O risco dos brinquedos sem selo INMETRO

Por , em 5.10.2008

O INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) cuida da fiscalização de muitos produtos de consumo e, dentre estes, brinquedos infantis. Brinquedos não homologados pelo INMETRO são perigosos para o seu filho. Também não é indicado dar para ele brinquedos que estão acima da faixa da sua idade.

Crianças pequenas adoram enfiar tudo na boca, isso faz parte das experiências que desenvolvem seu corpo e intelecto nas primeiras idades, por isso brinquedos com partes pequenas não são indicados para crianças menores do que três anos. Muitas vezes é difícil achar um brinquedo que não tenha a frase “Para crianças maiores de três anos”, mas essa simples recomendação é fundamental para a segurança dos pequeninos.

A Mattel, um dos maiores fabricantes de brinquedos do mundo e proprietária da marca Fisher-Price, uma das mais veneradas em termos de qualidade, sofreu enormes recall de brinquedos devido a vários escândalos de brinquedos que estavam colocando as crianças em risco de vida ou causando ferimentos pelo mundo todo. Foram mais de 29 brinquedos diferentes e mais de 19 milhões de unidades removidas do mercado e da mão de consumidores. A Gulliver também fez um grande recall de brinquedos no país neste ano. Outros produtos que passaram por ‘recall de brinquedo‘ incluíam um boneco do Batman e a Polly, uma boneca bastante conhecida.

Muitos importados são frágeis e de baixíssima qualidade que, ao desmontarem ou quebrarem, podem soltar partes pequenas ou pontiagudas que podem ser engolidas. Outros possuem pilhas minúsculas e ‘apetitosas’ que contém produtos químicos extremamente tóxicos que podem ser letais, mesmo nas menores doses. Alguns destes brinquedos vêm sem nenhuma proteção adequada para evitar que a criança remova a tampa e retire as pilhas.

Brinquedos não homologados pelo INMETRO, isto é, que não tem o selo INMETRO, não tem autorização para serem comercializados e você não deve comprá-los para suas crianças. Verifique sempre a existência do selo e ainda observe se o produto parece ter qualidade antes de colocá-lo nas mãos de seu filho. Muitos produtos podem apresentar selo INMETRO falsificado e se você ficar desconfiado ligue para 0800 285-1818 com o produto em mãos.

A regra é: verifique o selo e se mesmo assim ficar desconfiado, mesmo que só um pouquinho, não dê o brinquedo para seu filho, não vale à pena correr este risco.

O programa Fantástico, da Rede Globo, do dia 5/10 fala sobre este assunto. [Com informações do Fatiou Passou]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • Mário Medeiros:

    Desculpem! Mas diante de tantos recalls cheguei a conclusão de que o IMMETRO está mais para um vendedor de selo de conformidade do que para um orgão de fiscalização permanente de produtos!

  • Lucas:

    Acho que o inmetro tem que fiscalizar, mas a responsabilidade pela saúde dos onssos filhos é em primeiro lugar nossa!

Deixe seu comentário!