Você se divorciaria para poder trabalhar a partir de casa?

Publicado em 19.03.2012

Uma nova descoberta aponta que as pessoas fariam muitas coisas para poder trabalhar em casa. Os 12% que disseram que deixariam de tomar banho diariamente e os 5% que disseram que iriam se divorciar que confirmem!

Apesar das escolhas acima estarem entre as respostas mais bizarras de uma enquete realizada pela provedora de comunicações online TeamViewer, elas ressaltam o fato de que as pessoas estão dispostas a deixar muita coisa de lado para trabalhar em casa.

Uma porcentagem significativa (34%), afirma que iria deixar as redes sociais e outros 30% dizem que iriam deixar de enviar mensagens de texto se pudessem ficar em casa. Outras repostas interessantes:

  • 29% largaria o chocolate
  • 25% deixaria o smartphone de lado
  • 20% pararia de comprar coisas

Além disso, alguns dos participantes diziam estar dispostos a fazer sacrifícios que afetariam seus benefícios: 17% ficaria sem aumento salarial e 15% abriria mão de metade das férias se pudessem trabalhar com comunicação em casa.

“Esses resultados podem parecer assustadores, mas mostram que o trabalho em casa será uma força a ser reconhecida no futuro”, comenta Holger Felgner, gerente geral da TeamViewer.

Uma das razões para pensarmos no potencial de trabalhar em casa vem do fato de que 54% dos participantes pensam que eles seriam no mínimo igualmente produtivos em casa do que no local atual de trabalho. Outros 32% pensam que seriam muito mais produtivos com locais de trabalho caseiros. Esse pensamento, de trabalhar em casa, é ajudado pelas tecnologias atuais, que facilitam a comunicação em diferentes espaços.

De acordo com a pesquisa, 53% das pessoas sentem que o aumento no uso de smartphones e tablets está melhorando a possibilidade de trabalhar em casa. Além desses, 49% sentem que cada vez mais trabalhar em casa está mais fácil.

As informações dessa enquete vieram das respostas de 2.630 pessoas, todas com mais de 18 anos.

Você abriria mão de que para trabalhar em casa? [LiveScience]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. Parece sonho, mas não é.
    A maioria das pessoas ainda não são capaz de assumir bem esta responsabilidade. Elas não admitem isto e negam com toda sinceridade esta incapacidade.
    Quando trabalhando em casa muitos dos nossos hábitos e vícios se farão mais presentes por não ter ninguém por perto fiscalizando.
    Assim usaremos mais a internet ou o facebbok, começaremos a trabalhar mais tarde e falaremos mais ao telefone. Todos os nossos vícios e manias se farão presente prejudicando o nosso desempenho e a nossa concentração.
    Passada a fase inicial, alguns poucos se tornarão dignos de prosseguir com eficiência. Os restantes se arrastarão enganando a si mesmos e a todos.

    Thumb up 0
  2. Já abri mão de todas as minhas férias nos últimos 8 anos para ter um negócio online. Mas pensando bem, me sinto de férias por 8 anos seguidos até hoje. Não tenho ninguém me ameaçando de ser demitido me regulando horários, cumpro os horários e faço minhas tarefas por puro prazer de fazer, não tenho aumento salarial proporcional ao mínimo nacional mas meu salário não depende de ninguém mais que se não de mim mesmo. As dificuldades que passo por ser livre perante ao “terror de ser empregado” eu tiro de letra.

    Thumb up 10
  3. As suposições no texto estão erradas. Muitos gostariam de trabalhar em casa para não passar pelo inferno cotidiano dos engarrafamentos urbanos, cada vez maiores.

    Thumb up 7
    • concordo.

      Thumb up 1
  4. Em um passado recente (cerca de 3 anos atrás) trabalhava de empregado na área técnica de refrigeração e a minha renda mensal era de R$ 1.800,00. Larguei tudo e resolvi investir no trabalho em casa, a minha esposa na época não aceitou tal atitude e me deixou. Hoje possuo alguns sites com anúncios para terceiros, e a minha renda mínima mensal está em torno de US$ 8.000,00. Hoje, com menos de 30 anos, viajo para conhecer o Brasil, Europa e Ásia e possuo uma boa poupança. Sem foco e sem ambição, não há sucesso.

    Thumb up 8
  5. Eu posso trabalhar a partir de casa 50% dos dias, mas mesmo assim prefiro ir para o local de trabalho. Se ficar em casa tenho de cozinhar para comer e ao fim de 1 semana em casa começo a sentir falta de interação humana. Além disso quando estamos a trabalhar a partir de casa, não há horário de saída e acabamos por ficar a trabalhar até mais tarde.
    Mas é giro trabalhar de casa 2 ou 3 dias por mês, e ás vezes faço isso.

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cura_ronco
O quanto o seu ronco realmente incomoda? [estudo]

Maridos, cuidado. Ma...

Fechar