O cordão umbilical é cortado muito cedo

Por , em 24.05.2010

Já no primeiro minuto de nascimento o cordão umbilical que liga a mãe ao recém nascido é cortado. Mas, de acordo com uma nova pesquisa, deixar o cordão intacto por mais alguns minutos pode ser benéfico para o bebê.

Foi apenas no último século, com o avanço da medicina, que os médicos passaram a cortar o cordão mais cedo.

Segundo os pesquisadores, o obstetra/ginecologista deveria deixar o cordão umbilical por mais tempo para que o sangue que está nele possa ir para o corpo do bebê. Além disso, ele carrega nutrientes da placenta da mãe que podem ser úteis para a criança.

Também há células tronco que ficam no cordão umbilical e que podem ser transferidas para o organismo da criança.

O risco de doenças crônicas seria diminuído, principalmente em bebês prematuros ou que sofreram outros problemas de parto.

Então, se você é uma futura mamãe, converse com seu obstetra sobre a possibilidade dele deixar o cordão umbilical intacto por alguns minutos depois do nascimento. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Jor-el:

    uma informação muito útil, com certeza lembrarei isso quando eu me tornar papai, e para aqueles que eu conhecerem e que estiverem esperando por um filho, repassarei essa informação que é de grande valia!!!!!!!!

    muito obrigado amigos do Hypescience, sempre nos mantendo super informados.

    grande abraço!!

  • Ruben Zevallos Jr.:

    Hoje em dia o bebe nem tem tempo de saber o que aconteceu… o povo tira e já saem correndo para outra sala fazer exames… e numa sala super fria… fico imaginando o que ele deve pensar… morou meses em um local para lá de apertado, mas quentinho… então é jogado para fora sem aviso…. =)

    Realmente uma boa… antigamente os bebes ficavam mais tempo com o cordão… mas a mortalidade também era elevada…

  • Lucas:

    Com certeza gravarei isso para quando eu me tornar pai…

  • Felipe:

    Todos os obstretas deveriam saber disso !!

Deixe seu comentário!