Três espécies de anfíbios consideradas extintas foram redescobertas

Publicado em 26.09.2010

Anfíbios em todo o mundo estão ameaçados pela poluição, mudança climática, perda de habitat devido ao desenvolvimento, e por uma infecção que provoca quitridiomicose, uma doença que tem dizimado populações inteiras, e até mesmo espécies de anfíbios.

Agora, uma busca global está tentando encontrar 100 espécies de anfíbios que podem estar sobrevivendo em pequenas populações. O programa, nomeado “Procura-se sapos perdidos”, já encontrou três espécies que os cientistas imaginavam estarem extintas.

Até o momento, foram redescobertos uma salamandra mexicana que não era vista desde que foi descoberta em 1941, um sapo da Costa do Marfim , desaparecido desde 1967, e uma rã da República Democrática do Congo, perdida desde 1979.

Um cientista da Universidade Nacional Autônoma do México foi quem encontrou a salamandra marrom que tem um pé largo, chato e cor-de-rosa (Chiropterotriton Mosaueri), em um sistema de cavernas que só é acessível por um buraco grande.

Já o sapo pequeno e bem camuflado da Costa do Marfim (Hyperolius Nimbae) foi redescoberto por um cientista local da Universidade de Abobo-Adjame.

Por fim, quando ouviu o seu chamado, um funcionário do Museu de História Natural da Dinamarca redescobriu a última espécie, o Omaniundu (Hyperolius sankuruensis), do Congo, um sapo marrom escuro com manchas verde-claro quase fluorescentes.

Sendo que mais de um terço de todos os anfíbios estão ameaçados de extinção, os resultados são bons, mas ainda insuficientes. Ainda assim, os achados são fantásticos e podem ter implicações importantes para as pessoas, bem como para os anfíbios. Alguns desses animais podem fornecer novos compostos medicinais, e pelo menos um deles vive em uma área que é importante proteger, uma vez que fornece água potável para áreas urbanas.

A busca deve continuar em outubro. a[OurAmazingPlanet]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. Eu tbm acho , ki o ser humano é muito inresponsavel cm o nosso planeta ! Eu estou fazendo um trabalho da escola e mi inportei muito com isso ! os anfibios sao um pouco nojentos mais sao animais ki só tentam si defender! genti cuidi melhor do nosso planeta!

    Thumb up 1
  2. EU ACHO Q O SER HUMANO TINHA Q TER MAIS RESPORSABILIDADE E CUIDA DO NOSSO PLANETA E DOS ANIMAIS BELOS DO NOSSO PLANETA.NOS SOMOS UNS BUCADOS DE BURROS PQ NOS DESPERDIÇA AGUA E DESMATA AS FLORESTA ISSO E TRISTE E DEUS NAO GOSTA. VAMOS PRESEVA A NATUREZA DO MUNDO POR FAVO

    Thumb up 2
  3. É muito bom saber q eles ainda existam, msm longe. Só resta saber por quanto tempo, afinal, por algum motivo eles foram considerados extintos, será culpa do ser humano?

    Thumb up 3
  4. Ze se informa um pouco antes de vim falar besteiras, nós humanos vivemos num ecosistema onde cada ser vivo tem sua importancia. Se acabarmos com um certo tipo de predador (sapos), havera um aumento na população de suas presas (insetos), e certamente voce nao vai querer isso…

    Thumb up 8
  5. Que mané sapinho o quê !

    Vão mata tudo , isso não presta , wuando eu era pequeno matava duzias desse troço com fisga na beira do paraopeba . Agora fica aí esse cientistazinhos di faculdade inútil tentando salvar estas merdinhas.

    Vamo cuidar de criança humana carente que tá cheio por aí.

    Foda-se os sapos ,baleias , urso polar , ursinho e o escaCAMBAL !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Thumb up 1
    • Pena q não tenha + como negativar os comentários…

      Thumb up 0
    • Ignorante que chega a dar dó. Não sabe cuidar nem de um simples animal sem matar e quer cuidar de criança humana, vai entender…

      Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
guardaroupafogo
As 8 separações mais bizarras do mundo

Não se sinta mal se ...

Fechar