Assista ao melhor comercial já feito de uma televisão

Por , em 8.09.2013

Imagine que você está numa entrevista de emprego, concentrado enquanto fala sobre suas qualificações, e de repente cai um meteoro que destrói toda a sua cidade. Ok, isso provavelmente não vai acontecer nos próximos anos (ao menos esperamos que não). Mas como você reagiria ao ver o mundo se acabando diante dos seus olhos?

Para promover sua nova linha de TV’s Ultra HDTV, a LG resolveu criar esse cenário falso em uma pegadinha no Chile. Não sabemos se o vídeo é real ou não, mas o resultado é tão bom que o vídeo já se tornou viral.

Essa não foi a primeira vez que a LG usou propagandas engraçadinhas para divulgar seu monitor de alta definição. Confira os últimos dois comerciais abaixo:

[Bored Panda/Huffington Post]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Cesar Grossmann:

    GENIAL!

  • Diego Tietz:

    Pô, até o HS compartilhando esse vídeo… Já que esse site é dedicado à ciência, vamos lá: Para a pegadinha ser real (ou seja, não ser todo mundo ator interpretando), a TV deveria antes de tudo ser 3D sem óculos – por mais definição que tenha, qualquer um percebe que não se trata de uma janela. E tem mais: a posição dos olhos da “vítima” teria que ser mapeada em tempo real (tipo com um Kinect) para que a TV exibisse a devida paralaxe.
    Paralaxe que logo-logo via hype, já que será uma das novas firulas do iOS.

    • Cesar Grossmann:

      Será, Diego? Quer dizer, você percebe alguma paralaxe em uma paisagem distante? Você entra na sala e nem presta muita atenção para a paisagem da janela, apenas se concentra na pessoa que está à sua frente. Teu cérebro registra “é uma janela” e não se preocupa muito com isso.

      Daria para fazer um teste, fazer uma filmagem do ponto de vista da pessoa, em uma sala com uma janela real para fora, e outra onde você tem uma imagem “ultra real”. O objetivo é saber se em algum dos casos a pessoa que está assistindo o filme percebe que uma das janelas é falsa. Mas mesmo neste caso deveria ser colocada uma distração: uma pessoa sentada em uma cadeira, e quem assiste o filme não deveria saber do que se trata o experimento.

Deixe seu comentário!