A democracia pode depender da ignorância

Por , em 20.12.2011

A ignorância pode significar felicidade, mas parece que ela também promove a democracia. Membros de um grupo que opinam bastante podem determinar a decisão que será tomada por esse grupo, mesmo que a opinião aceita seja de uma pequena minoria.

Uma nova pesquisa que estudou o comportamento animal, no entanto, mostra que a adição de membros ignorantes ou desinformados no grupo pode neutralizar a poderosa influência de uma minoria, e promover um resultado mais democrático.

Os pesquisadores usaram modelos de computador para investigar o processo de tomada de decisão em vários grupos de animais quando a maioria quer viajar em uma direção, e a minoria em outra.

Quando a intensidade das preferências dos dois grupos era igual, era mais provável que se seguisse a maioria. Mas quando a minoria tinha sentimentos mais fortes do que o resto do grupo sobre uma direção, ela era capaz de controlar a decisão.

Quando os pesquisadores adicionaram uma multidão de terceiros animais que eram ignorantes sobre as direções, entretanto, a maioria foi capaz de lutar de forma espontânea contra a decisão de uma minoria.

A ressalva do estudo é que os resultados tomados com base em peixes não podem ser extrapolados para grupos humanos, é claro. Afinal, peixes não podem fazer opções conscientemente, ao contrário dos humanos. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

18 comentários

  • Alberto Faria da Silva:

    Já se disse que a democracia veio da Grécia. Imagino. Pequenos estados, pequenas nações, pouca gente. Não havia rádio, televisão, internet, nada, enfim, que tirasse o direito nato de falar da vida alheia nas ágoras, templos etc. Aliás, coisa muito comum em cidades ainda “atrasadas”. Na Grécia e nessas cidades todos, portanto, se conheciam. Surgiam interesses mútuos. O que quero dizer é que democracia não é o regime da maioria, mas, sim, o dos que participam das conchaves. O resto é audiência.

  • pedro:

    e os paises supostamente democraticos? em que ate a suposta oposiçao recebe dos que governam ,onde vao a eleiçoes e ganha sempre os mesmos,pois controlam os meios de informaçao e paga aos opositores para fazerem um mau trabalho .

  • pedro:

    quem ja trabalhou em hotelaria ,conheçe o factor manada ; ) acho que alguns paises do norte da europa,estao a tentar levar as democracias num bom sentido ,se o governo quiser tomar uma decisao que ponha em risco a viabilidade economica do pais,essa decisao passa para o povo,os politicos do contra e a favor,fazem debates sobre o assunto,as pessoas vem os pros e contras e votam em referendo,se funciona-se assim,provavelmente portugal nao estaria dependente do fmi .

  • Johnny J.:

    Maldito seja o voto obrigatório que leva o rebanho as urnas. Não falo gado no sentido monetário mas no psicológico que tenho pra mim que seja muito pior. Ordem para os pobres, Progresso para os ricos e pelo compasso parece que isso vai demorar muito para mudar…

  • AZTECA:

    Ainda bem que o artigo na sua parte final faz uma ressalva
    quanto à não aplicabilidade do estudo nas sociedades humanas.
    No meu entender,quanto mais inculto e ignorante for o povo,
    mais facilmente é manobrável pelos detentores do poder.
    Uma nação que vê seus valores serem destruídos por apedeutas
    e suas canetadas,perde a sua identidade e o seu discernimento e se deixa conduzir pacificamente ao abismo.
    Conceitos de honra,honestidade,decência,solidariedade,igual-dade e até mesmo LIBERDADE são transformados numa massa po-
    dre,por uma camarilha analfabeta.
    Até a nossa língua portuguesa (ou brasileira,como queiram),
    fator de integração nacional ,é conspurcada pela infecta on-
    da populista que assola o nosso país.
    E o pátrio poder,ameaçado pela ridícula “Lei da Palmada”?
    E os nossos velhos,morrendo de inanição? E os doentes?

  • igor:

    Isso eh a mais pura verdade, devido a isso a igreja controla a população, e diversas instituições politicas tbm.

  • Angélica M.:

    É claro que a democracia depende da ignorancia das massas.
    Por que será que não disponibilizam uma qualidade de estudo decente para as pessoas? Por que deixam as pessoas horas esperando no SUS? Porque a ignorancia, é a chave para um governo “ditador” e que não pensa no bem da população.
    Se o governo tem milhóes de reais para gastar em construção de estadios, por que não gasta na educação, nos colégios e hospitais?
    Em contrapartida o governo da o bolsa família, alimentação… isso mantêm as pessoas dependentes. Pura ignorancia é nisso que vivemos hoje.

    • AZTECA:

      “Panis et circenses” ou no popular,”Banda de música e chicote”,Angélica.

    • Márcio Silva:

      No latim, uma resposta profundamente acertadaa. Parabéns!!!

    • Artur:

      Ora Angélica não tome nossa democracia extremamente imperfeita como modelo de democracia universal…

  • Alter ego: A Política Brasileira:

    È verdade quando digo que o povo não sabe votar. As pessoas são alienadas policamente, facilmente iludidas e manipuladas pela mídia, e no final votam sem pensar em qualquer idiota sem um pingo de experiencia política. Exemplos não são escassos: Tiririca, Romário, Bebeto…
    Mas o mais me revoltou foi a eleição de Paulo Maluf para deputado federal com quase 500 mil votos, logo ele que foi acusado de lavagem de dinheiro e de ter desviado 93 milhões de dólores da prefeitura de São Paulo, e que apesar de tudo não foi enquadrado na lei da Ficha Limpa.

    E então, quem é o responsável pela situação deplorável da política brasileira?

    • Miguel:

      Bem meu caro, eu positivei você porque sou anti-malufista de carteirinha, pois nunca me conformei,nem engoli o “rouba, mas faz”, que para mim é a frase mais idiota e desprovida de bom senso que já ouvi politicamente falando.
      Quanto ao resto,ainda sou mais a democracia mesmo com os defeitos atuais.Agora, será que os bem mais de um milhão de votos do Tiririca foram de ignorantes e alienados políticos? E quem é que costuma defender Paulo Maluf com unhas e dentes? Não são os ricos e poderosos, que se dizem cultos e politizados?

  • Elizana:

    Democracia, hem!!!
    A maioria das Pessoas São tão influenciadas pela Mídia, que já nem sabem mais tomar decisões sozinhas.

  • Everaldo:

    Conheço muito peixe desinformado. A democracia atual não representa igualdade. Representa apenas a ingenuidade (ou preguiça, não sei) da maior parte do povo brasileiro. As pessoas, iludidas por um discurso maravilhoso, votam em um determinado candidato ou partido sem hesitar, não procuram saber nem seu histórico (e em alhuns casos querem obter vantagem pessoal).
    Quem nunca ouviu uma frase parecida com essa: “Político nunca cumpre sua promessa”?
    Mas esse político já não foi um eleitor comum? Será que quando ele estava sentado em seu sofá ouvindo notícias sobre corrupção, ele não pensou: “Se eles podem por que eu não posso?”
    Esse problema é muito difícil de resolver.

  • Linx:

    Democracia = ditadura da maioria

  • JHR:

    Deve ser este o motivo do PT estar no governo a tanto tempo..

  • Lucas Rodmo:

    “Mas quando a minoria tinha sentimentos mais fortes do que o resto do grupo sobre uma direção, ela era capaz de controlar a decisão”
    Algo como dizer que uma elite intelectual forte e bem ‘equipada’ com as ferramentas sociais certas podem mudar o rumo de um país ou de uma parte do planeta.
    Olhem para Marx, Nelson Mandela, Bakunin, Gengis Khan.

  • x:

    o problema e que os politicos usam os desinformados para serem eleitos ! e o pior e que a maior parte da populacao e desinformada e comformada! >(

Deixe seu comentário!