.
      Além da Oceânia, existem Eurásia e Lestásia. Esses dois territórios estão em guerra constante contra a Oceânia pela disputa dos territórios “neutros” (consultar mapa). Só que a guerra não é ideológica – é uma disputa de poder e domínio sobre o próprio povo que eles governam.
      Há teletelas espalhadas por todo território da Oceania (território esse que conta com um governo nos moldes de socialismo totalitário). As teletelas são uma espécie de televisão, que ao mesmo tempo que transmitem informações vinte e quatro horas, também são responsáveis por capturar áudio e vídeo de quem passa na frente delas. Assim sendo, todos os seus movimentos são vigiados.
      Você deve tomar cuidado com o que pensa: pensamentos contrários ao ideal do Partido também podem ser considerados um crime. E é a partir daí que se desenrola a história.
      Em 1984, o passado vive em constante alteração de acordo com o bel prazer do Partido. Todo os dias documentos são alterados, modificando o passado. Não há como saber o que é fato e o que é invenção do partido. Ou se algo na História ainda é verdadeiro. O Partido manipula o passado para controlar o presente e se apossar do futuro. O herói da história trabalha no departamento responsável por essas alterações e a partir daí começa a formar seu pensamento crítico, pois ele não consegue mais saber o que é verdade e mentira e como a todo tempo as coisas mudam e ninguém percebe. Há também uma coisa chamada duplipensamento, mas que se eu for explicar vou gastar mais linhas do que estou disposta.
      Duplipensar é uma palavra de um vocabulário próprio desse mundo chamado Novafala. Esse conceito é essencial para quem vive sobre o regime do Partido.
      http://www.literalmentefalando.com.br/2011/03/1984-george-orwell.html

      Thumb up 5
  2. gente eu acho uma falta de respeito,você não tem mais privacidade para nada dai uns tempo o governo vai mandar estalar câmeras ate no banheiro

    Thumb up 6
  3. Para evitar qualquer problema temos que ser o máximo possível, transparentes.
    O que não queremos que saibam devemos guardar na mente, esta, por enquanto ainda é inviolável, não?

    Thumb up 11
  4. Que sejam bem bindos os pombos correiros para cada um do planeta; Que sejam bemvindos os codigos morse; Que sejam bem vindos a comunicaçao por fumaça; Que sejam bem vindos o telegráfo; Que sejam bem vindos a telepatia; Que sejam bem vindos a comunaçao de surdo e mudos. Seja bem vindo o seculo 19. Que tempo bom que nao voltam nunca…. Que em 21 de dezembro de 2012 seja o fim de todos os satelites artificiais em volta do planeta Terra! Lembre-se: as informaçaoes nao estao no Google . Mas sim, no pentagono! Google é virtual!
    Boa sorte terráqueos.

    Ass. Unidade Extrateresstre by World

    Thumb up 8
  5. Não existe nenhum meio de comunicação que não sofra com a intromissão de governos. Escutas telefônicas são as campeãs! Gastos com cartões de credito fornecem uma verdadeira trilha sobre a vida e os hábitos do cidadão. O fato é que não podemos abrir mãos do Google!

    Thumb up 3
  6. eu acredito que na verdade o interece nem é do governo
    mais ele é comprado pelas grandes midias
    para vender o que o povo “precisa”
    o que vc procura e pesquisa com mais frequencia
    vai ser o que eles vão te vender amanhã
    o governo com essas informações continua com o pão e circo de sempre
    mais dessa vez muito mais eficiente

    Thumb up 1
  7. Estou cada vez mais perto de acabar com tudo o que é mails e contas em sites porque noticias destas são cada vez mais recorrentes ou piores…
    Uma pessoa vai a rua e tem o Google Earth como sombra, os mails e afins que eram suposto ser privados podem ser entregues a qualquer gato pingado que tenha um cartão da policia ou governo, as contas com dados e as conversas nos chats já são guardadas para poderem ser vistas por outros…
    sinceramente a privacidade morreu, toda a gente sabe mas ninguem quer saber.

    Thumb up 34

Envie um comentário