Foto: por dentro da Nebulosa da Águia

Por , em 9.02.2012

Em 1995, uma famosa foto feita pelo Hubble mostrou os Pilares da Criação, colunas de formação de estrelas feitas de gás frio e poeira, com anos-luz de comprimento e localizadas na M16, a Nebulosa da Águia, que você confere na imagem acima.

Essa imagem, colorida digitalmente, revisita esse berçário estelar com dados de imagens obtidos pelo Observatório Espacial Herschel e pelo Telescópio Espacial XMM Newton.

Os detectores de infravermelho do Herschel registraram a emissão direta da poeira fria emitida pela região, incluindo os famosos pilares e outras estruturas localizadas perto do centro da foto.

Em direção ao outro extremo do espectro eletromagnético, a visão de raios-X do telescópio espacial XMM-Newton revela enormes estrelas quentes e massivas mergulhadas em aglomerados estelares da nebulosa.

Escondida da visão em comprimento de ondas ópticas do Hubble, as estrelas massivas trazem efeitos profundos em toda a nebulosa, esculpindo e transformando o gás original e as estruturas de poeira com seus ventos energéticos e radiação.

Na verdade as estrelas massivas possuem uma vida curta, e os astrônomos encontraram nessa imagem informações que apontam para uma evidente remanescente de uma explosão de supernova ocorrida cerca de 6 mil anos atrás.

Se isso for mesmo verdade, as ondas de choque em expansão destruiriam as estruturas visíveis, incluindo os famosos pilares. Mas como a Nebulosa da Águia está a aproximadamente 6,5 mil anos-luz de distância da Terra, a destruição só seria notada daqui a centenas de anos. [NASA]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

21 comentários

  • SOULROCKROCHA:

    No meu humilde pensar, o fato das fotos serem coloridas digitalmente (artificialmente [?]), deva-se ao fato das sondas fotografarem em P&B por questões tecnicas. Mas isso, de forma alguma significa que o universo “preto e branco”. As cores estão lá, nós com nossa “avançadissima” tecnologia (e pouca imaginação) é que não podemos registrar com exatidão, as cores do UNIVERSO/ENERGIA !!!

    Ou será que alguem aqui acredita que o UNIVERSO não tenha CORES ?!?!?!?!?!?!

    • aguiarubra:

      Muito bom, SOULROCKROCHA!!!

  • Campos:

    Esta nebulosa tanto pode ser resto de explosão de estrela, quanto aglomeração de gases e poeira cósmica para gerar estrelas.

  • Jonatas:

    Essas grandes nuvens espaciais são de fato exuberantes. E saber que muitos mundos se formam e vagam por ali sem que possamos detectá-los, por que a maior parte dos embriões não chegam a ascender como estrelas, por isso o número de planetas e anãs-marrons (estrelas que não ascendem de verdade), deve ser muito grande.

  • nght:

    quem mais viu a imagem de um cavalo?

    (e porque diabos quase todas as nebulosas se parecem com bichos?)

    • Gilberto M.:

      É por que o cérebro humano tende a encontrar padrões familiares nas mais bizarras formas. Aliás seu cérebro deve ser melhor nesse quesito do que o meu, pois não vi cavalo nenhum!

    • Bovidino:

      Realmente. Tem gente que vê a imagem de Jesus ou de Nossa Senhora em vários lugares. Até São Jorge e o dragão na Lua.

    • nght:

      eu vejo um de lado, corpo inteiro, a cabeça no lado esquerdo, tem até as 4 patas…

    • Gilberto M.:

      Nght, depois de tanto olhar pra a imagem, também delineie um cavalo. Vc tem razão mesmo!

    • Gilberto M.:

      Eu vi! Eu vi! Vi a Virgem Maria embalando o menino Jesus! Meu Deus! É um milagre!

    • nght:

      acho que agora o seu cérebro vê mais dessas imagens do que o meu…

  • Flor de Lis:

    Imagem espetacular!

  • Chico Zé:

    esta nubelosa é d + com as várias e lindas tonalidades

    • Juliano:

      Mas as cores dela não são de fato assim. O próprio texto diz: “Essa imagem, colorida digitalmente”…

    • aguiarubra:

      Linda…mas nebulosa.

      Quem sabe se para uma mariposa espacial essa nebulosa é exatamente isso ai que podemos ver?

      Aqui no planeta Terra, se olharmos prô chão, veremos “terra”: para um agricultor, há “cores” nessa terra que a tornam interessante para plantar.

      Daqui do planeta Terra, se olharmos em direção da nebulosa da Águia, veremos o quê? “terra” também?

      Para um astrônomo, será algo assim, belo! É artificial? Não importa, pois…é “fértil”, para outros, em informações.

      Prá mim: “…Nebulosa…mas linda!!!…”

    • Bovidino:

      Não é mais nebulosa da águia. É nebulosa do CAVALO.

    • Emerson Brito:

      kkkkkkkkkkkk

      Mas, sem querer tirar onda com ninguém, dá para visualizar o contorno de um cavalo, como o amigo aí de cima mencionou…

      Use um pouco a imaginação e veja. Eu vi.

    • aguiarubra:

      Estraga a MINHA nebulosa, não!!! Eu me chamo ÁGUIArubra e a Nebulosa DA ÁGUIA é minha, viu?

      Que vê um Cavalo, que cavalgue nessa formosura: eu prefiro “voar” nela…rsrsrsrsrs…

    • Bovidino:

      O que preferes? Um cavalo alado ou uma águia de 4 patas. Quantas gerações são necessárias para uma águia se transformar em cavalo e criar asas? Garanto que nem Darwin sabe.

    • aguiarubra:

      Águia de 4 patas???

      Águia de 4 patas é um HIPOGRIFO!!!

      Só ouvi falar do “Bicuço”, que o guarda-caça Hagrid cuidava em Hogwarts!!!

      Animal magnífico, esse. Mas prefiro NEBULOSA DA ÁGUIA: há um inequívoco bico de águia no canto superior direito! Em azul, inequívocas asas!

      É uma ÁGUIA, em rubras chamas. Se observar melhor, há outra águia surgindo ao fundo!!!

  • aguiarubra:

    Nebulosa…mas linda!!!

Deixe seu comentário!