Adolescentes que dormem tarde são mais depressivos, diz estudo

Por , em 11.01.2010

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, adolescentes que eram levados a dormir antes das dez da noite pelos pais são menos depressivos e têm menos pensamentos suicidas do que aqueles que eram permitidos ficar acordados até meia noite ou mais tarde. Os pesquisadores da Universidade analisaram dados de um grupo de mais de 15 mil adolescentes estadunidenses com idade escolar entre a sétima série até o último ano do ensino médio.

Os dados foram colhidos entre 1994 e 1996, e mostram que 54% dos pais fazem com que os filhos durmam antes das 22h nas noites de semana. Outros 21% dos pais dizem que o horário para ir para a cama era às 23h, enquanto 25% dos pais permitem que os filhos durmam após a meia noite. Mais de dois terços dos adolescentes afirmaram dormir no horário imposto pelos pais.

» Descoberta a chave para o sucesso social do adolescents

“É uma idéia comum que adolescentes não precisam de tanto sono quanto crianças ou jovens adolescentes, mas isso não é verdade – eles ainda precisam de 9 horas de sono”, afirma James Gangwisch, que participou do estudo. O estudo aponta que a falta de sono e a depressão já são fatores ligados tanto em adolescentes quanto em adultos, e que esta relação pode ser bidirecional – ou seja, a falta de sono leva à depressão e a depressão dificulta o sono.

Acreditando que os pais que eram mais rígidos quanto à questão de horário poderiam ter outras qualidade que poderiam proteger os filhos da depressão, os pesquisadores perguntaram aos adolescentes quanto os seus pais cuidavam deles, e também levaram estes dados em conta para o estudo. O resultado mostra que não há uma ligação clara entre um horário estabelecido para dormir e quanto os adolescentes sentem que os pais se preocupam com eles. Entretanto, os participantes mostraram que há uma grande relação entre a hora de dormir e o quanto eles se sentem descansados.

Os adolescentes com horários para dormir que passavam da meia noite mostraram ter 24% mais chances de desenvolver depressão, e 20% mais chances de terem pensamentos suicidas. Os participantes que dormem cinco horas ou menos por noite têm 71% mais chances de ter depressão, além de 48% mais chances de criar pensamentos de suicídio.

» Adolescente cria avião movido por pedaladas

Aqueles adolescentes que afirmavam sentir que dormiam o suficiente têm 65% menos chances de ter depressão e 29% menos chances de ter pensamentos suicidas que aqueles que não dormem o bastante. “A quantidade adequada de sono é muito importante para a nossa saúde mental, capacidade de concentração e energia e motivação para fazer as coisas necessárias durante o dia”, nota Gangwisch. [
Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

11 comentários

  • Caio Fernando:

    Eu sou um destes, adoro ficar acordado de madrugada e tenho depressão. Mas é verdade isso, quem gosta de ficar acordado de madrugada certamente tem depressão ou forte tendência a tal.

    Gostaria que fosse eternamente madrugada é o horário que eu mais gosto, é tudo tão em paz, quieto, eu posso me sentir mais cruamente.

  • Gabrielli:

    eu achei interesante porque a maioria dos adolesntes tem depresão e da para ver uns dos motivos sinplismente eu tenho depresão

  • Bárbara:

    Na minha opinião, não é dormir tarde que representa se o adolescente vai ter depressão ou não. Penso que, adolescentes que são muito comandados na base de regras e horários tendem a ser robôs e a seguirem um padrão e não uma personalidade. Pode ser que isso não leve à depressão, mas leve a falta de autenticidade e escolhas próprias. É preciso fazer uma revisão no modo de pensar. Não dá para generelizar.
    Uma dica: poderia colocar os cinco casos mais frequentes. Levando em conta personalidade mais comum, o tipo de família, religião etc.
    Tenho treze anos, dourmo tarde e sofro de depressão há alguns meses, mas só dormi cedo até os dez anos, já que eu estudava cedo. minhas notas continuam boas… E eu fico acordada até tarde por causa da depressão, da insônia…
    Valeu!

  • Caio:

    nem, durmo tarde e fico tranquilo com o meu modo de ser, nada de depre… q foto triste não? ela ta esperando alguem, perdeu alguem… pqp cara.. tira essa foto, oq ela tem!

    perdi o sono cara..

  • Rod:

    O Luan tem razão, não se pode afirmar se estar acordado à noite causa depressão, ou se a depressão causa estar acordado à noite.

    E também concordo com o jovem Guilherme. é um “mal” positivo.

  • Hiago:

    Viu, eu sempre disse pra minha prima, “Fica até tarde acordada mexendo no MSN e no Orkut vai acaba te deixando EMO”
    Mas ela nunca me escuto. Vou mostra essa matéria pra ela!

    Brincadeira, rsrsrs

    Achei a matéria bem interessante, mais tenho que concordar com o Luan e com o joseph.

  • jorge d s escalla:

    “nos humanos,nunca estamos satisfeito com o que temos ou fazemos”…

  • joseph:

    Correto Luan.Nao se pode generalizar o resultado desta pesquisa.Afinal nao é basicamente o sono que vai tornar uma pessoa depressiva ou não,mas a quantidade do sono é um fator determinande para nossa saúde mental(como escrito acima)e estar com a saúde mental em plena forma,ajuda muito.Concordo plenamente que o ser humano pode ser imprevisível.

  • Luan:

    Achei um tanto leviano essa pesquisa. Por motivos mais lógicos, um adolescente que geralmente dorme mais tarde, isso quando os pais não estabelecem regras, propondo um acordo com os próprios filhos, não que isso os levem a total desacordo, tendem a estarem em conflito com sua vida; em um termo geral, pensam mais em seu futuro, em seus preconceitos, virtudes, relacionamentos, etc. Em consequência, não é o fato de dormirem tarde que os fazem depressivos, e sim o fato de serem depressivos, por isso dormem tarde.

    Pesquisas comportamentais são altamente contraditórias se elas não levarem todas as circunstâncias. Mesmo se abrangermos o lado biológico (a saúde mental que o sono proporciona), o ser humano é imprevisível.

  • Humberto:

    Muito interessante, mas a que horas foi realizada a pesquisa? Se fizessem as perguntas a um notívago a noite iriam comprovar que não há pessoas mais bens dispostas que eles.

  • Guilherme:

    É claro que isso depende de vários outros fatores externos. Eu tenho 14 anos, durmo a hora que quero, tenho boas notas…
    Sou depressivo, mas acho que isso só tem me “ajudado”, pois talvez seja o momento em que se reflete sobre a vida e as coisas realmente importantes dela. Não se se é ruim ou não…

Deixe seu comentário!