Mulher ‘biônica’ recupera visão após 30 anos

Por , em 10.06.2009

bisão bionica

Kathy Blake sofreu uma doença genética incurável que causa a destruição das células da retina, causando cegueira parcial ou total. Quinze anos depois de tido a doença diagnosticada, Kathy ficou completamente cega. Há dois anos, uma pesquisa do Instituto Doheny da Visão, em Los Angeles, Estados Unidos, voltou a dar esperança para que ela pudesse voltar a enxergar.

O Instituto estava trabalhando no desenvolvimento de uma retina artificial, e Katchy era uma candidata perfeita para o estudo, de acordo com Mark Humayun, médico que participa do trabalho. “Um bom candidato é uma pessoa que seja cega devido a problemas da retina, que ainda tenha o resto do sistema do olho intacto”, diz.

O aparelho desenvolvido usa uma câmera localizada no centro de óculos para mandar sinais até um chip instalado atrás da retina e estimular os nervos que ficam na região da visão do cérebro. Kathy é uma de vinte pacientes que vêm testando o aparelho. Desde que fez a cirurgia de implante do chip, há dois anos, ela faz testes semanais para monitorar a melhora de sua visão. Nos testes realizados com painéis listrados, ela ainda não enxerga objetos, e sim formas: “Eu vejo luzes que indicam um contraste do claro para o escuro, que estão começando a fazer mais sentido para mim”.

Humayun afirma que pessoas cegas há muito tempo têm que passar por um período de aprendizado, ensinando novamente o cérebro a ver, evoluindo: “Seria como ver um bebê engatinhando, uma criança andando e um adulto correndo”, diz. Embora ainda não tenha voltado completamente a ter sua visão, Kathy diz que já consegue perceber quando objetos se aproximam, mesmo sem conseguir identificar o que são.

Recentemente, ela diz ter visto algo que não via há muito tempo: a lua. “Tinha saído com meu marido, e quando olhei para o céu, vi uma luz, bem onde a lua estava”, e completa: “Foi incrível, não consigo nem lembrar quando foi a última vez que eu pude fazer algo do tipo”. O chip que auxilia a visão ainda tem uma resolução baixa, de 60 pixels, mas Humayun afirma que essa resolução pode aumentar em até mil vezes no próximo ano, melhorando cada vez mais a visão das pessoas com problemas na retina. [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Clau:

    Olá Squish, Izaías tá certo, células-tronco embrionárias devolvem visão a pacientes cegos… olha lá!!!!! ta na matéria!!!

  • squish:

    Celula tronco onde, Izaias? Tem nada disso na matéria nao…

    No mais, a notícia é ótima, mas gostaria de ver como ficou o rosto da mulher depois da cirurgia, pois os óculos nao mostram muita coisa. Se for desfigurante como aquela cirurgia feita com dente enfiado no olho, então não sei se é tão bom assim….

  • Izaias M.Quintana:

    Parabéns,as notícias sobre célula tronco são de grande ajuda e esperança,tenho uma amiga cega que gostaria de voltar a ver,e serve também como fonte de pesquisa do curso técnico em química;eu faço técnico em biblioteconomia e passo as notícias ao pessoal.

Deixe seu comentário!