Rocha viva: conheça a bizarra criatura que parece uma pedra e é considerada iguaria no Chile

Por , em 16.07.2013

Parece uma “rocha viva”, mas é apenas uma criatura bizarra e hermafrodita que vive na costa do Chile e do Peru.

Esse animal marinho se combina de forma natural com as rochas em que vive. Se você acidentalmente pisar sobre uma pedra dessas, ela vai estourar e expor uma massa vermelho-sangue dos bizarros indivíduos considerados uma iguaria em países da América Central.

A criatura é chamada de Pyura chilensis, e é conhecida como “piure” em espanhol. Pertence a uma classe de bichos marinhos nomeados ascídias (que compreende mais de 3.000 espécies).

Essa classe é a mais diversa do subfilo Tunicata. O termo vem do fato de que a criatura é coberta de uma camada – ou “túnica” – de celulose animal, chamada tunicina.

Vida e reprodução

Dentro da rocha viva, fica uma massa de órgãos rodeados por uma camada de pele e músculo.

article-2364141-1AD393CC000005DC-923_634x366

Esses animais são alimentadores por filtro: aspiram a água do mar, removem e se alimentam de algas e microrganismos nessa água, e expirando o líquido filtrado de volta para o mar.

A característica mais interessante da criatura, no entanto, é a sua habilidade de reprodução.

O piure nasce macho e, quando atinge a puberdade, também cresce órgãos femininos, tornando a ascídia um hermafrodita. Na hora do acasalamento, o piure liberta os ovos a partir dos seus órgãos femininos, ao mesmo tempo que liberta esperma de suas gônadas masculinas na água do mar.

Se os óvulos e espermatozoides colidem, eles formam uma “nuvem fértil”, que irá produzir filhotes estilo “girinos”. Estes girinos do sexo masculino, então, procuram uma casa – uma rocha nas proximidades – e ficam lá até se tornarem adultos.

article-2364141-1AD3B023000005DC-882_634x368

Porém, o piure só acasala assim quando está sozinho. Se há outros membros da espécie próximos, a criatura prefere cruzar, para aumentar as chances de sucesso.

article-2364141-1AD393BE000005DC-947_634x286

Apesar da sua cor vermelha, o sangue do piure é claro. Além disso, contém um nível elevado de vanádio – um metal cinzento prateado que ocorre naturalmente em mais de 60 diferentes minerais em todo o mundo. Os pesquisadores não tem certeza sobre qual é a função deste elemento nas criaturas, mas, em terra, o vanádio é utilizado para a fabricação de ligas de aço.

Iguaria

A concentração de vanádio produzida pelo piure é de cerca de 10 milhões de vezes a quantidade encontrada na água do mar ao redor. Por causa de seu alto nível de vanádio, e da toxicidade do elemento, há preocupações sobre comer a criatura.

Ainda assim, o animal é uma das principais fontes de alimento para espécies aquáticas, e também é pescado comercialmente e servido em restaurantes chilenos.

article-2364141-1AD3B027000005DC-115_634x423

A rocha viva tem que ser cortada com uma faca afiada ou serrote, para em seguida as criaturas serem puxadas de sua “túnica”.

A carne do animal pode ser enlatada ou vendida em tiras, bem como pode ser consumida crua ou cozida. Também é exportada para o Japão e para a Suécia. [DailyMail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

11 comentários

  • Jose Ribeiro:

    Independente Com O QUE Se Pareça, Não Deixa De Ser Um Ser Vivo, Mais Uma Obra da Natureza. e a Curiosidade deles se torna meio que cruel.

  • Tatiana Lima Marques:

    Ser humano é uma peste! Este animal, tem uma função fundamental para os oceanos. O homem esta se suicidando aos poucos e o pior que sem perceber ou fingem não perceberem.

  • Laura Zerra:

    Humanos nojentos. Morram raça miserável!

  • Cleodon Alves:

    Tem gente que prefere comer salsicha…

  • Raphael Freire:

    Que dó o bicho sendo cortado e seus órgãos tirados vivo…

    • Raphael Freire:

      Nossa esquece, confundi a rocha com o animal… kkkkk

  • Hugo Souza:

    Prevejo uma nova espécie em extinção 🙁

  • Giu Motooka:

    Na boa… Isso é uma das coisas mais nojentas que eu já vi na vida. Parece um tumor na pedra. Quem tem coragem de comer isso… ierc

  • Rogerio79:

    Bizarra mesmo é a criatura que come isso.

  • Rodrigo Almeida:

    QUE NOJOOO

  • Gabriel Cruz:

    Parece carrapato gigante e laranja *–*

Deixe seu comentário!