Cheire isto e descubra se tem Alzheimer

Por , em 13.10.2013

Você pode não ter ouvido falar do “teste da manteiga de amendoim”, mas essa pode se tornar uma maneira fantástica – de baixo custo e não invasiva – de se testar se uma pessoa tem, ou não, a doença de Alzheimer. Afinal, o que é menos agressivo do que pedir para alguém sentir o cheiro de um pote de manteiga de amendoim?

“A capacidade de sentir odores está associada ao primeiro nervo craniano e é frequentemente uma das primeiras coisas a ser afetada em um declínio cognitivo”, diz o release lançado por pesquisadores da Universidade da Flórida, Estados Unidos, que conduziram o experimento.

Em pacientes com Alzheimer, o sentido do olfato é afetado de uma maneira muito especial: a narina esquerda é muito mais prejudicada do que a direita. Por mais estranho que seja, é a realidade.

No experimento, os cientistas tamparam uma narina dos participantes e mediram a distância em que ele podia detectar uma colher de sopa de manteiga de amendoim. Em pacientes com Alzheimer, a narina esquerda foi prejudicada tão profundamente que, em média, possuía um alcance 10 centímetros menor do que a direito, em termos de detecção de odor.

Os pesquisadores concluíram que essa característica é específica em doentes de Alzheimer. Nem os participantes do grupo de controle (ou seja, aqueles que não sofriam de declínio cognitivo), tampouco pacientes que apresentavam outros tipos de disfunção cognitiva (tal como a demência) demonstraram diferença de detecção de odores das narinas.

A manteiga de amendoim, em especial, foi utilizada porque é considerada um “odor puro”. Geralmente, nosso sentido de cheiro incorpora duas sensações distintas: o sentido do olfato, que é o cheiro ao qual estamos acostumados, além da sensação trigeminal, que é um sentimento mais físico, uma espécie de sentido de ardor. A manteiga de amendoim não possui nenhum elemento trigeminal, trata-se de um alimento puramente olfativo – o que o torna ideal para testes, uma vez que a ligação com a doença de Alzheimer se dá exclusivamente por meio do sentido do olfato.

Por fim, esse seria um sistema excelente e barato, que serviria de alerta precoce para as pessoas com Alzheimer. A doença não é fácil de detectar, é necessário que a pessoa realize um exame neurológico, além de outro mental. Ambos os testes precisam ser conduzidos por um profissional da área de saúde. O teste de manteiga de amendoim, por sua vez, pode ser realizado agora mesmo, na sua cozinha. [Pop Sci]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Marcelo Costa:

    teste sem fundamento cientifico!

  • gloria:

    Pessoas q tomaram pancadas no nariz , ou sofreram quedas q danificaram o nariz ñ sentem odores

  • Elizabeth:

    O teste pode dar um falso positivo em pessoas com desvio de septo. Eu tenho e uma das narinas funciona menos que a outra por conta do menor fluxo de ar.

    • Lucas Nobre:

      Brasileiro, certamente, tem manteiga de amendoim na geladeira ou acha no supermercado! O cientista era americano! Nobre iniciativa, caros!

Deixe seu comentário!