A China balança com este vídeo de um lutador de MMA contra um mestre de Tai Chi

Durante semanas o lutador de artes marciais mistas (MMA) Xu Xiaodong zombou dos mestres de tradição, acusando-os de serem fraudes excessivamente comercializadas e os desafiando a levantar-se ou calar a boca.

Depois que um deles – Wei Lei, praticante do “estilo trovão” – aceitou o desafio, Mr. Xu o achatou em cerca de dez segundos.

Ele talvez tenha provado seu ponto de vista, mas não estava preparado para a indignação que viria em seguida. Quando o vídeo da luta tornou-se viral na internet, muitos chineses ficaram profundamente ofendidos com o que consideraram um insulto a um pilar da cultura tradicional chinesa.

Repercussão

A estatal chinesa Wushu Association publicou uma declaração em seu site dizendo que a luta “viola a moral das artes marciais”. A Associação Chinesa de Boxe emitiu críticas semelhantes.

Um artigo da Xinhua, a agência de notícias estatal, chamou Mr. Xu de “sujeito maluco”, dizendo que a luta fez com que as pessoas questionassem se as artes marciais chinesas eram de alguma utilidade, e até mesmo perguntar: “O que exatamente são as artes marciais chinesas tradicionais?”

A reação pública foi tão furiosa que Mr. Xu se escondeu.

“Perdi tudo, inclusive minha carreira”, disse ele em uma mensagem que circula na internet. “Eu acho que muitas pessoas me entenderam mal. Eu luto contra a fraude, mas agora eu me tornei o alvo”.

A arte do Tai chi

Muitas pessoas em todo o mundo supunham que este debate já estava resolvido há muito tempo. Durante anos, lutadores das artes marciais mistas realizaram lutas para se expor diante de praticantes de artes marciais tradicionais – kung fu, karatê e judô entre elas. Os velhos caminhos, por toda a sua graça bailarina, perderam definitivamente.

O Tai Chi, enquanto uma arte marcial, é visto por muitos hoje como um exercício espiritual de respiração e equilíbrio desfrutável por pessoas de todas as idades, geralmente realizado em câmera lenta em um parque tranquilo em vez de no ringue.

As artes marciais mistas, ou MMA, são um estilo de luta de contato desenvolvido ao longo do último século a partir de práticas ao redor do mundo. Começou a ganhar popularidade nos Estados Unidos na década de 1980. Embora seja violento, ele tem regras – incluindo a proibição de mordidas ou cuspes.

Dez segundos de luta

A luta entre Mr. Xu e Mr. Wei foi brutal. Enquanto Wei circulava lentamente, com os braços estendidos em uma calma defesa tai chi, Xu pulou sobre ele, atirou-o no chão e usou uma técnica para subjugá-lo. Tudo durou cerca de 10 segundos.

Mr. Xu não respondeu ao pedido para uma entrevista enviado à sua conta pessoal da Weibo alguns dias após a luta, que ocorreu no dia 27 de abril. Pouco depois, sua conta foi retirada do ar, enquanto as autoridades se apressavam para tentar abafar a controvérsia.

Por telefone, uma pessoa que atendeu no Battle Club, ao sudeste de Pequim, onde Mr. Xu trabalha, disse que ele não estava dando entrevistas. Ela recusou-se a informar seu nome.

Alguns dias depois, a porta do Battle Club – no porão sombrio de um amplo edifício – estava trancada. Fotografias de Mr. Xu e de outros lutadores de MMA decoravam as paredes da escada.

Um eletricista que vagava por uma loja de cigarros, no topo da escada, informou que praticava Wushu e que tinha vindo para verificar o clube depois de ouvir sobre a controvérsia. Ele disse que Mr. Xu tinha razão ao enfrentar seu desafio, apesar de ter enfurecido as pessoas.

“Ninguém pode evitar lutar”, disse o homem, que só informou seu sobrenome, Lian, e um nome de usuário de redes sociais, Ruyi.

Ele disse que os defensores das artes marciais tradicionais ficaram inconformados com o fato de que Mr. Xu tenha se atrevido a dizer que eles encenavam performances impressionantes, mas eram combatentes ineficazes. Ao lutar contra um deles, porém, Xu comprometeu seus meios de subsistência.

No entanto, o assalto ultra-agressivo do Mr Xu ao seu rival tai chi perdeu um ponto importante, acrescentou Lian: “A principal diferença entre a prática de Mr Xu e as artes marciais tradicionais é que estas não são um esporte competitivo”, disse ele. “Não se trata de realmente machucar alguém. Trata-se de mostrar seu estilo de luta. E o estilo de Mr. Xu é vencer seu oponente até quase a sua morte”. [New York Times]

Por: Carolina GoettenEm: 4.07.2017 | Em Outras  | Tags: , ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votos, média: 3,65 de 5)
Curta no Facebook:

4 respostas para “A China balança com este vídeo de um lutador de MMA contra um mestre de Tai Chi”

Deixe uma resposta