Maior máquina do mundo entra em operação

Por , em 21.11.2009

grande colisor de hádrons
Grande Colisor de Hádrons

O mais poderoso acelerador de partículas do mundo custou mais de 10 milhões de dólares e teve um problema técnico sério, causado por um pedaço de pão derrubado por um pássaro que voava pelas redondezas. Agora, o problema causado pelo infeliz acidente já foi resolvido e o Colisor voltará a funcionar neste fim de semana (21 e 22 de novembro).

A máquina, que tem 27 quilômetros de comprimento, sofreu com superaquecimento em várias partes depois que o pedaço de pão caiu sobre o instrumento. Mike Lamont, coordenador do programa do GCH, afirma que os imãs supercondutores passaram de 271 graus negativos a 265 graus negativos, quase no ponto em que parar de conduzir o magnetismo.

» Experimento da física de U$ 8 bilhões não vai destruir o planeta

O Grande Colisor de Hádrons foi lançado com muita expectativa em setembro de 2008, e logo começou a ter problemas. Agora, a Organização Europeia de Pesquisas Nucleares (OEPN) está tomando todas as precauções necessárias para que o equipamento não estrague novamente.

A expectativa dos cientistas envolvidos no projeto é que seja possível lançar feixes de prótons no túnel do acelerados logo, mas não divulgaram uma data para a experiência. Chip Brock, professor de física da Universidade de Michigan, é categórico ao falar sobre o lançamento do GCH: “Foi um desastre, não há dúvidas quanto a isso”. Porém, Brock reafirma que a OEPN está cuidando para que o problema não se repita.

» Tom Hanks ligará o Grande Colisor de Hádrons

Os cuidados e problemas com o equipamento dão tempo para que o seu maior rival, o Tevatron, possa descobrir o bóson de Higgs antes que o DCH. O Tevatron, que fica nos Estados Unidos, também busca a confirmação em pequena escala dos eventos que ocorreram segundos após o Big Bang. Especialistas do universo científico afirmam que qualquer cientista que conseguir realizar o experimento com sucesso tem grandes chances de ganhar um prêmio Nobel – além de entrar na história da ciência. [Telegraph]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

13 comentários

  • Ruben Zevallos Jr.:

    2 coisas estranhas… pássaro e pão… ambos não tem sentido, pois toda a máquina fica sob a terra em um ambiente fechado e de acesso restrito.

  • Lucas Ramos:

    Também não compreendi o motivo de ter caído um pão da boca de um passarinho sendo que fica no subterrâneo.

    E são bilhões de dólares para construir essa belezinha aí.

  • franbogado:

    Devem estar a fazer piadas…

    O LHC fica a uma profundidade que chega a 100 metros em algum ponto. Como haveria passaros voando sobre o dito com um pedaço de pão?

    Em 19 de setembro de 2008, ocorreu um incidente no setor 3-4 do LHC que resultou em grande vazamento de hélio no túnel. Segundo um press release publicado pelo CERN no dia seguinte, foram feitas investigações preliminares que apontaram como provável causa do problema um defeito na ligação elétrica entre dois ímãs, o que causou a falha mecânica.

  • paulo césar:

    É apenas uma pequena ratificação:
    O preço do colisor de hádrions foi um pouco mais de oito BILHÕES de dolares.
    E não dez milhões, com esse valor mal se consegue um Ciclotron mde segunda.

  • Alfeu:

    Essa estória do pássaro me lembrou os tempos do ENIAC.

    Talvez no futuro também teremos nossos acelerados de particulas em casa…

    hehehe

  • Alberto:

    Não acredito que o colisor de partículas vá resolver muitos mistérios do universo, como se fala. A começar pelas partículas iniciais da criacão do universo.
    As partículas originadas da desintegração de um átomo não são as mesmas da criação da matéria. Desintegração é destruição.
    A matéria foi criada de outra forma, ainda não descoberta.

  • José Antônio:

    Nossa, atrasos enooormes na máquina por caqusa de um pássaro!

    espero que dê tudo certo, pq se aquilo der problema novamente vão saer mais uns anos para conseguir pô-la em funcionamento novamente.

  • Carlos Alava:

    As vezes são tantas coisas erradas nessas notícias, que eu não sei bem se o objetivo é informar, ou fazer rir. Niguém revisa os textos antes de publicar? por favor….

  • Alvaro:

    é isso aí,
    liga logo essa jossa que to doido pra saber como tudo começou.

  • Julio Silveira:

    Somente para fazer uma correção, o LHC custou mais de 10 bilhões de dolares.

  • Leandro:

    Não são milhões, são bilhões de dólares!

  • Marcus:

    foi por causa de um passáro o defeito?!?!?!?! HAHAHAHAHAHAAHAHAHAH

  • Fábio:

    Não seriam 8bilhões de dolares em vez de 10milhões?

Deixe seu comentário!