Exoesqueleto artificial está pronto para uso

Por , em 25.07.2010

O exército americano está ganhando um aliado para garantir mais conforto e preservar a saúde em tarefas diárias. Trata-se do HULC (Human Universal Load Carrier, que significa algo como “Suporte humano universal para cargas”), um exoesqueleto artificial, desenvolvido para que soldados possam carregar peso sem desgastar tanto o corpo. Os protótipos já estão prontos para testes com os militares.

Um exoesqueleto artificial é “instalado na pessoa”, e fica disposto como se fosse realmente um esqueleto externo, parte da estrutura corporal. Movido à bateria, ele retira das costas do soldado o esforço, por exemplo, de levantar um caixote de 90 kg, e deixa que as pernas de titânio suportem o peso. E o soldado não tem nenhuma limitação de movimento devido ao HULC. Mesmo com ele, é possível correr, se agachar, rastejar e saltar. Assim, o soldado não perde nada em agilidade e poupa as articulações castigadas quando se levanta muito peso, principalmente na coluna e nos joelhos.

O próprio aparelho neutraliza até o seu próprio peso. O motor do exoesqueleto fica instalado nas costas do soldado, como uma mochila, mas direciona para o chão a tensão dos 24 kg que pesa. Com isso, quase nem é sentido por quem o usa. Por enquanto, o aparelho é usado apenas por militares, mas no futuro poderá se tornar um excelente aliado ortopédico para que trabalhadores braçais evitem problemas na coluna e desgastes dos ossos no futuro. A máquina, que já tirou tantos empregos de trabalhadores ao longo das décadas, pode agora auxiliá-los. [BBC News]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

11 comentários

  • Rodrigo Paim:

    As aplicações dessa tecnologia, assim como muitas outras, vão muito além do uso militar

    Imagine um bombeiro usando algo do tipo, podendo levantar pesos grandes de um prédio em chamas, sem demorar com as ferramentas

  • felipe:

    bom, deve custar uns 10 mil, por ai, por ser novo no mercado e ser de uso exclusivo do exercito, ainda mais o americano.

  • Gregory:

    Quanto custa um HULC? eu quero um.

  • Marcos:

    Olá a todos !
    Davi, concordo inteiramente com voce.
    Infelizmente, o caminho começa na aplicação militar e termina, quase sempre, na vida civil.
    Por exemplo, forno de micro ondas, radar, chip, etc.
    Aplicações aqui fora não faltariam.
    Abraços

  • lucas:

    Vou usar para fazer levantamento de peso kkkk

  • Davi Dalben:

    Não adianta ficar discutindo isso. Parece que a maiores inovações tecnológicas surgem com fim militar e depois são aproveitadas na vida civil. É do ser humano, pelo jeito.

    Logo estaremos vendo exoesqueletos substituindo empilhadeiras, britadeiras, cadeiras de rodas. E isso será ótimo. Tudo porque algum general queria um brinquedo inovador para seus soldados…

  • fafnir:

    Caro Gustavo, informação nunca é demais: “Em zoologia, chama-se exosqueleto à cutícula resistente, mas flexível, que cobre o corpo de muitos animais e protistas, fornecendo proteção para os órgãos internos, suporte para os músculos e evita também a perda de água.” Vide Wikipedia.
    Entendeu? e o titulo original da matéria é: “HULC exoskeleton system ready for soldier tests” ou “HULC sistema de exoesqueleto pronto para testes com soldados”
    Nao custa nada pesquisar antes de sair falando coisas as quais nao tem certeza.

    Bela matéria Hypescience. Eu nao imaginava q o exoesqueleto seria usado em larga escala tao cedo.

  • VAVANY COSTA:

    É BEM VINDO ESTE EXOESQUELETO ARTIFICIAL,PARA QUE SE POUPEM ESFORÇO DESNECESSÁRIO E NÃO SÓ. MAS CUIDADO COM RELAXE SOLDADOS AMERICANOS.

  • Kerensky:

    Palmas pra ignorância humana! clap, clap…desenvolvendo um exoesqueleto pra ajudar seus infames soldados a matar outros…brilhante! Uma ameba teria mais inteligência! ¬¬

  • DORIVAL:

    INTERSSANTE O EXOESQUELETO, VAI AJUDAR O SOLDADO NA GUERRA, A CARREGAR PESO, COM MENOS DESGASTE, ESSE MESMO INVENTO PODERIA SER USADO NAS PESSOAS QUE VIVEM O DIA A DIA NAS GRANDES CIDADES, E QUE TAMBÉM SE DESGANTAM, FAZENDO ESFORÇOS SOBRE-HUMANOS.
    OUTRA COISA, ESSE EXOESQUELETO, NÃO VAI EVITAR QUE O SOLDADO QUE O USO, VENHA A MORRER EM UMA GUERRA… OU VAI?

  • Gustavo:

    “Exoesqueleto artificial”: e agora imagina um “Exoesqueleto natural” ou melhor: um exoesqueleto que não é artificial

    Não sabe que título dar? É melhor também copiar do original do que escrever bobagem.

Deixe seu comentário!