Dragão-de-komodo destruiu câmeras da BBC enquanto flertava com dragão robótico

Por , em 15.01.2020

O equipamento de última geração caríssimo estava escondido dentro de um porco falso que estava no meio dos lagartões.

Outro boneco infiltrado no meio dos animais era um dragão-de-komodo fêmea. O produtor executivo John Downer relatou ao jornal The Sun que os dragões machos tentaram acasalar com a imitação de fêmea e ficaram cada vez mais frustrados por ela não reagir.

Irados, eles descontaram essa frustração no boneco de porco. “Com as enormes garras, um dragão começou arranhar a pele da ‘fêmea’ e não tem nada que você possa fazer porque você não pode interferir. Você só torce para eles perceberem que alguma coisa não está certa e pararem”, contou Downer.

“Mas aí esse porco com todo o nosso equipamento dentro estava no lugar errado e eles o aniquilaram”, lamenta. O comportamento agressivo dos lagartos se deve à época de acasalamento, quando há muito testosterona rolando. “Eles eram como dinossauros, era inacreditável, ele ficou totalmente destroçado”.

A nova série se chama Spy in the Wild 2, narrado por David Tennant, e tem estreia no Reino Unido no dia 22 de janeiro.

Todos os episódios foram gravados com câmeras escondidas dentro de animais falsos como coalas, gorilas, ursos e tartarugas. Em uma das cenas é possível testemunhar o “canto” dos gorilas enquanto eles se alimentam juntos. [The Sun, Yahoo News]

Veja uma das cenas da primeira temporada do Spy in the Wild:

Se você não aguenta esperar até o lançamento da série no Brasil para ver um ataque de dragão-de-komodo, veja um deles em ação na cena da série Raw Nature, exibido pelo Animal Planet:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votos, média: 4,92 de 5)

Deixe seu comentário!