5 tecnologias que se extinguirão daqui 5 anos

Por , em 20.05.2011

A tecnologia avança muito rapidamente; coisas que eram comuns há dez anos (televisores CRT, máquinas de fax) estão caindo em desuso de forma assustadora. Nesse ritmo, nós podemos indicar alguns produtos atuais que provavelmente desaparecerão em cinco anos. Seja porque suas características estão sendo englobadas por outros produtos, sejam vítimas de mudança nos modelos de negócio, confira cinco produtos que estão com seus dias contados:

1 – GPS

Hoje, dispositivos portáteis de navegação são visões comuns sobre os painéis e para-brisas dos carros. O único problema é que tudo o que esses sistemas podem fazer, os smartphones podem fazer também, se não melhor. E um dos melhores aplicativos de navegação para smartphone, o “Google Maps Navigation”, é gratuito. Por isso, não é nenhuma surpresa que as vendas de sistemas de navegação tenham caído 22% em 2010, e não deve ser surpresa que em cinco anos eles tenham desaparecido completamente.

2 – DVD/CD ROM

Quem não tem conexão de banda larga ultrarrápida em casa? Quase ninguém. De acordo com o site Speedtest.net, as velocidades médias de download nos EUA passam de 11 megabits por segundo. Isso significa que programas podem ser baixados em questão de minutos, ou até mesmo segundos. Então, por que você iria querer pagar o custo extra de ter um DVD impresso, embalado e enviado para sua casa? Você não iria querer. E em cinco anos, essa provavelmente não vai ser nem mesmo uma opção.

3 – Roteador para internet sem fio

Sim, acesso à internet sem fio (wireless) em casa vai continuar a ser um grande negócio, mas comprar um roteador com certeza não será. Em vez disso, capacidades sem fio virão junto com o provedor de internet banda larga – a cabo, fibra óptica, satélites – instalado em sua casa. E, tendo em vista a popularidade de serviços de internet de alta velocidade nos celulares, mais pessoas irão usar seus smartphones para acessar internet banda larga, eliminando a necessidade de um roteador completamente.

4 – Netbook

Menores, mais leves e mais baratos que um notebook, os netbooks foram – por um curto espaço de tempo – uma boa escolha para quem procurava uma forma barata e portátil de acesso à internet. Mas com um processador anêmico e uma tela minúscula, os netbooks são uma solução imperfeita. Hoje, você pode comprar um notebook compacto com um processador rápido e seis ou mais horas de bateria. Além disso, os tablets (dispositivos com acesso à internet, como o iPad) são muito mais adequados às pessoas que necessitam de simples navegação na Web, entretenimento e funções computacionais básicas. Ou seja, não há espaço para os netbooks em lugar nenhum.

5 – E-readers

Os e-readers são dispositivos populares para leituras, e seu baixo consumo de energia significa que sua bateria dura muito tempo. Mas os tablets, como o iPad, podem fazer muito mais. Hoje em dia, eles têm tela de LCD especial antirreflexo, e podem rodar aplicativos selecionados, etc. A duração da bateria ainda não pode competir com o de e-readers, mas vai ficar muito melhor com o tempo. Daqui cinco anos os tablets lerão e-mail com facilidade, mas os e-readers não estarão mais entre nós.[MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

72 comentários

  • Rubem Ribeiro Junior:

    estou lendo isso em 2016, dai os únicos que sumiram foram os gps(mais usados no smartphones) e os netbook(trocados por tables e ultrabooks)

  • Gustavo Buzolla:

    Roteadores wi-fi extintos no Brasil em cinco anos???
    Acho que não, pelo menos até que tenhamos como usar nossos smartphones como roteadores com um sinal de banda larga decente. Nossas redes 3G e 4G estão ainda patinando na burocracia, parecem pesadelo do Freddy Krueger, lembram que foi divulgado há pouco tempo que para atender a demanda da tecnologia 4G para a copa do mundo seriam necessárias a instalação de mais dez mil antenas em todo Brasil? Então, até que liberem a instalação de todas já terão acabado as olimpíadas de 2016 há tempos, e olha que ainda tem muita gente ainda usando fax por aí, o sinal de TV analógico não seria extinto em 2016 e foi prorrogado para 31 de dezembro de 2018? Estou mandando consertar minha Sony Trinitron 29, pois vai dar um bom caldo ainda por cinco anos. Que o padroeiro da tecnologia brazuca, São MacGyver, abençoe tanta gambiarra!

  • José Dimas Lopes DeAzevedo:

    Boa-tarde! queridos irmãos.

    A vida moderna e o futuro

    A vida moderna nos faz joguetes dos interesses mais espúrios, além de nos isolar cada vez mais uns dos outros, cercados de medos e artificialidades. Por causa do egoísmo não conseguimos sondar a dor humana no seu reduto mais íntimo: a alma. Amoldamo-nos a um gênero de vida quase que exclusivamente voltado para as necessidades práticas e imediatas, em que não se olha ao redor, em que não se cultiva o sentimento. A alma está esquecida.

    O jogo da ambição, alimentado pelas falsas ideias sobre a vida, tem mantido inalterados ao longo do tempo os interesses egoístas da maior parte dos homens. Os valores éticos são ignorados, nas grandes como nas pequenas coisas.

    A vida moderna nos tem garantido conforto e facilidades em grande escala. Bens e serviços ao alcance da maioria. Nossos trajetos são traçados pelo hábito e nos levam sempre às fileiras de vitrines, onde nos deixamos seduzir pelos últimos lançamentos, pelas armadilhas da psicologia de propaganda. Ostentamos trajes cujas logomarcas conhecidas correm o mundo. Depois do shopping voltamos para casa com a consciência leve, convictos de termos feito lazer.

    Celulares ultramodernos (cada vez menores), telas ultrafinas (cada vez maiores), e outras tantas crias eletrônicas nos conectam com o mundo. Em meio a milhares de contatos virtuais, não temos sabido lidar com a solidão.

    Nossa silhueta – nunca ideal – é mantida sofregamente nas academias, sob sugestão de quem pouco entende de gente, mais de estilo! Negamos o preconceito, embora nossa conduta mostre o contrário.

    Desviamos os olhos da miséria, mesmo assim simulamos virtudes. Aliamo-nos por interesse aos bem sucedidos.

    Para alívio da nossa consciência, falamos da solidariedade, das desigualdades, das injustiças sociais, no entanto, fazemos caridade sem sacrifício. Depositamos donativos esporádicos, via fone. Lamentamos as catástrofes. Sentimos muito…

    O que sabemos das dificuldades alheias? Conhecemos as nossas: estamos entediados, com sintomas depressivos, precisando de vitaminas e umas boas férias!…

    Todavia, apesar do caos sócio-moral instalado no mundo, o certo é que todos têm em si os germes dos sentimentos positivos, prontos a serem desenvolvidos, só que a maioria das pessoas não sabe disso. Nesse sentido, no âmbito das instituições, será preciso desenvolver um trabalho sério e contínuo de esclarecimento, de informação, de educação das massas para reverter esse quadro.

    No plano individual, isso se fará no dia a dia, no corpo a corpo, seguindo-se duas regras morais, apenas: “Amai o próximo como a si mesmo” e “Não façais aos outros, o que não quereis que vos façam”. A vivência dessas ideias vigorosas nos projetará para um futuro grandioso, além da vida material, a começar mesmo de agora, na medida em que formos colhendo os resultados da sua aplicação. Já temos condições, hoje, de desejar esse futuro melhor para nós.

    O progresso gerou maturação, a dor tem aberto caminhos para a reflexão, as reivindicações do Espírito se impuseram e a ciência se ajoelha, inclinada a aceitá-las. Já nos refestelamos o suficiente na matéria e vimos como é. Conhecemos os seus limites e sabemos que a partir daí não há mais ganhos, só perdas.

    Se já existem elementos para a importante e decisiva transformação para melhor, compete a cada um de nós saber detalhes de como iniciá-la, urgentemente.

    Claudio Bueno da Silva

    PAZ, MUITA PAZ!

    Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/accao-do-dia/a-vida-moderna-e-o-futuro/#ixzz2PRwupUA1

  • Thiago F. de Lima:

    Estou aqui em 2013 lendo esta matéria. O que muitos diziam que não seria extinto foi logo o primeiro: netbook. Terão seu fim este ano.

    Agora, os e-readers estão fortes.

    • Doriedson Fortes:

      Cara… vc está lendo esta materia em 2013?! putz!

  • Carlos Veiga:

    Isto quer dizer que sempre estamos evoluindo.
    Apesar destes avanços tecnológicos, fica o desejo de ressuscitar os extintos dinossauros. Temos um grande coração!!
    Quem se lembra do 1401 da IBM ? Ainda bem que morreu. Décadas 60/70. Fica a lembrança para os sobreviventes…

  • andrezza Fharia:

    nossa num eh dak 5 anos não ja existee HAHAHA ja taa inda ateh p museu essas peças aee

  • Marcelo:

    Não acho que dispositivos destinados apenas à leitura de e-books irão desaparecer completamente. Eles provavelmente serão aperfeiçoados e poderão substituir material impresso (como já está sendo em algumas partes do mundo, em escolas inclusive). Uma das vantagens sobre gadgets multifunções seria o preço.

  • vicente:

    1 – GPS
    que equivoco, como essa tecnologia vai se extinguir la vai continuar nos smarthphones? –‘

    • Hollow:

      Vicente, Ele quis dizer os aparelos GPS, nao o Sistema ou a tecnologia GPS, os norte americanos ja estão até preparando uma nova tecnologia visando essa área ¬¬ Quando o topico da noticia disse GPS, quis dizer os aparelhos q sao especificos para “rodarem” essa tipo de sistema

  • Micael:

    “Além disso, os tablets (dispositivos com acesso à internet, são muito mais adequados às pessoas que necessitam de simples navegação na Web, entretenimento e funções computacionais básicas. Ou seja, não há espaço para os netbooks em lugar nenhum.”

    Preço médio de um netbook R$999,00
    Preço médio de um tablet R$2.500,00

    claro onde haveria espaço para o netbook???

    é cada uma!!

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Quando surgiu o CD (compact disc), disseram que os discos de vinil (os bolachões) iriam desaparecer. Os discos de vinil continuam sendo fabricados e são mais caros do que os CDs.

    • Chaud:

      Verdade, mas isso é uma visão incompleta, Everton.

      Você não deve pensar no desaparecimento como sendo algo no sentido literal. Discos de vinil existem, mas na prática, desapareceram. Vá até a casa de 30 amigos seus, e se você encontrar um disco em uma delas, será algo surpreendente. Vá até dois ou três shoppings, e se você encontrar uma única loja especializada nisso, será ainda mais surpreendente.

      Se algo é usado por uma parcela irrisória da população, faz sentido afirmar que algo desapareceu.

      Mas concordo que a maioria dessas previsões parece um pouco furada. O GPS (o aparelho, e não a tecnologia) e o e-reader são os dois únicos que fazem algum sentido. Os demais ainda estão bem longe de desaparecerem do mercado, ao menos em um futuro próximo.

  • TrueLogic:

    E o planeta sendo destruído por causa dessas e outras porcarias capitalistas…

  • Seysan:

    Aqui no Brasil não creio muito que em cinco anos tudo isso tenha se extinguido, uma vez tudo é caro cheio de impostos, arisco a dizer uns 60 ou 100 anos talvez, já vi pessoas usando computadores fabricados em 1999 com Windows 98 e sem reclamar em nada, imagina daqui cinco anos o que vai mudar?? O.O

  • Ivan:

    Olha, eu normalmente gosto muito das matérias deste site, mas essa não pareceu muito consistente. Apenas o último item da lista se tornou obsoleto com a chegada dos tablets, mas os demais não!
    Alguém vai pendurar o celular no vidro do carro para usar como GPS?
    Os drives de DVD ainda são muito úteis, porque, apesar da capacidade de download atual, baixar todos os arquivos para o PC exige uma enorme capacidade de armazenamento, o que pode custar muito mais caro do que uma mídia, que hoje em dia custa poucos centavos. Além disso, os drives blu-ray estão se popularizando, e quando seu preço chegar ao nível dos drives atuais, aí sim eu concordo que os demais podem ser praticamente abandonados, mas porque haverá uma substituição natural, na qual os novos drives manterão as funções atuais de leitura e gravação de CDs e DVDs, com capacidades adicionais.
    Nenhuma tecnologia no Brasil parece ameaçar a existência dos roteadores sem fio. Acessar a internet pelo Smartphone é algo que eu já faço, mas isso jamais substituirá o acesso através do micro; a comparação não faz sentido. Além disso, a internet que eu uso no Smartphone é através da rede wireless que, por sua vez, é fornecida por um roteador.
    Por fim, os netbooks, que já tiveram seu auge, provavelmente perderão mercado para os tablets, mas não serão extintos porque as funcionalidades que proporcionam são as de um computador, além de serem acessíveis por conta do preço.

  • SENAM:

    O que tem isso a ver com informática???!!!

  • FelipeBleichvel:

    “alguns” dos meios e as tecnologias que deveriam morrer:

    queima de combustiveis fósseis

    carros

    brasilia, ou pelo menos a corrupsão que tem la e se estende no pais.

    • Brasil:

      O português parece que morreu também…”corrupsão”…é ruim hein ?

    • Alex Keher:

      Eu concordo com o Felipe. Cedilhas deveriam morrer também. Na prática, raízes etmológicas e questões semânticas à parte… Por que diabos ainda somos obrigados a ter um teclado diferente de todo mundo só por causa do maldito Ç?

      Vamos comeSSar uma campanha junto com Felipe. Tem noSão da revoluSão que isso causaria?

    • Alex:

      Concordo que o “ç” deveria entrar mesmo em desuso. Deveria também ser extinto a letra “H”. Não tem som de nada. Em Portugal, não existe esta letra e não faz falta NEM UMA. Será que esta letra serve apenas para confundir nossas crianSSas em fase de alfabetizaSSão? Nossa educaSSão já é péssima,poderíamos facilitar um pouco, né?

    • Gustavo:

      Que defesa ridícula da mediocridade.

    • Luisa Sal:

      Em portugal nao ha H ??

      Voce deve ter ido a outra realidade paralela !!

    • Flavio:

      “Corrupsão” e “estende”…tá feio na gramática.

    • Alex:

      Eh! Amigos, acho que alguns não notaram que eu estava sendo irônico. Eu realmente acho que precisamos de uma reforma gramatical mais ampla, mas enquanto isso não acontece é melhor não deixar virar bagunça.

      Até porque há um corretores ortográficos integrados ao ‘browser’ que corrigem automaticamente o texto.

    • Thiago F. de Lima:

      Rio muito quando alguém vai corrigir algo que não domina e acaba errando. hahaha. Quem disse que “estende” está errado?

  • Welington:

    O touch vai morrer
    pois o material usado pra faze-lo um liquido ou crystal sei la
    está acabando

  • Alex Keher:

    A segunda matéria está incoerente.

    Primeiro afirma que quase ninguém tem Banda Larga ultrarápida (pelo menos no Brasil) e depois afirma que por causa da facilidade de download ninguém vai usar mídias físicas.

    Alguém acredita que em cinco anos teremos no Brasil as mesmas velocidades dos EUA?
    A Telebrás foi reativada para isso e virou joguete nas mãos do governo que se submete às imposições das Teles privadas.

    • Jean Canelas:

      Amigo, acho que vc não entendeu.”Quem NÃO TEM conexão de banda larga ultrarrápida em casa? Quase ninguém.”

  • Paullin-007:

    E-readers? The book is on the tablet! 🙂

  • jorge vinicius:

    Eu como Engenheiro em Telecomunicações, não concordo com a afirmação feita de que os roteadores wireless irão ser extintos, eles podem ser modificados, pois, a sua necessidades nas redes ainda são emprescindiveis.

    • Flavio:

      Mas é bem possível que haja uma melhora significativa na tecnologia. Vai saber. Respeito sua posição enquanto engenheiro de telecomunicações,mas com os avanços tecnológicos que têm aparecido, não duvido que isso possa ocorrer.
      É improvável, porém não impossível.

      E seria “imprescindíveis”, não “emprescindíveis”. =P

  • tico:

    dispensável…

  • tico:

    Bem… já agora, nao concordo com acabar o GPS. Podem é acabar é esses dispositivos que apenas servem pra receber GPS, mas a tecnologia GPS continuará, e a União europeia irá fornecer uma tecnologia concorrente a essa dos States. Nem fazia sentido deixar de existir.

    Quanto a CD/DVD’s, concordo, e podem levar Blu-Ray’s e Discos Rígidos atrás, é tudo tecnologia de décadas e décadas atrás, do tempo de quando eu era bebé e dos tempos dos meus avós.

    Quanto a routers, discordo. Router não é só pra ter acesso propriamente dito à net, serve pra manter diversos dispositivos em rede.

    Netbooks, vamos a ver, eu não me adapto.

    E-readers, bem, é tipo os “GPS” (como lhes chamam), os e-readers aproveitaram uma ideia barata dos tablets só pra ler e-books. Concordo com o seu fim, mas são apenas tipos de tablets muito limitados.

    Quanto a televisões CRT, ainda as acho com melhor qualidade de imagem.

  • tico:

    Ainda é possível enviar telegramas. Os telegramas estão mais que obsoletos, mas ainda é possível enviar.

  • GABRIEL:

    TEM COISA ERRADA AI…
    LEITOR DE CD E DVD NAO SERAO EXTINTOS NUNCA
    PQ EU NAO VO GASTAR QUASE 100 R$ OU MAIS EM UMA MIDIA BLU RAY PRA GRAVAR UM ARQUIVO COM MAIS OU MENOS 4.5 GB

    • tico:

      Por mim sistemas mecânicos devem acabar. Nem disquetes, CD’s/DVD’s/Blu-Ray’s/HD-DVD’s ZIP Drives ou Discos rígidos deverão ter futuro. O futuro pertence aos cartões de memória.

      Não te preocupes que terás CD’s ou DVD’s até ao momento em que comprar cartões de memória será mais barato. 😉

    • Alex:

      concordo, e então os cartões de memória serão extintos com acriação de amarzanamento de dados em cristais e em DNA 😛

    • eduardo:

      Concordo com vc… hj em dia os cartões de memória estão ficando cada vez mais robustos e com a capacidade de armazenamento maiores… e mais… há tb os usbs… com a constante keda dos preços desses itens, eu acho q num futuro próximo os programas virão não mais em CDs/DVDs, mas sim em usbs…

    • Flavio:

      Sim, vc NÃO PRECISARÁ de mídia alguma. CDs/DVDs estão a caminho da extinção, sim.
      E quanto ao custo de Blu-Ray, a tendência é a mesma dos CDs e DVDs, baratear até se tornar popular.

  • The Observer*:

    Acho que o autor do artigo faz bem suas colocações ao basear seus argumentos na expressão “cair em desuso”, pois a ideia de que algo possa “desaparecer” completamente é sempre uma extrapolação, uma hipérbole (com fins de instigar o leitor, provavelmente), e quem assim entende ao pé da letra, está limitando, por uma questão de opinião, o seu entendimento. Quem analisa tendências, sejam elas quais forem, se baseia em dados estatísticos como este: “não é nenhuma surpresa que as vendas de sistemas de navegação tenham caído 22% em 2010”. É claro que a estatística sempre depende de interpretação, mas uma “análise de mercado”, de índices e indicadores que rastreiem o comportamento dele, ainda assim é interessante para a atuação eficiente das companhias, bem como do ponto de vista “histórico/antropológico” também podem servir de fontes para acompanhar o desenvolvimento das mídias e tecnologias.

    Gostei do artigo.
    Breve, mas perspicaz.

  • thatiane:

    Não concordo que netbooks vão sumir, não há objetos de mais de 50 anos que existem até hoje? outra e questão de gosto, os tablets e notebooks podem ser otimos se a pessoa gostar mais do net ela vai comprar que agradar não é mesmo? No dia que os netbooks acabarem, se eu estiver viva ainda podem me procurar e dizer ”não disse” (kkkkk)

  • Thiago Luiz:

    Muita pretensão de quem fez esse “estudo estimado”, dizer que roteadores, E-Readers e GPS serão extintos em 05 anos!!!!Ta certo que a informatica é um campo onde a evolução acontece de forma acelerada, mas algumas coisas de fato, nao costumam sair de moda assim tao rapidamente.

    Lembra do disquete?Ate hoje ainda se utiliza, pouco, mas se utiliza. Mouse e Teclado tambem chegaram a cogitar sua extinçao mas ate agora estao ai, vendendo saude, ate quando nao se sabe, mas estao.

    Antes de publicar algum estudo estimado, o bom senso e o conhecimento sao essenciais.

    Abcs

    • Thiago:

      De jeito nenhum q os disketes ainda sao usados..

    • Thiago Luiz:

      Claro que sao usados, em uma porcentagem muito inferior claro, mas sao usados!Quer um exemplo pratico?

      Tenta salvar teu documento de declaracao de imposto de renda num pen drive!!Consegue?

      Entao…

    • Mako:

      Sim, ainda são usados. Eu (infelizmente) ainda os uso.

    • tico:

      A última vez que utilizei disquetes, deve ter sido em 2003, pra entregar um trabalho na faculdade, mas depois de instalar um gravador de CD’s no PC, passei a entregar sempre em CD’s. Agora nem isso. Toda a documentação a entregar é toda via net.

    • Alex:

      ok, quantos CPUs atualmente vem com entrada para diskete nas lojas?

    • Pedro Vaz_De_Angola:

      Meus caros, se eu tenho 200,12 Reais, seria injusto dizer que tenho apenas 200 Reais, desconsiderando os 12 céntimos?

      Então, a disquete é coisa do passado, praticamente 98% das pessoas no mundo já não a utilizam, talvez alguns somente a utilizam para questões de reparo do Boot do PC, e ao compararmos com a maioria esmagadora que já n utiliza, podemos considerar a disquete como uma Tecnologia EXTINTA. Tal como os dinosauros, já n existem, portanto existem alguns museus quem ainda conservam os seus fósseis, de igual forma, tem alguns fanáticos que ainda utilizam as disquetes para fazer MAGIA, só pode ser. Heheheh

  • ALX:

    PAPO FURADO ISSO, OU ESTÃO OFENDENDO QUEM É MAIS POBRE COMO EU… MINHA INTERNET É SO 300Kbps E NÃO PRETENDO AUMENTAR,PRIMEIRO PORQUE É CARO E NEM NECESSARIO E SEGUNDO A CIDADE AQUI NEM OFERECE SUPORTE. OUTRA COISA,MEU LEITOR E GRAVADOR DE DVD DEU PROBLEMA E TEREI QUE COMPRAR OUTRO,NÃO VOU COMPRAR OUTRO PC SO POR ISSO. E AS OUTRAS OPÇÕES QUE ACABARAM DE SEREM LANÇADAS DIFICILMENTE SAIRAO DO MERCADO,PRA QUEM PODE É MELHOR TER UM E_READERS NA MÃO DO QUE UM MONTE DE LIVROS,JORNAIS E REVISTAS QUE DÃO ATE SONO AO VER. AGORA SE FALAM EM SUBSTITUIR O LEITOR E GRAVADOR DE DVD POR UM BLUE RAY QUE TEM MAIOR CAPACIDADE ATE RELEVARIA. ESTÃO ACABANDO É AS GRAFICAS DE JORNAIS,LIVROS E REVISTAS IMPRESSAS ALEM DAS BANCAS DE REVISTAS NE? KKKKKKKKKKKKKKKK

    • tico:

      eia… 300kbps… isso deve ser no 3º mundo. Eu só tenho 4Mbps, por ADSL terei no máximo 24Mbps teóricos, mas já há serviços de 200Mbps por fibra, que com muita pena minha nunca instalarão tão cedo cá na rua. 🙁

    • gargwlas:

      cara.. vc esta sendo nós aqui no brasil somos explorados com essas porcarias de e caras.. link simetrico de 1 GIGABITS esta abaixo de 300 dolares em datacenters nos EUA

  • Dhiego Pagoto:

    Quem fez esse entrevista se equivocou!
    o Roteador WIreless nao vai sair TAO CEDO !
    Calunia. hahahha

  • MAURO:

    Realmente a evolução tecnológica é impressionante. Num “furo” de reportagem, me lembro bem eu lia uma reportagem vinda dos E.E.U.U. Dizia “Os tempos avançam. A tecnologia vai revolucionar nossas vidas. Logo, logo não precisaremos sair de casa para fazer compras”. E a reportagem mostrava uma pessoa à frente de um aparelho de Tv. (naquela época pouquíssima gente possuía)uma pessoa se interessava por um produto mostrado na Tv. Ia até o telefone,e, via telefonista, conseguia se comunicar com a loja e encomendar o produto. A previsã era que, em poucos anos, tais comodidades estariam à disposição de um grande número de pessoas. Isto eu vi há 45 anos, mais ou menos.

  • Milney:

    Hehehe..Só espero estarmos vivos para tudo isso…porque a vida também passa rápido demais..bjss.

  • Lucas:

    é mesmo EP

    PCs até tem certas vantagens. Os Notebook, Netbook, claro, são mais preferidos, pela praticidade, mas em termos de potência…

    • tico:

      Imagina então o pessoal do design, edição de vídeo, produção… portáteis ou netbooks não servem, são minúsculos.

    • Juliano:

      Tenta uasar um Notebook em um servidor… NUNCA os PC’s vão se extinguir!!!

  • Cybergirl:

    Discordo que os netbooks sumam. Na minha turma na faculdade praticamente metade da sala usa netbook, outra quase metade usa caderno e uns 2 usam nOTEbook. O netbook é mais leve que o note, é menor, cabe na minha bolsa e a bateria dele dura as duas aulas tranquilamente (com adaptações de economia de energia) e é mais fácil de digitar que um tablet. Não me imagino digitando em um tablet de jeito nenhum.

    • Edison:

      Costume, da mesma forma que achavam que as conversas em smarths iriam ficar demoradas quando usados aplicativos como ebuddy, você vai ficando “ninja” com o tempo

  • Hoberdan:

    Rodolfo
    sobre o Wireless q voce falou ,
    ja existe internet pela rede eletrica …

    • rodolfo:

      ok. mas vc vai ligar seu notebook na tomada para ter acesso a internet? nao é muito mais pratico e barato um roteador?

  • EP:

    Lucas, não acredito que PCs de mesa deixarão de existir. Primeiro que PCs de mesa podem ser muito mais potentes que qualquer notebook ou Ipad; segundo que pela potência, permitem que muitas tarefas pesadas (desde os gamers que rodam jogos pesados até produção de jogos e filmes) sejam efetuadas. Claro que talvez os PCs percam mercado, mas não acredito nenhum pouco na “extinção” deles.

    • Cybergirl:

      Um notebook com um tera de hd e um processador i7, e 4gb de ram é fraco? Será que preciso mesmo de um pc para superar isso? A única desvantagem do note, pra mim, que digito rápido, é o teclado. Então, quando meu notebook está em casa (e ele está praticamente o tempo todo em casa, pois só saio com o nETbook na bolsa) ele está ligado a um teclado convencional em uma mesa própria para PC, assim fica mais confortável trabalhar nele horas a fio. Mas não acho, realmente, que eu precise de um PC em termos de potência. Quando preciso do notebook para uma apresentação, uma palestra, ele é bem mais fácil de carregar do que se fosse um pc com a mesma configuração (com toda a certeza).

    • tico:

      Já se vendem mais portáteis que desktop’s, mas como o rodolfo diz, tb não me acredito muito nisso de acabarem. Nem estou bem a ver a deixar de ter um dispositivo na secretária com ecrã grande suficiente, então complicado de transportar. Nem que seja tipo iMac’s. tipo só ecrã e teclado. Imaginem andar a passear com um portátil de 27″.

      Outra coisa, é o rato, poderá deixar de existir com os monitores tácteis? É outra coisa à qual já me adaptei muito de modo que será complicado deixar de usar.

    • gargwlas:

      existem muitas tarefas que os notebook nao se enquadram..

      ache um modelo por exemplo com uma placa grafica Nvidia GTX 590, 24gb de RAM e RAID 0 de 4 HDs de 2 TB… um desktop permite essa configuração

      simplesmente nao existe.. se existir é o triplo mais caro

  • rodolfo:

    – no dia em que conseguirem fazer com que smartphones tenham uma bateria de longa duração dai o GPs do meu deixará de ser um enfeite. como todo ‘faz-tudo’, fica ineficiente devido ao consumo da bateria.
    -DVD é uma midia de armazenamento e como tal tem seus dias contados pela evolução nos sistemas de armazenamento, nao apenas porque ficou mais facil baixar aquele filminho direto da internet.
    -não entendi o raciocinio para a extinção do roteador. capacidades ‘sem fio’ com cabo e fibra optica parece um tipo de antagonismo. que tecnologia teria uma solução melhor e tão barata para distribuir um sinal sem uso de fios dentro de uma casa com 10 computadores?
    -alguem já tentou ler um Ebook de 1500 paginas no Ipad? ler por 6 ou 7 horas a fio no Ipad é uma tortura. Ele pode ate quebrar um galho para voce ‘folhear’ conteudo, mas nao é a solução final para substituir os livros de papel, função que os eReaders com tecnologia de tinta eletronica cumprem bem e continuarão a cumprir, desde que continuem a evoluir. O que pode fazer o Ipad engolir os Ereaders é a falta de habito da leitura e o encanto de poder brincar com milhares de aplicativos que para alguns pode ser bem mais divertido que ler.

    • Gerson:

      Perfeito, eu ia postar um texto com a mesma opinião sobre a leitura no iPad (tortura total) e a diferença de ler em um Kindle com eInk (mesmo conforto de um livro impresso), mas o Rodolfo foi além em seu comentário.

  • Lucas:

    oq eu acho q vai sumir, é o celular com teclado, vai virar tudo touch screen:”toque na tela”

    tambem acho q PC irão deixar de existir, pois existem tablets, notebooks, smartphones e outros, todos esses tem varias vantagens: são mais fáceis de mecher, ocupam menos espaço, e podem executar as mesmas funções.

    • tico:

      Eu não me adapto a touchscreen, estar com os dedos naquele pintelho nunca consigo acertar no que quero, e muitas vezes engano-me a escrever sms’s. 🙁

    • JFSM:

      naum, sem contar quando vc tecla e o comando naum é executado, ai vc fica teclando e teclando até dar certo
      akilo pra mim é um “porre”
      Fora q se por algum motivo estragar a tela, q naum é muito difícil, desabilita tudo
      o teclado é ainda fácil e resistente

    • Micael:

      no dia que inventarem um smarthphone que rode crysis 2 com toda sua potencia pode ser que o PC deixe de existir

      imagina eu fazendo uma animação em flash no smartphone que lixo

      PC nunca vai deixar de existir

Deixe seu comentário!