Mulher é a única no mundo com uma doença bizarra que faz crescer unha ao invés de pelo por todo o seu corpo

Por , em 13.11.2014

Imagine ser a única pessoa do mundo a sofrer de uma doença bizarra e debilitante. Esse é o fardo que Shanyna Isom, 32 anos, tem que carregar.

Desde 2009, ela tem sido vítima de uma misteriosa condição que faz com que unhas cresçam dos seus folículos pilosos por todo o corpo.

A doença é tão inconcebivelmente estranha que, mesmo após cinco anos, os médicos ainda não têm ideia do que está errado com ela.
Shanyna, quando ainda era estudante de direito na Universidade de Memphis, em Tennessee, EUA, sofreu um grave ataque de asma. Ela foi parar na emergência, onde recebeu uma grande dose de esteroides. Logo depois, desenvolveu uma reação alérgica aos esteroides, e sua pele começou a coçar incontrolavelmente.

Apesar de ter feito tratamento, a condição só piorou. “Não sabíamos o que era. Crostas negras estavam saindo de sua pele, que começou a ficar dura”, conta a mãe de Shanyna, Kathy Gary.

Conforme o estado de saúde de Shanyna decaiu, começou a afetar seus ossos e sua visão. Ela não podia andar sem a ajuda de uma bengala, e perdia de 4 a 6 quilos por semana.

Uma série de testes foram realizados, incluindo uma biópsia de medula óssea, mas todos foram inconclusivos. Seu médico em Memphis desistiu completamente de encontrar uma cura.

A família não quis chutar os baldes, entretanto. Depois de muita procura e insistência, Shanyna foi aceita para tratamento na Universidade Johns Hopkins, em Baltimore (EUA), em 2011.

doenca bizarra e misteriosa shanyna (2)

O começo de uma explicação

Os médicos de lá realizaram mais testes e finalmente descobriam que Shanyna estava produzindo 12 vezes o número de células da pele em cada folículo piloso. Em vez de crescer pelo, os folículos estavam na verdade produzindo unhas humanas.

Eles suspeitaram que isso poderia ser a causa de uma deficiência de vitamina, ou então por que sua pele não estava recebendo oxigênio suficiente.

O novo plano de tratamento na Universidade Johns Hopkins ajudou a melhorar a condição da mulher, mas não o suficiente para curá-la.

Através de um cuidado intensivo, os médicos conseguiram remover os tumores espinhosos dos folículos na sua cabeça, suas pernas não estão mais cobertas de crostas pretas, e seu rosto está melhor, embora pareça que ela tem uma queimadura solar muito ruim.

doenca bizarra e misteriosa shanyna (1)

Dificuldades intermináveis

Infelizmente, o tratamento é muito caro e Shanyna já acumulou uma dívida de US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,56 mi). Seu plano de saúde não cobre todas as suas despesas e sua mãe perdeu o emprego como recepcionista médica porque precisa cuidar de Shanyna em tempo integral.

“É quase como se fosse um pesadelo do qual não dá para acordar”, disse Shanyna. “Nós temos que depender dos familiares, amigos e diferentes apoiadores”.

Para ajudar a aliviar seu sofrimento, Shanyna criou a Fundação SAI (em homenagem a suas iniciais) para ajudar as pessoas que também possuem doenças misteriosas. A fundação aceita doações através de vários bancos. Muitos já contribuíram para a causa, mas o dinheiro some rápido em face de todos os tratamentos que ela tem que fazer.

Apesar de tudo, Shanyna e sua família continuam esperançosos por um futuro melhor. “Sabemos que Deus é um curandeiro e vai ajudá-la a superar isso”, disse a avó da paciente, Carrie Isom. [OddityCentral]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!