Mulher dá residência para um gambá idoso e as fotos ficam virais

Por , em 7.02.2020

Carinhosamente chamado de Hank, gambá com idade avançada virou morador da garagem de uma mulher. O sobrinho dela fotografou o inquilino, postou em mídia social e a fotografia se tornou viral. A história fez com que muitos usuários do Reddit comentassem sobre os benefícios da existência dos gambás.

O fato ocorreu na Luisiana, nos Estados Unidos. O usuário do Reddit relatou que Hank foi um visitante constate da casa da tia por dois anos. O gambá começou a dormir na garagem quando o inverto se aproximava. Diante disso, a tia colocou cobertores e comida para o visitante. Parece que Hank considerou a garagem um abrigo seguro e resolveu ficar.

De acordo com a publicação, inicialmente o gambá ficava por perto um pouco por cauda da comida de gato. Embora ele não seja domado, nunca atacou ou pareceu estar com medo. Conforme Hank ficou mais velho, foi se demorando mais por perto, até que resolveu fazer da garagem seu lar.

O usuário do Raddit ainda relata que a tia tem uma garagem grande onde há espaço para ele. Como a garagem fica separada da casa, ela deixa uma porta aberta para quando Hank quer sair. Ele ainda relata que o amor da tia e da mãe por animais não deixa de surpreender, elas administram uma organização sem fins lucrativos para cães e gatos com necessidades especiais.

Hank em seu abrigo na garagem

Os comentários

Muitas pessoas comentaram a publicação. Alguns dizendo que Hank não é o tipo de animal pelo que normalmente suspirariam, mas gostam dele. Diversas publicações destacaram como os gambás não são agressivos e como podem beneficiar jardins, embora um dos comentários diga que quando estão irritados os gambás podem morder.

É bom ter gambás por perto uma vez que eles ajudam a controlar o aparecimento de pestes nos jardins. Isso porque eles se alimentam de carrapatos, ajudam a diminuir o número de insetos, lesmas e frutas podres. Gambás até caçam cobras venenosas. Estima-se que um gambá mata 5 mil carrapatos em uma estação.

O que ajuda nesse número é o fato de que os gambás matam mais de 95% dos carrapatos que tentam se alimentar deles. Além disso, a temperatura corporal desses animais é muito baixa para incubar raiva, o que os torna naturalmente imunes à doença.

Eles também podem beneficiar o ambiente em geral, para além dos jardins, porque comem baratas, ratos e consomem todo tipo de animais mortos.

A vida dos gambás

Esses animais são noturnos e geralmente vivem em tocas ou buracos que eles encontram prontos, com mais frequência do que criam abrigos. Quando sentem que são ameaçados, os gambás ficam imóveis como se estivessem mortos. Eles não têm controle sobre isso, passado o perigo podem levar entre uma e quatro horas para se recuperar.

Únicos marsupiais da América do Norte, os gambás se mudaram da América do Sul para lá durante o Grande Intercâmbio Americano, quando muitas espécies migraram de entre as Américas.

Hank pode não viver muito mais tempo, uma vez que a expectativa de vida dos gambás é de dois ou três anos. Embora alguns dos comentários sejam de tristeza com a notícia, um dos usuários da rede destacou que essa é a expectativa na vida selvagem. Entre os comentários há expectativa de que Hank surpreenda em seu tempo de vida em ambiente confortável e longe dos predadores. [Bored Panda, Reddit, National Wildlife Federation]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (47 votos, média: 4,85 de 5)

Deixe seu comentário!