Os 10 mais espetaculares lagos de crateras

O photoblog “Love These Pics” compilou uma galeria impressionante com 42 dos mais belos lagos em crateras. As lagoas de crateras são formadas geralmente em cones de vulcões extintos, e tem uma beleza insólita, geralmente causada pela notável simetria circular e pela paisagem circundante. A água destas crateras aparece nas mais diversas cores, variando da turquesa opaca ao azul profundo, e é normalmente o resultado de minerais do terreno circundante dissolvidos. Além das crateras de vulcões, existem também as crateras de impactos de asteroides, e até mesmo de explosões atômicas.

Confira 10 fotos dessa incrível galeria:

1 – Lago Pinatubo, Filipinas

Formado após a erupção do Monte Pinatubo, em 1991, ele foi enchido pelas chuvas conhecidas como monções. Com 800 metros de profundidade, é o lago mais fundo nas Filipinas.

Autor da imagem: monggoy

2 – Lago Quilotoa

Trata-se de uma “caldeira” cheia de água, e o vulcão mais a oeste nos Andes Equatorianos. A cratera tem cerca de 3 km de largura e o lago tem profundidade de 250 metros. A cor verde das águas é resultado dos minerais dissolvidos na mesma.

Autor da imagem: Kevin Labianco

3 – Lago na boca do vulcão Taal em Luzon

Outro lago de cratera nas Filipinas, na ilha de Luzon, a mesma que abriga o Pinatubo. A Caldera Taal foi formada por erupções que ocorreram entre 140.000 e 5.380 anos atrás. A última erupção do vulcão Taal aconteceu em 1977, mas ele continua apresentando sinais de atividade.

Autor da imagem: Deck Chua

4 – Lago de cratera Okama, no Monte Zaō, Japão

Conhecido também como “Poço de Cinco Cores”, por mudar de cor dependendo do clima, ele está em uma cratera formada por uma erupção que aconteceu nos anos 1720. O lago tem 360 metros de diâmetro e 60 metros de profundidade.

Autor da imagem: Laurenz Bobke

5 – Klausturhólar- Kerið, Islândia

Esse lago de cratera vulcânica situado no sudoeste da Islândia, com cerca de 55 metros de profundidade, 170 metros de largura e 270 metros de comprimento e aproximadamente 3.000 anos de idade, tem cerca de metade da idade das montanhas vulcânicas que o cercam.

Autor da imagem: Progresschrome

6 – Lago de cratera Lonar, em Aurangabad, Índia

A cratera Lonar foi formada por um impacto de meteoro, cerca de 50.000 anos atrás. Seu diâmetro médio é de 1,8 km, mas o lago tem diâmetro de 1,2 km e profundidade média de 150 metros.

Autor da imagem: Akshay Charegaonkar

7 – Complexo Ijen, Java Leste, Indonésia

O Complexo Ijen é um grupo de vulcões formando uma caldeira complexa, com cerca de 20 km de lagura.

“Eu fiz esta foto dentro da cratera do complexo Ijen. Passei praticamente a noite toda neste lugar irreal e lindo para fazer sequências de timelapse para meu novo curtametragem”, conta o fotógrafo.

Autor da imagem: Dennis Stauffer

8 – Cratera Katmai, Monte Katmai, Alasca

O Monte Katmai é outro vulcão composto, ou estratovulcão, localizado na península do Alasca. O lago que se abriga em sua cratera de 10 km de diâmetro tem cerca de 4,5 por 3 km de área, e foi formada durante a erupção de 1912, que criou o vulcão Novarupta.

Autor da imagem: Capitão Budd Christman, NOAA Corps

9 – Lago Tianchi

O Lago Tianchi, ou Lago Paraíso, está no cone do monte vulcânico Montanha Baekdu, na fronteira entre a China e a Coreia do Norte. Suas dimensões são de 4,85 km na direção norte-sul e 3,35 km na direção leste-oeste, e tem uma profundidade média de 213 metros. Entre o meio de outubro e o meio de junho, ele geralmente está coberto de gelo.

Autor da imagem: Globe Images

10 – Cratera Pngualuit

Trata-se de outra cratera criada por um impacto de meteoro. De formato quase circular, ela tem um diâmetro de 3,44 km e profundidade de 400 metros, e está localizada na Península Ungava, Qebec, Canadá.

O lago tem profundidade média de 267 metros, e é um dos lagos mais profundos da América do Norte. Tem também uma das águas mais puras do mundo, acumulada da precipitação de chuva e neve. E como se não bastasse isto, é um dos lagos mais transparentes do mundo.

Acredita-se que o impacto que originou a cratera aconteceu a cerca de 1,4 milhões de anos, e o povo inuit a chamava de “Olho Cristalino de Nunavik”. Pingaluit signficia “onde a terra sobe”.

Autor da imagem: Denis Sarrazin / NASA / Earth Observatory[io9]

4 respostas para “Os 10 mais espetaculares lagos de crateras”

Deixe uma resposta