Pessoas vingativas não prosperam e são menos felizes

Por , em 26.03.2009

“Olho por olho e todo o mundo ficará cego.” Essa frase atribuída a Ghandi esqueceu de adicionar que dente por dente deixaria também todo mundo banguela. Cientistas agora adicionam que o código de Hamurabi também torna as pessoas menos felizes e prósperas. É o que um estudo recente afirma.

Pesquisadores concluíram que, quem aplica a filosofia “olho por olho, dente por dente” em sua vida, tem mais chances de ficar desempregado, ter menos amigos e, consequentemente, ser menos feliz. Já quem não leva as coisas tão a sério, na maioria dos casos, tem um salário maior, mais amigos e curte mais as coisas boas da vida.

O estudo sugere que as pessoas que aplicam a máxima “trate os outros como deseja ser tratado”, são mais felizes do que aqueles que usam o lema do Antigo Testamento, atribuído a Hamurabi, imperador da Babilônia, “olho por olho, dente por dente”.

Um grupo de pesquisadores analisou as entrevistas de mais de 20 mil pessoas para descobrir no que essa “reciprocidade negativa” afeta a vida profissional das pessoas.

A maioria dos entrevistados admitiu que se vinga das pessoas que fazem algo ruim da mesma maneira, para que o inimigo se sinta da mesma forma que eles. Boa parte também incluiu que, quando alguém lhe faz um favor, eles procuram retribuir da mesma maneira.

Então os cientistas os dividiram em duas categorias, os que retribuíam favores e os que se vingavam.

Aqueles movidos por vingança, normalmente, tinham menos amigos e mostravam insatisfação com a vida de forma mais freqüente.

“Já os movidos por sentimentos positivos, como têm mais incentivo, também se mostram mais felizes, ganhando mais dinheiro e tendo mais amigos” explica Thomas Dohmen, professor da Universidade Maastricht, um dos pesquisadores. [8Telegraph]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 3,75 de 5)

15 comentários

  • Anne Tarantino:

    Pra mim sempre teve a volta do anzol, mesmo sem fazer nada. Acredito na lei do retorno, cedo ou tarde aparece, ela existe e funciona.

  • Julio Campos:

    pode até ser verdade, mas ver quem te ferrou debaixo de sua bota é muito bom.

  • David de Aquino:

    Fazer o que, se só consigo seguir adiante quando sinto o doce sabor da vingança….

  • Silvio Henrique de Arruda:

    sei n, sem fontes de pesquisa, isso ta cheirando a auto-ajuda e cristianismo barato… não vejo americanos infelizes por terem ido a retaliação contra o 11/09…. sera que os mesmos pesquisadores concluiram que pessoas que costumam esquecer ofensas tb tem problemas psicologicos devido ao conformismo frequente?

  • Samuel Teixeira:

    Como disio o Chaves “A vingança nunca é plena,mata a alma e a envenena”

  • Regiane Veneziano:

    A vingança e um sentimento e atitude de frieza e insensibilidade, mais como esquecer alguém que te fez tanto mal??? Como ter a grandeza do perdão??? Será que vingança é para os fracos mesmo???

    • Nara Dangelis:

      Eu tambem me perguntava isso quando eu nao conseguia perdoar pessoas que queriam meu mal sem eu ter feito nada com elas. Era muito dificil para mim entender o que o Mestre Jesus nos ensinou que devemos amar nossos inimigos e eu pedia tanto a Deus para tirar aquela magoa do meu coracao e me da essa paz. Mas com o tempo o nosso coracao vai se curando, depois eu so passei a ignorar, depois comecei a sentir compaixao, e no momento eu aprendi a pedir a Deus que de o melhor para eles. Foi um caminho arduo mas eu consegui entender o significado do amor aos inimigos, e eu digo que e maravilhoso, vale muito a pena! Paz a todos!!

  • RX:

    Isto é verdade. Mas sou um vingativo diferente. Não me vingo de pessoas comuns, me vingo apenas de governantes que me roubam.

    Assim, vou seguir tentando me vingar do lula até o “inferno”.

  • Josi Pagnussatti:

    😉 Nem precisa de pesquisa pra saber disso. Basta olhar ao redor.

  • Marcelo:

    Conviver com pessoas vingativas é uma relação muito complicada,eu conheço uma pessoa tão obsesiva que quer o tempo todo ficar punindo as pessoas que mais a ama,a nossa natureza ñ é muito boa é melhor agente ñ aperfeiçoar esses sentimentos,muitos ñ acreditam mais a biblia nos alerta e condena esse tipo de pensamento.

  • Lena:

    Na minha opinião, essa pesquisa tem mesmo procedência. Imagine a a discórdia superar o perdão. A pessoa que nutre o sentimento de vingança, fica remoendo isso no coração, o que pode até trazer outros tipos de doenças. E as que tentam perdoar, mesmo não esquecendo, mas tentando superar a dor, a mágoa,…logo logo voltará a sorrir. O quanto a outra, não vai sossegar enquanto não cosumar o seu ato.

    É a minha opinião, respeitando as demais.

    Lena

  • Cesar:

    Moral da história: a vida é uma merd@, mas quem leva tudo numa boa vive melhor.

    Mas surge uma dúvida: quem leva a vida numa boa, ganha mais e tem mais amigos, ou quem ganha mais, leva a vida numa boa e tem mais amigos?

  • admin:

    Amandha, um babaca é um babaca mesmo que faça favores.

  • Rafael:

    É importante que gostemos um dos outros, dar sem pensar em receber \o

    Ler isso me motivo mais a seguir a vida de maneira mais descontraida, não obstante a situação!

    Estão sempre de parabéns! 🙂

  • Amandha:

    E enquanto as pessoas que se vingam mas tambem retrebuem favores?

Deixe seu comentário!