Fukushima pode ter liberado duas vezes mais radiação do que se pensava

Por , em 31.10.2011

É isso mesmo: Fukushima pode ter liberado o dobro de radiação do que as autoridades japonesas estimavam. Isso significa muito césio-137 no ambiente; mas para onde é que ele está indo?

Aparentemente, para o mar. Um recente estudo realizado pelo Instituto Norueguês de Pesquisa do Ar mostrou que a quantidade de material radioativo liberada é de 36 mil terabecquerels, ao contrário dos 15 mil terabecquerels estipulados pelo governo japonês. O estudo indica que os dados do governo se referem ao que foi captado por sensores terrestres, mas não incluem o material radioativo presente na água.

Apenas 20% da radiação emitida deve estar realmente na terra, sendo que a maior parte pode ter sido liberada para o Pacífico e 2% atingido outros países. No entanto, enquanto 36 mil terabecquerels é uma quantidade maciça de radiação, ainda é bem menos do que Chernobyl lançou em seu colapso. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Dinarte Junior:

    O Japao tem um passado cheio de noticias oficiais descompromissadas com a realidade. So que nesta area de irradiacao nuclear, esse erro nao pode ser cometido, sob pena de altissimos riscos para a vida de sua populacao.

  • FB:

    Este é um dos exemplos em que a verdade é sempre omitida ou ofuscada.

Deixe seu comentário!