Nenhum bandido escapa: nanotecnologia obtém impressões digitais “impossíveis”

Por , em 8.06.2011

O trabalho da equipe de CSI pode se tornar bem mais fácil daqui para frente. Pesquisadores australianos anunciaram o desenvolvimento de uma revolucionária técnica para obter impressões digitais de locais hoje impossíveis.

O avanço no campo da ciência forense pode ajudar a resolver inúmeros casos de décadas atrás, já que com ele é possível identificar as impressões de praticamente qualquer superfície.

As técnicas tradicionais de recolha de impressões digitais são projetadas para detectar o suor das glândulas endócrinas na pele, o que é deixado em determinadas superfícies. No entanto, essas técnicas nem sempre são capazes de levantar uma impressão utilizável.

O método desenvolvido recentemente, por sua vez, emprega nanotecnologia para detectar vestígios de aminoácidos presentes no suor que ficam em superfícies muito tempo depois de o resto da impressão ter desaparecido.

A nova técnica é tão promissora que os pesquisadores acreditam que um dia os agentes policiais serão capazes de obter amostras mesmo que muito tempo depois do contato ter acontecido e a partir de qualquer superfície – até mesmo da pele humana.[Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

9 comentários

  • Junior:

    Apesar que se levar p Brasília a máquina queima…kkk

    • Cristiano R:

      kkkkk acho que eles roubam….. ou somem com ela…

  • Junior:

    Se resolve casos de décadas atrás, devia levar pra Brasília e investigar onde vai parar o dinheiro dos cofres públicos…

  • Junior:

    SE É IMPOSSÍVEL COMO ELES CONSEGUEM?

    • Eduardo Garcia:

      Agora já naum é tão impossivel assim…

  • cesar:

    Estamos chegando lá, pelo menos a implementação do estado Big Brother está acelerado. Já viram as novas identidades que vem por aí?

  • romualdo:

    Legal,apenas avise aos políticos corrúptos para deixarem a polícia investigar livremente;para mim não existe crime impossível e sim impedimento de investigação por parte do legislativo brasileiro;em tudo há influência política,qualquer tecnologia que se descubra não será suficiente enquanto a ditadura do legislativo for férrea para a polçia e lasses faire lasses passer para os órgãos de investigação ;até o nosso STF é influenciado pelas forças ocultas;a perícia papilosacópica é essencial para a investigação,todavia deve ser ela e toda a investigação livre-penso também que peritos papiloscópicos de agora em diante deveriam aprender sobre investigaçaõ de DNA e novas tecnologias;a nano,por enquanto,só noções.

  • renato_kami:

    só digo uma coisa Minority Report.

  • bigorno:

    Isso já acontece nas séries CSI e NCIS. 😉

Deixe seu comentário!