Tem medo de injeção? Olhe para o outro lado e não vai sentir nada

Publicado em 29.05.2012

“Você vai sentir uma picadinha, tá?”. Quem nunca ouviu isso antes de tomar uma injeção? Agora, pesquisadores alemães dizem que os professionais não deveriam fazer isso.

Ninguém deve dizer para você que você deve esperar dor. E, também, se você não quiser sentir dor, a dica é não olhar para a injeção. Se vai funcionar? Com certeza.

Nossa percepção da dor é baseada em duas coisas: nossas experiências passadas (você já sabe que objetos afiados, como a agulha, causam dor quando pressionados contra a pele) e nossas expectativas (geralmente influenciadas pelo profissional da saúde, que nos diz o que esperar – só uma dorzinha, uma picadinha, etc).

Como contornar tudo isso, então? Não olhando para a agulha – assim não lembrando da dor que ela causa – e não ouvindo que a injeção vai causar desconforto (é melhor que o profissional não diga nada, ou diga que você não vai sentir dor).

O estudo feito pelo Centro Médico da Universidade de Hamburg-Eppendorf (Alemanha) analisou as reações de 25 estudantes universitários a um choque especialmente designado para causar um desconforto igual a de uma injeção (um choque leve).

Ao receber o choque, as pessoas estavam olhando para um monitor com uma imagem de uma mão na mesma posição que a sua, parecendo que estavam olhando para sua própria mão. Algumas pessoas receberam o choque enquanto viam a mão sendo picada por uma agulha, outros enquanto viam a mão ser tocada por um cotonete, e o grupo de controle viu apenas uma mão.

Em seguida, eles disseram quanta dor e desconforto sentiram. Sem surpresa, os resultados mostram que as pessoas que viram mãos sendo picadas por agulhas sentiram mais dor e desconforto.

Ou seja, os pesquisadores concluíram que a expectativa das pessoas sobre a dor que estão prestes a sentir afeta a sua percepção da intensidade da dor.

Essa conclusão está alinhada a outras descobertas, como a de que se você disser que um estímulo será muito doloroso para alguém, essa pessoa vai sentir mais dor em comparação com outras que receberam o mesmo estímulo, mas que ouviram que ele ia ser indolor.

Outra pesquisa que suporta que a dor depende muito da nossa percepção descobriu que a meditação é um poderoso analgésico, diminuindo a percepção da dor nas pessoas, porque muda a forma como o cérebro processa os sinais de dor.[MSN]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

6 Comentários

  1. Depende da injeção, da vez que eu fui tirar amostra de sangue para teste hormonal. A largura da agulha era da grossura do tubo de tinta de caneta, na hora de sair, parecia que tava rasgando tudo por dentro.

    Thumb up 0
  2. Eu nunca olho, senão parece que vai doer mesmo precipitadamente.
    Mas… alguém lembra aí que gostosa a picadinha da vacina de gripe A/H1N1? Aposto que muita gente também ‘chorou por dentro’!

    Thumb up 7
  3. Nem li o artigo, só pelo título eu digo que é mentira. Pode até ser verdade para vacinas, mas tome uma benzetacil sem olhar e diga com toda a sinceridade do mundo “doeu nada”.

    Thumb up 14
  4. Hum… não sei não… a maioria das vezes que eu tomei injeção até hoje, eu não olhei, e mesmo assim doeu (muito). E eu sempre pergunto pra enfermeira se vai doer, e ela diz “não, é só uma picadinha de formiga!”. Mas picada de formiga também doí.
    Isso sem falar que, quando agenda toma injeção na bunda, não vemos, e mesmo assim sentimos dor…

    Thumb up 10

Envie um comentário

Leia o post anterior:
t1larg.toilet.gi
É preciso reinventar o banheiro

Segundo especialista...

Fechar