Chegou o curativo adesivo com “radar para infecções”

Por , em 17.11.2010

Um novo tipo de bandagem adesiva (que no Brasil, para consagração da marca em questão, é popularmente chamada de Band-aid) foi desenvolvido por cientistas alemães. Trata-se de um curativo “inteligente”, que imediatamente fica roxo ao sinal de uma infecção no local do ferimento.

A novidade foi criada por pesquisadores do Instituto Fraunhofer, em Munique. Aparentemente, é um band-aid comum, que é colocado sobre um corte na pele para protegê-la de choques físicos até que a ferida cicatrize. Como nem sempre se toma a precaução de lavar e desinfetar corretamente o ferimento antes de cobri-lo, podem surgir infecções, geralmente bacterianas. Daí a importância desse novo tipo de bandagem, que detecta qualquer anomalia no ferimento assim que ela surge.

O procedimento do material é baseado em um conceito químico básico, que talvez o faça lembrar seus tempos de colégio: o pH. Usado para determinar se uma substância é ácida ou alcalina,o pH é uma escala que vai de 0 a 14 e tem sua verificação feita de uma maneira muito simples. No caso da bandagem inteligente, a coloração aparece quando a acidez da pele diminui de 5 ou 6 (taxa saudável) para algo entre 6.5 e 8.

Os desenvolvedores afirmam que os beneficiados pela novidade, mais do que os pacientes em si, serão os médicos. A bandagem permite que se avalie o estado de um ferimento sem precisar trocar o curativo. Enquanto a bandagem não fica roxa, o médico tem a certeza que a ferida segue cicatrizando limpa e livre de infecções. [PopSci]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Bruna M:

    Esse sim é um trabalho desnecessário. Se um médico realmente quiser saber se o paciente sofre com algum tipo de infecção cutânea ele pode solicitar uma cultura e antibiograma e assim pode evitar que o paciente tome medicamentos de forma desnecessária. Os demaais cuidados podem vir advindos de medidas profiláticas. Seria realmente interessante se eles criassem esse tipo de dispositivos para ponta de catateres e outros produtos médico-hospitalares que são mais passíveis de contaminação.

  • Elizabeth:

    Tão simples (controle do pH) e só pensaram nisso agora…

  • Marcos:

    Olá a todos !
    Bom seria se, além de avisar se há infecções, o curativo tomasse alguma medida para debelar esta infecção … Mas aí seria pedir demais – pelo menos, por enquanto !!
    Abraços

  • Nanci Valladão de Mello:

    Bom dia!!

    Extraordinário! Pois assim,para as mães, acabará a tortura de trocar o curativo antes da hora!Quando a ciencia faz para a melhora do ser humano, torna se divino esta descoberta!!!!

  • Rogério Vicente Domingos da Silva:

    Nossa muito interessante esse novo método de bandagem,com certeza vai ser de muita utilidade!!

    mas vendo o conceito tão simples q foi empregado na sua criação a unica coisa que me passa pela cabeça é, como ninguem tinha pensando nisso antes? rsrs

Deixe seu comentário!