Acupuntura pode curar… Mas apenas como placebo

Por , em 21.01.2009

Novos estudos afirmam que a acupuntura pode curar dor de cabeça e enxaquecas mesmo quando as agulhas são colocadas em lugares incorretos.

Nos estudos realizados pelo Centro de Pesquisas de Medicina Complementar da Universidade Tecnológica de Munique, na Alemanha, foram analisados os métodos e os resultados da acupuntura em 6.733 pacientes durante 33 sessões da terapia. “A maior parte do benefício clínico da acupuntura não se encontra na colocação das agulhas em pontos corretos, mas sim no efeito placebo que se causa no paciente”, afirmou Klaus Linde, o autor principal dos dois estudos realizados.

O primeiro estudo proporcionou a conclusão de que a acupuntura é um método eficiente na prevenção de enxaquecas. Já o segundo estudo afirma que a posição das agulhas não importa, ao contrário do que dizem os defensores do tratamento.

Descobriu-se também que, depois de oito semanas de tratamento, os pacientes que fizeram tratamento com acupuntura tiveram menos dor de cabeça do que aqueles que apenas tomaram analgésicos.

Os resultados das pesquisas indicam que a acupuntura pode ser considerada uma alternativa para aqueles pacientes que preferem não ingerir drogas. Porém, Linde disse que mais pesquisas sobre o assunto são necessárias.

Por enquanto, os únicos resultados da acupuntura só podem ser obtidos por meio do “pensamento positivo”. E esse conceito é completamente novo na medicina. Já mostramos como médicos são resistentes a mudanças muito radicais, mesmo que elas possam salvar a vida do paciente. [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 3,00 de 5)

11 comentários

  • TAINã:

    Eu canso de fazer acupuntura em árvores, colocando pregos nas forquilhas, começando pela base ( 1 em cada, 5,no máximo) principalmente nas frutíferas. Uma duquesa alemã me ensinou. Tenho tido excelentes resultados. O tamanho do prego é compatível: goiabeira, por exemplo, prego de 5cm. Uma mangueira adulta, 10cm. O prego pode ser enferrujado, parece até que funciona melhor.

  • Acupuntura não é milenar, nem chinesa | Advir:

    […] (Hypescience) Fonte: criacionismo.com.brEnvie este artigo para um amigoArtigos relacionados:Acupuntura não é milenar, nem chinesa Acupuntura – pergunta e resposta Tags: ACUPUNTURA    medicina alternativa […]

  • Pedro:

    … o simples fato de a acupuntura demorar mais em alguns casos do que em outros é um exemplo… qual efeito placebo… às vezes os pacientes começam até reclamando a gente diz pra esperar e o que acontece? Pois é aquele cético começa a ter resultados……… não vos entendo gente porquê negar as evidências porquê?

  • Pedro:

    AC/DC como assim? Você ou não quer admitir ou não leu o que estava ali em cima num dos comentários… os animais nem sabiam que estavam sendo introduzidas as agulhas… e mesmo assim você vai me explicar como é que existe efeito placebo numa situação destas… eles (os animais) devem ter ouvido as palavras do dono: “vou te tratar vai, ficar tudo bem”. E mesmo assim vamos supor que pela possível percepção do animal que estavam tentado ajudá-lo. Experimenta com a mesma experiência pôr um docinho (o placebo né?) na boca do animal, finge que estão tratando ele para ele ter essa mesma percepção (de que o estão curando) e vai ver o que acontece. E isto supondo que o animal tem essa percepção e que existe mesmo o efeito placebo. Não entendo vocês (céticos) nem com tanta coisa à frente pra enxergar (as provas que vocês tanto exigem) vocês se contentam e admitem pelo menos (pelo menos isso!!!) que pode haver realmente possibilidade. A OMS já admitiu e ainda vai admitir muita coisa em relação à MTC. Vocês já não têem onde se agarrar. As pessoas admitem, auriculoterapia faz milagres em problemas de dentes que a Medicina Convencional nem sonha chegar lá você sabia, isso é placebo? Só pra dar um exemplo… e nem digo mais nada pra não me chatear com tanta ignorância

  • AC/DC:

    Com certeza não passa de placebo,além disso não é milenar como pode ser visto nesse site e só para os menos atentos o efeito placebo também ocorre em animais.

  • Fernanda:

    “…os pacientes que fizeram tratamento com acupuntura tiveram menos dor de cabeça do que aqueles que apenas tomaram analgésicos.”
    Se uma pessoa esta tomando remedio, é porque ela acredita no efeito do remedio, da mesma maneira que uma pessoa que faz acupuntura acredita no efeito da acupuntura, ‘pensamento positivo’ dos dois lados, mas, por que entao as pessoas que usaram da medicina alternativa tiveram melhores resultados ? Talvez seja porque a Acupuntura não aditiva o seu corpo com quimicas, o acupunturista segue todo um “ritual” para tratar do paciente , ritual muito mais clinico do que o de um medico que simplismente sabe de cor os preventivos ou anestesicos para o seu corpo, a acupuntura procura estabelecer um equilibrio vital, e nao apenas previnir ou anestesiar o seu corpo para voce pensar que a dor foi “curada”.
    Talvez esses medicos nao queiram admitir que “simples” agulhas tenham um resultado tao bom quanto ou até melhor que suas pilulas e comprimidos .

  • Fernando Mendes:

    É engraçado ouvir que o conceito de “pensamento positivo” é novo, sendo que o Corpus Hipocrático do Século I DC ja falava disto.

    Um pouco antes, o “O Livro de Ouro da Medicina Chinesa” (Nei Ching) ou “O Livro do Imperador Amarelo” foi escrito ha 4.500 anos e também ja falava disto.

    Ou seja os pensamentos, falas, ações e emoções geram informação que são passadas as células novas.

    Será que essas informações seriam melhor se fossem positivas ?

    A medicina Ayurvédica que também é talvez mais antiga que a Acupuntura também corrobora a mesma filosofia médica.

    O que dizer então da Tibetana e Egípcia…

    Olha acho uma pequenice achar que este planeta so conhece os Gregos e Romanos.

    Pesquisem incansávelmente e descobrirão muito mais.

  • Edemilson:

    Tem um artigo bastante interessante sobrea a acupuntura no Dicionário do Cético:

    http://brazil.skepdic.com/acupuntura.html

  • augusto:

    eu gostaria de ver o original….. alguem tem o site???? pq procurei no site alemao d tafaculdade e nao achei nenhum comntario sobre a pesquisa. Favor passar o link da pesquisa ou se tiver o original coloque na net p podermos avaliar…..

  • Paulo:

    É interessante lembrar quem é o patrocinador da pesquisa. Nem todas pessoas estão satisfeitas com um tratamento que não inclui a compra de medicamentos.

    Seria bom esse grupo dar uma olhada em uma reportagem da TV Globo (Globo Rural, ops … digo Globo Repórter) sobre a utilização da acupuntura em animais … e funcionava! O mais interessante é que, por incrível que pareça, os animais não sabiam porque estavam levando as agulhadas, o que acaba com a idéia do efeito placebo…

  • Clement:

    Pois, é taí mais uma conclusão errada que voces chegaram com base num único estudo realizado!
    O estudo diz que independentemente da posição das agulhas, a cura pode ocorrer.
    Outra coisa, é concluir que qualquer a cura resultante da acupuntura só ocorre por efeito placebo, como afirmado no cabeçalho.
    De qualquer forma, o lado bom da história é que o saldo é sempre superior ao da famigerada indústria farmacêutica, onde, comprovadamente ocorre apenas alívio parcial dos sintomas a um custo muito maior

Deixe seu comentário!