Encontrando espécies raras

Por , em 18.04.2011

Espécies raras de animais podem estar a nossa volta sem nos darmos conta. Catalogar espécies em extinção, para salvá-las, requer, em primeiro lugar, saber quantas ainda restam. No entanto, pesquisadores da Universidade de West Virgínia, perceberam que isto já não é mais suficiente, pois espécies raras podem ainda existir, mesmo que não se possa encontrá-las.

O pesquisador participante do estudo, Todd Katzner, e seu time monitoraram águias da espécie Aquila helíaca, que vivem em reservas naturais do Cazaquistão. Restam apenas alguns milhares de exemplares destes pássaros.
O número de aves que ainda se reproduz é relativamente fácil de estabelecer porque eles tendem a ficar em seus ninhos. Mas, Katzner focou seu estudo em aves novas, que ainda não começaram a procriar. Elas podem assumir o lugar dos mais velhos se algum deles morrer, estabilizando a população.

Os cientistas usaram dois métodos para estimar os números: contar as aves quando elas deixavam seus ninhos e recolher penas para análise genética. Em 2004, a análise resultante identificou 308 pássaros não reprodutores, enquanto a observação só identificou 21.

“O que você vê, nem sempre é a realidade. A maioria dos planos de conservação são centrados em volta dos ninhos e aves reprodutoras. Na verdade, existe toda uma população que não enxergamos, mas que é muito importante”, disse Katzern. [NewScientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • alx:

    MELHOR DEIXAR QUE NINGUEM SAIBA Q EXISTA TAIS ESPECIES MESMO,SENÃO DAKI UNS DIAS ELAS DEIXARÃO DE EXISTIR REALMENTE,HOMEM SO PENSA EM DINHEIRO E SE FALAR EM ENXERGAR A BELEZA DA NATUREZA E OS ANIMAIS JA LOGO DIZ SER COISA DE GAY ETC…

  • gargwlas:

    se mata lylia.. assim vc ajuda em sua teoria 😉

  • MindHunter:

    É Você ja deveria estar extinta Lylia. !!!!!

  • lylia:

    a única espécie que deveria ser rara é o homem, o grande destruidor de tudo.

Deixe seu comentário!