Orkut: adolescentes mandam mais recados do que e-mails

Por , em 8.08.2010

Um novo estudo sobre como pessoas gastam seu tempo online mostra que houve mudanças drásticas nos últimos 12 meses. Como as pessoas passam mais tempo em sites de redes sociais como o Facebook e o Orkut, o tempo gasto com e-mails caiu 28% e com mensagens instantâneas caiu 15%.

Orkut ganha de e-mails

Esta notícia faz com que executivos da indústria especulem como essa tendência pode afetar a forma como os adolescentes que cresceram usando mensagens de texto e sites de redes sociais irão se comunicar uns com os outros no futuro.

A chefe de operações do Facebook disse que o e-mail provavelmente desaparecerá. Embora essa alegação tenha sido polêmica no meio online, existem evidências de que alguns consumidores estão encontrando maneiras alternativas para manter contato com seus amigos.

Segundo outro especialista, mesmo que os hábitos de comunicação mudem, todas as ferramentas têm seu uso apropriado e são opções de escolha. Mas ele diz que, de fato, estamos vendo uma grande mudança na comunicação através do Facebook com menos uso de e-mail.

De acordo com uma pesquisa recente, os adolescentes de hoje não consideram o e-mail ideal para a comunicação do dia-a-dia com os seus pares. E não é nenhum segredo que eles gostam de mandar mensagem.

Na verdade, metade envia 50 ou mais mensagens de texto por dia – ou 1,5 mil textos por mês – e um em cada três envia mais de 100 textos por dia, ou mais de 3.000 textos em um mês, segundo o estudo. Como essas mensagens rápidas e casuais dominam a forma como eles se comunicam, o e-mail tomou um assento traseiro – os adolescentes citam a plataforma como uma formal e “crescida” maneira de estar em contato com adultos.

Apenas 11% dos adolescentes usam e-mail para se comunicar com os amigos todos os dias, de acordo com o relatório. Os pesquisadores pensam que é porque o e-mail não suporta contato em tempo real e flexível, como outros meios. Já os celulares, os adolescentes carregam com eles em qualquer lugar.

Um professor de comunicação acredita que uma vez que os adolescentes vão para a faculdade e comecem uma rede de contatos e a procura de emprego, o e-mail se tornará uma forma mais importante de se comunicar.

Muitos adolescentes consideram o e-mail uma maneira mais adulta de comunicação. Eles não estão no estágio de suas vidas quando o e-mail serve a um propósito real de se manterem em contato com as pessoas.

Já a mensagem, continuará a desempenhar um grande papel em suas vidas até metade de seus 20 anos, quando eles começam a se estabelecer, e iniciar novas famílias por conta própria. Segundo os pesquisadores, eles então passam a confiar menos nos seus pares para um fluxo constante de comunicação através de textos.

Os adolescentes estão negligenciando o telefone fixo, também. Mandar mensagem ou usar o Facebook através de dispositivos móveis permite que os adolescentes permaneçam em contato com seus amigos a qualquer hora e em qualquer lugar. Telefones fixos limitam os adolescentes a um determinado espaço, e isso é inconveniente para eles.

Adolescentes também desfrutam de manipular linguagem e abreviar as palavras por meio de textos e mensagens no celular e no Facebook. Esta é uma maneira de eles se expressarem e serem criativos. Segundo os investigadores, desde que eles acreditam que o e-mail é uma plataforma mais formal, ela não satisfaz suas necessidades no momento. No entanto, isso pode mudar à medida que envelhecem. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!