Governo russo fala para não nos preocuparmos com estas 54 mãos decepadas encontradas na Sibéria

Por , em 9.03.2018

A polícia da Rússia investigou a aparição de um saco com 54 mãos humanas perto de um rio na cidade de Khabarovsk, Sibéria, nesta quinta-feira (8). De acordo com o jornal Siberian Times, uma única mão foi encontrada primeiro por um pescador, e depois a sacola inteira.

Ainda não se sabe a quem essas mãos pertencem, mas elas formam 27 pares. Curativos e protetores hospitalares de calçados também foram encontrados na sacola, e a polícia tirou impressões digitais de uma das mãos.

Enquanto a notícia rodou as redes sociais e levantou suspeita que as mãos são resultado de algum crime, representantes do comitê de investigação da Federação Russa afirmaram que as mãos parecem ter vindo de um laboratório forense de Kahbarovsk.

“Os objetos biológicos (mãos) encontrados não têm origem criminosa. Mas foram descartados de forma não aprovada pela lei”, diz uma nota do comitê.

Experts estão embasbacados com essa nova arma nuclear russa que pode atingir qualquer lugar do mundo

De acordo com o Siberian Times, é comum que laboratórios forenses cortem as mãos de corpos não identificados para reter informações sobre as digitais da pessoa depois que o corpo já foi enterrado.

Apesar dessa explicação, investigadores continuam estudando o caso, para determinar qual laboratório foi o responsável pelo descarte de material biológico ilegal. [Live Science, Time, Siberian Times]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (22 votos, média: 4,50 de 5)

Deixe seu comentário!