Professor americano corta a barba que deixou crescer por 10 anos

Por , em 3.05.2011

Se você achava que já tinha lido tudo o que podia sobre a morte de Bin Laden ou sobre fatos relacionados a ela, espere um momento: um professor de ciências de Washington, EUA, finalmente pode raspar a barba que prometeu deixar crescer até o dia em que o terrorista fosse capiturado. Garry Weddle, de 50 anos, finalmente pode acabar com as férias de sua gilete.

Há quase 10 anos, Gary assistia perplexo as transmissões televisivas sobre os ataques de 11 de setembro. “Quando as Torres Gêmeas caíram, eu fiquei horrorizado durante dias”. Ele percebeu que durante os dias em que passou grudado no sofá assistindo tudo o que podia sobre os atentados, não havia tomado banho, nem feito a barba, então, ele fez a promessa de que não apararia os pelos faciais até Osama Bin Laden ser capturado ou morto. Mas, claro, ele voltou a tomar banho logo em seguida.

Quando o presidente dos EUA anunciou que o líder da Al Qaeda fora assassinado por tropas americanas, Gary disse ter chorado por cerca de cinco minutos e não via a hora de fazer a barba. No momento em que Obama disse que “poderia reportar ao povo americano e ao mundo que os EUA haviam conduzido uma operação que matou Osama Bin Landen”, o professor já tinha cortado a maior parte de sua barba e já estava passando a gilete.

Gary e sua esposa queriam que ele tivesse feito isso antes, mas a promessa foi cumprida. Agora ele está livre dos pelos para poder comemorar com outros tantos de seu país. [OddityCentral]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

15 comentários

  • Mario:

    ESSE SUJEITO PARECE COM O arnold schwarzenegger.

  • MM:

    Bom, os americanos nao sao conhecidos mundialmente pela qualidade educacional do povao

  • pri:

    desse jeito o professor poderia ser preso como terrorista!

  • marcos:

    o demonio e feio de qq geito, pq inves de cortar essa sujeira nao pos fogo…

  • Glauco:

    eu falei q eu dava ibope às vezes…

  • die glauco, die:

    glauco, para de falar bobagem, hype é site sério

  • Juliano:

    O que foi “capiturado” foi o português da autora do post!!!

    Falando nele, imaginem se Bin Laden reaparece, desmentindo o boato americano. O que o professor vai fazer? Colar a barba na cara de novo??? ¬¬’

  • Jairo:

    Só porque mataram o Obama Zin Laden ele tirou a barbicha. Mataram o idolo dele.

  • Fabio Souza:

    Pobre imbecil alienado, mal sabe que é apenas mais um da gigantesca massa de manobra global controlado pela mídia suja.

    11 de setembro é uma dos casos mais mal contados de história humana.

    • Jairo:

      É verdade, as torres não caíram. Os governo americano usou nelas uma camuflagem de tecnologia extraterestre só para poder matar o Obama Zin Laden, MAS ele também não morreu e agora se encontra junto com o Elvis Presley numa mansão no fundo do Lago Ness e devidamente vigiada pelo monstro que vive lá,que na realidade não é monstro, mas um submarino alemão com tecnologia reptiliana e movido a energia vril. Tem também a fraude do mapeamento do genoma humano, coincidentemente financiada pelo governo USA.Na realidade havia uns ets Grays lá no projeto controlando tudo, porque por causa do acendimento do planeta Júpiter teremos dois Sois e o nosso DNA precisa ser alterado coma ajuda dos Ets. Mas tem também…bem deixa para lá, essa ainda não foi liberada e preciso aguardar autorização do comandante da frota interestelar que se dirige para a Terra para ajudar na transferência da humanidade para Marte por causa do planeta X que vai colidir com a Terra em 2013, UM DIA depois do fim.

    • Glauco:

      Jairo,
      Não viaja. O Fábio quis dizer que o atentado foi de falsa bandeira, ou seja, foi derrubado pelos próprios americanos para justificar as invasões no Oriente Médio.

    • Mr.C:

      se ta certo Glauco

    • Jairo:

      Foi sarcasmo justamente por isso. Os americanos estavam loucos para ir para lá despejar quase 2 trilhões de dólares no lixo né? São muito espertos eles né?

    • Glauco:

      Muuuuito espertos. O povo mais esperto do Universo conhecido.

    • Pedro:

      Meu caro Jairo,
      o “indiscutível facto” de que foram os próprios EUA que mataram milhares dos seus próprios cidadãos por meio de 1 atentado k lhes custou quase 2 trilhões é tão estúpido que quem acredita nisso é paranoico ou muito burro.

      Sarcasmo é 1 ótima arma.
      Exceto para quem não percebe…

      De qualquer maneira, tens jeito para a sátira e para expor o ridículo!

Deixe seu comentário!