10 coisas que você não sabia sobre a cerveja

Por , em 4.11.2010

Além de ser fabricada há milênios, a cerveja é febre não só na Alemanha com a Oktoberfest, mas em muitas outras partes do mundo, inclusive na América. Aliás, há a festa tradicional em Blumenau, em Santa Catarina. Os brasileiros também são grandes fãs. Então, antes de comemorar, que tal aprender um pouco sobre essa bebida alcoólica tão popular?

10) Do que é feita a cerveja?

É estranho, mas se alguém perguntasse o que uma garrafa de cerveja contém, a resposta seria: flores, fungos, grãos e principalmente água. Muito de seu sabor vem do lúpulo, que são flores de videira cultivadas, que parecem mini-pinhas de margaridas. O álcool da cerveja vem de cereais, geralmente cevada, que é transformada em malte (ou colocada para germinar) e, em seguida, imersa em água para extrair seus açúcares. Esses açúcares tornam-se o jantar das leveduras, minúsculos fungos unicelulares que excretam álcool. As leveduras geralmente são filtradas de cervejas comerciais antes de elas serem engarrafadas, mas deixam marcas (e sabores) para trás. Surpreendentemente, a cerveja contém pelo menos 62 proteínas, 40 delas provenientes da levedura. Essas proteínas são fundamentais para formar a espuma da cerveja.

9) Propriedades anti-câncerígenas

O lúpulo, que dá o gosto amargo à cerveja e seu aroma frutado, é um poderoso combatente do câncer. O lúpulo é uma melhor fonte de antioxidantes do que o vinho tinto, o chá verde e os produtos de soja. A fonte é xanthohumol, um composto encontrado somente no lúpulo. Porém, você teria de beber cerca de 450 litros de cerveja por dia para ver algum benefício na sua saúde. Não daria certo, né? Pesquisadores esperam passar a propriedade anti-câncer do lúpulo para um remédio.

8 ) Bebida feminina

Seres humanos e leveduras têm trabalhado em conjunto durante milênios para criar “poções” saborosas. Seis milênios antes de Cristo, os antigos sumérios descobriram a arte da fermentação. Por volta do século 19 a.C., foram inscritas receitas de cerveja na forma de um hino a Ninkasi, a divindade feminina da cerveja. Outras culturas ao redor do mundo desenvolveram cerveja de forma independente, mas o trabalho de fabricação da cerveja sempre foi das mulheres. Tenenit, a divindade egípcia da cerveja, era do sexo feminino, como era a deusa Zulu (África) da cerveja, Mbaba Mwana Waresa. Entre o povo Wari, do antigo Peru, as mulheres de elite fabricavam a cerveja. Séculos mais tarde, as mulheres dominaram a cena cervejeira européia. Só no final de 1700 a cerveja se tornou uma bebida predominantemente masculina.

7) Quem bebe cerveja hoje?

Hoje, a cerveja é a bebida preferida dos homens. Nos EUA, dos 67% dos adultos que bebem álcool, 54% dos homens e 27% das mulheres põe a cerveja no topo da lista. Destilados são igualmente preferidos por ambos os sexos. Mas a bebida número um para as mulheres é o vinho, uma tendência em grande parte impulsionada pelas mulheres de 50 anos. A cerveja é mais popular entre os jovens (18 a 34 anos), sendo que metade deles lista a cerveja como bebida alcoólica preferida.

6) Cerveja não é só para beber

Existem muitos usos alternativos para a cerveja. Por exemplo, os cozinheiros a usam para dar sabor ao molho de churrasco, temperar pão ou umedecer frango grelhado. Mas isso não é nada comparado com a ideia de John Milkovisch. A partir de 1968, ele passou 18 anos revestindo o exterior de sua casa com latas de cerveja amassadas, transformando-as em franjas. Milkovisch morreu em 1988, e sua casa agora é um museu. Comece a beber uma cerveja agora se quiser tentar fazer uma cerca dessas em sua casa.

5) Misturas acidentais

Gosta da cerveja tipo lager? Agradeça aos cervejeiros bávaros da Idade Média. Sem seus ajustes genéticos acidentais, essa cerveja clara e leve poderia não existir. A cerveja lager surgiu quando eles começaram a fermentar a cerveja ale (mais amarga) no inverno. A levedura da cerveja, Saccharomyces cerevisiae, não fermentava bem em temperaturas frias, e sobreviveu por hibridação com outra levedura, S. bayanus, que cresce melhor nesse clima. A mistura resultou na S. pastorianus, agora usada em cervejas lager do mundo inteiro.

4) Gosto ruim? Muita luz na cerveja

Embora muitas pessoas culpem a idade ou a refrigeração prolongada quando uma cerveja não está com gosto bom, na verdade é a luz que estraga a bebida. A cerveja tem compostos de lúpulo sensíveis à luz. A exposição prolongada à luz pode provocar uma reação nesses compostos, levando ao gosto ruim. É por isso que a cerveja é normalmente armazenada em garrafas “protetoras” marrons ou verdes.

3) Cerveja é bom para os ossos…

Todo mundo sabe que a cerveja não é bem a melhor coisa para a saúde, mas ela contém pelo menos um ingrediente bom: silício. Duas cervejas podem proporcionar um nível saudável diário de silício, importante para a saúde óssea. As cervejas com muita cevada maltada e lúpulo são as têm mais silício. Lagers e cervejas de trigo são as menos ricas em silício.

2) …mas ruim para a cabeça

O álcool tem todos os tipos de efeitos desagradáveis no corpo, desde sono interrompido a desidratação, o que pode fazer você se sentir terrível no dia seguinte: famosa ressaca. Mas agradeça esse sentimento horroroso, porque a ressaca pode ser a maneira da natureza forçar a moderação no consumo, já que o álcool pode ser mortal. As consequências de beber demais, a longo prazo, incluem doenças do fígado e risco aumentado de câncer. Os bebedores têm um risco de câncer de esôfago sete vezes maior do que abstêmios. Os riscos de câncer de estômago, cólon e reto, fígado, pâncreas, pulmão e próstata também são maiores.

1) Porque as bolhas da cerveja flutuam para baixo?

Não, você ainda não estava bêbado. Talvez estivesse, mas não estava imaginando coisas, se percebeu que as bolhas da cerveja parecem desafiar as leis da física, flutuando para baixo, em vez de para cima. Por causa das “paredes” do copo de vidro, as bolhas de cerveja flutuam com mais facilidade no centro do copo. Conforme elas sobem, puxam o líquido da superfície. Quando as bolhas se juntam à espuma, esse líquido desce para as laterais do vidro, arrastando bolhas menores para baixo com ele. Como toda cultura inútil, os pesquisadores utilizaram câmera lenta para descobrir o “mistério”. Uma boa maneira de ganhar uma aposta de bar. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

55 comentários

  • jodeja:

    Que isso? A quantidade modifica a qualidade, beba menos e ficará ótimo.

  • lucas:

    flutuam pra baixo? não seria AFUNDAM?

    • Tiago Siliprandi:

      Sim, flutuar: eu poderia poderia constar como no dicionário, mas pra resumir… “não ficar estagnado”! Ou seja, quando vc diz que ela afunda, de fato afunda, porém, não se mantém parada, logo, está flutuando!

  • Eloene:

    O unico problema da cerveja é a barriga q da kkkkkkkk

  • livramento:

    se tiver no peito tristeza
    que afogue lá na mesa
    numa cerva bem gelada – G.R.E.S. IMPERIO SERRANO

  • Rick:

    Brindo à casa.
    Brindo à vida.
    Meus amores.
    Minha família.

    • Samuel Dantas:

      “Acordo com uma ressaca guerra..” HUAHUAHAU O Rappa!

  • FlavioSN:

    clikem em meu nome acima ok?

  • FlavioSN:

    Se for beber,vá de busão,é mais seguro,ok? clikem em nome e acessem o site que mudou a minha vida.

  • Edilson Lima:

    Um simples brinde ao suicídio consciente “prazeroso.” prazerosos mesmo?

  • José Calasans:

    Gostei dos camentários do Evaldo Flamarion,pois eu não sabia que os fabricantes de cervejas economizava na cevada,todo final de semana eu chego junto com as loirinhas suadas,e se alguém me perguntar porque eu bebo,respondo:porque é liquido,se fosse sólido eu comeria,

  • evaldo flamarion:

    Pois é, Everton Carlos, como dizia um ator cômico da velha guarda (não me lembro quem), ” É a ignorança que astravanca o pogréçio ” Como eu disse no meu primeiro comentário, no
    dia 05/10, durante trinta e tantos anos trabalhei como degus
    tador, chefiando o labóratorio de controle de qualidade de
    duas grandes cervejarias ( de 64 a 96 ) hoje estou aposen-
    tado, tenho 68.000km rodados e sou professor universitário.
    saio às vezes com meus alunos e ainda tomo algumas. Acho que
    os meus neurônios vão muito bem obrigado !!!

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Evaldo Flamarion, eu estava pensado em dizer justamente isso que você escreveu ao Guiler. Realmente, está provado que os neurônios se multiplicam, havendo até uma melhora nas sinapses (tipo de ligação que existe entre essas células)quando praticamos atos saudáveis: exercícios físicos e principalmente, a leitura. Existem outras atividades que também podem melhorar o desempenho do cérebro: palavras cruzadas, xadrez, aprender um novo idioma. Como os músculos do corpo humano se desenvolvem com atividades físicas, os neurônios se desenvolvem com as atividades citadas acima.

  • claudemir da silva:

    eu mesmo gosto de tomar umas cerveja nos finais de semana pra mim foi uma boa informação

  • evaldo flamarion:

    Meu caro guiller
    Você está um pouco desatualizado nem seus conhecimentos de
    fisiologia. Esta ideia que as células nervosas não renovam
    já foi desmentida há algum tempo. todas as células nervosas
    e neurônios se multiplicam diariamente. consulte um livro de
    fisiologa moderno, ou verifique na internet.
    Outra coisa, é o lema dos alcolicos anônimos, evitar o pri-
    meiro copo. Concordo, mas para quem é alcoolatra, como o dia
    bético deve evitar o primeiro brigadeiro, não é? quem não é
    alcoolatra, deve evitar é o terceiro ou quarto, pois todo
    excesso é prejudicial. aliás como disse Jesus, não é o que
    entra pla boca que contamina o homem, mas o que sai!!
    abraços, evaldo

  • Neves Mabote:

    Mandei directamente estes comentarios e dizeres pra o e-mail de minha mulher

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    A cerveja contém muito carbohidrato (os chamados açúcares: glicose, frutose). Portanto, os diabéticos fiquem longe da cerveja.

  • antonio lara:

    Cerveja! É boa demais.Lembram da propaganda da Heineken do “armário” das mulheres e o Frezeer dos homens ?! Pois é…:)

  • Joel Zacarias Marconcin:

    Lembra do samba?
    ¨Eu bebo sim, estou vivendo.
    Tem gente que não bebe está morrendo¨.

  • Wilson:

    Bebo em casa, à noite, depois de um dia de trabalho estressante. Me critique quem não concorda: Um pãozinho italiano, uma beringela (Minha esposa faz uma que é uma delícia!!!). Um queijinho gorgonzola. Não tem nada para “beliscar”? Experimente: Azeite, vinagre,sal e orégano.Depois é só “Chuchar” o pão e … Bem tudo isso acompanhado de umas 02 ou 03 latinhas (De preferencia as de menor qtde – ficam + geladinhas)Umas 02 vezes por semana – de preferência na sexta-feira ou sábado, quando não tiver nenhum compromisso sério no dia seguinte. isso faz mal???

  • Lari:

    quem não gosta de cerveja não sabe o que tá perdendo…

  • Guiler:

    A unica célula no organismo humano,que não se reproduz,são as células,nervosas.Cada ser humano,já nasce com determinado número.O maior inimigo das células nervosas é o álcool.Ele acaba,destruindo este ser tão importante para o bom funcionamento de toda estrutura do corpo humano.Daí tantas doenças derivadas da bebida alcoólica.Outro fator importante é lembrar, que a regra dos alcoólicos anônimos,é não colocar o primeiro gole na boca.Para finalizar,lembrem-se que a bebida alcoólica na gravidez é totalmente proibido.É quando justamente uma vida esta surgindo.Cuidado,quando muitos falam que é prazeroso beber uma geladinha,por de trás deste suposto prazer,pode estar escondido ou mascarado o vício ou a dependência pela bebida.Cuidado,os verdadeiros prazeres da vida,não podem estragar ou danificar a tua vida ou o teu corpo.

  • Robson thiago:

    é companheiro, nao tomar cerveja é uma coisa, mais pelo menos comente direito né!!! (seveja)kkk

  • evaldo flamarion:

    Olá bebedores de plantão !!! Trabalhei por trinta e dois
    anos em fábricas de cerveja. passei por duas gandes fábricas
    como qímico responsavel pelo laboratório de controle de qua-
    lidade. fazia testes degustativos das 7 da manhã até às 18
    horas.( teste degustativo significa beber muuuuiiiito !
    mas como eu dizia, motorista de taxi não está passeando de
    carro.he he he. Hoje bebo apenas uma latinha de vez em quan-
    do. Mas um segredo guardado a sete chaves, é que a cerveja no Brasil, contem 50% de ARROZ em relação à cevada.

  • persegue:

    nao bebo entao nao sei oque comentar so sei que e assim todo coisa que vicia que nem serveja tinha que ser proibida mas nossas autoridades ganham nos impostos e que nem cigarro

  • suzimeire:

    a cerveja e uma bebida muito apreciada por muita gente,mas tem que ser com muita moderacao.

  • luciana:

    REGINALDOOOOOOOO
    Isto não é cultura, é informação, distração, passa tempo. Mas você que acha que é erudito, cientista, mestre, doutor, não deveria ler este site como nós, simples mortais.

  • ANILSON MARTINS:

    Boa bebida para quem bebe com responsabilidade, eu ja não bebo esta delicia por não me conter parei ! Um detalhe ainda com relação a cerveja. É que com tantas necessidades mais importantes, nóssos governantes estão querendo diminuir o ICMS para a produção de cerveja aqui no estado, eles poderiam diminuir os impostos sobre o oleo diesel, sobre alguns generos alimenticios e remedios.Estes sim mercem uma atenção especial! Nem parece que se tem tantos problemas com o alccol e a falta de espaço em clinicas de tratamento para pessoas dependentes. Se com o preço de tal produto ja se tem problemas, imaginem com o preço mais acessivel ?

  • CACAU:

    OLHE, ESTÁ TUDO MUITO BEM COM AS EXPLICAÇÕES, MAIS O BOM MESMO É O QUE VOU FAZER DAQUI UNS MINUTOS.
    BEBER UMA CERVEJA BEM GELADA, ACOMPANHADA DE UMA BELISSIMA GATA E DEPOIS, AH,AH,AH,AH,AH,AH,AH,AH, PENSE?

  • Ninja:

    Até os animais apreciam cerveja, meu gato bebia na tijela…

  • Vicente:

    Não tem muita importância tanto conhecimento científico sobre a cerveja, o bom é saboreá-la com equilíbrio, equilíbrio este que cada um conhece de si próprio; ou deveria conhecer…

  • eduardo:

    Eu acho q a cerveja é a terceira bebida mais importante na humanidade… 1º água – 2º leite materno
    Nem sabia q existem deusas da cerveja… muito maneiro isso…

  • Leônidas Loureiro:

    Tudo dentro dos limites de cada um, e aceitáveis por todos, é permitido, inclusive cervejas bem geladas. O que faz mal é o excesso. Aí, até água além da conta faz mal. Cerveja só não combina quando é degustada paralelamente com direção de automóvel, motocicleta e até bicicleta. SAÚDE!!!

  • GERSON J. G. ALENCAR:

    Muito tinocente,essa propagana disfarçada da cerveja; principalmente hoje em dia no que diz respeito a quantidade imensa de consumidores x materia-prima; seria bom que que o HYPE SCIENCE foees mais fundo na pesquisa.

  • Simon Abilio:

    Gostei da materia! Apesar de Nao beber! So Para aumentar o conhecimento……….

  • MAX:

    Nada melhor q beber uma bela breja de sexta feira com mais cultura, e ainda vou me exibir para os meus amigos com este conhecimento!!!Valeu!!!

  • reginaldo:

    Cultura inútil,…seria aquela de quem fugiu da escola, nunca estudou ciências, e nem imagina que sua cultura inutíl não o classifica para expor comentários, estes sim inúteis, a respeito de cultura inútil, ora meus caros, me expliquem o que é cultura inútil, senão aquilo que os leigos não compreendem.

  • Luciene:

    Oba! Nunca terei problemas com meus ossos. Adooooooooooooooooro uma cerveja.

  • Ze da Feira:

    Tomei todas ontem , fumei até ! tô horroroso , a noite vou ter que tomar mais uma pra consertar a boca.

  • Yuicki 優伊貴:

    Haha! Acho que até agora a melhor matéria apresentada aqui! Graças aos céus os fenícios descobriram essa bebida sagrada! Agora, aos bebedores de plantão que ainda “curtem” uma ressca, aí vai uma dica: mantenha-se hidratado! A ressaca é uma causa natural da desidratação. Uma vez que o corpo está com pouco líquido, ele começa a puxar de onde tiver e isso inclui o que você tem no cérebro… Resumindo: foi para a balada? Beba aquele copão de água quando chegar em casa!

  • Sheik:

    Eh engracado nesses textos sobre cerveja, os caras soh colocam os benefícios, e olha q sao benefícios que qualquer alimento tem, um simples tomate eh mais saudavel que tomar cerveja, mas uma simples pesquisa que encontra traços de uma vitamina ou mineral, isso eh alardeado como grande coisa. Por exemplo o silício, eu li a pesquisa original, e na pesquisa soh mostra q a cerveja possui silício e ligaram a isso ao fato de fazer bens aos ossos, não fizeram nenhum teste de ressonância em grupos controle pra ver se realmente aumenta a densidade óssea. E outra não compraram com outro alimento que possui silício, porra ate agua mineral que vende nos semáforos tem silicio. E mais o cálcio, entre outros minerais sao vezes mais importante que o silicio na densidade óssea.
    Outra coisa o Lúpulo estimula a produçao de estrogênio da mesma forma que a soja. Lúpulo e soja sao desaconselhados para homens, a menos que voce queira aumentar seu hormônio estrogênio (feminino).

  • Diego Willrich:

    Afirmar que a Ale é mais amarga que a Lager é o típico comentário de quem não conhece cerveja… A principal diferença no sabor entre as Ale (de alta fermentação) e as Lager (de baixa fermentação) é que as Ale tem sabores mais complexos, frutados, enquanto as Lager possuem o sabor característico da levedura, mais adstringente e com “aroma de pão”.

  • Pedro Ivo:

    Só uma correção. No item 5 é dito que

    “A cerveja lager surgiu quando eles começaram a fermentar a cerveja ale (mais amarga) no inverno.”

    O amargor da cerveja é de total responsabilidade do lúpulo, o tipo de fermento não tem nada a ver com isso. Na verdade a cerveja não lupulada é adocicada, devido ao açúcar presente no malte. Se for pra generalizar, dá pra dizer que os fermentos ales normalmente geram cervejas mais frutadas, enquanto que os lagers imprimem um caráter mais neutro a bebida. Mas mesmo isso depende de outros fatores, especialmente da temperatura de fermentação.

    []s

  • João Luís:

    O segredo do bom bebedor de cerveja é aproveitar a ampla oferta de estilos e sabores hoje disponíveis, desgustar tudo sem pressa, com boa companhia e moderação.

  • Antonio Tacito de Souza e Silva:

    É sempre muito bom ter à disposição este site, que trás boas
    matérias que enriquecem o nosso conhecimento.
    Eu já gostava muito da geladinha, e agora com as informações
    deste site, serei obrigado a consumir mais…rsrsrsrsrsr(com
    responsabilidade)

  • jjnicolau:

    Futebol, Carnaval, Praias “Esmeraldadas”, +33º Celsius, “Mulheres” Brasileiras e Cerveja “GELADA”… Com Certeza não existe nada igual.

  • GEOVANI:

    Caramba como um site de ciências chama de cultura inútil o fenômeno do item 1, a mecânica dos fluidos envolvida é magnífica e o entendimento dos cálculos envolvidos para compreender um fenômeno dessa natureza nos deu e nos da muitas maravilhas modernas que temos hoje, e uma delas é a tecnologia de extração de petróleo em águas profundas.

  • simone:

    adoro uma cerveja e fiquei mais sábia em relaçao a minha bebida predileta

  • Manuel Bravo:

    Parabéns pelo artigo, é sempre bom saber mais sobre aquilo
    que se consome.

  • TROLL:

    EU BEBO SIM, E TO VIVENDO
    TEM GENTE QUE NÃO BEBE E TÁ MORRENDO !!

  • ElD:

    Quem bebe vive menos, menos triste, menos estressado, menos angustiado

  • Farofa:

    CHEERS

  • Lucas Almeida:

    Quem não bebe é porque não aguenta!
    Viva a cerveja e viva aos egípcios que a inventaram!

  • FsN:

    Não dessa porcaria para me divertir,Gasto meu dinheiro com coisas que dão resultados bons,e olha que não é pouco não.

  • Rafael:

    Brindemos a essas informações. Saúde

Deixe seu comentário!