Sexo de insetos pode prever o clima

Por , em 14.10.2013
Vaquinha verde-amarela

Vaquinha verde-amarela

Será que vai chover? Observe os insetos para descobrir. Uma equipe de pesquisadores brasileiros e canadenses descobriu que eles deixam de acasalar quando percebem que vai chover.

Em experimentos feitos em laboratório, coordenados por José Bento, da Universidade de São Paulo (USP), pesquisadores confirmaram que a vaquinha verde-amarela (Diabrotica speciosa), as mariposas noturnas (Pseudaletia unipuncta) e os pulgões da batata (Macrosiphum euphorbiae) modificam seus hábitos sexuais quando a pressão atmosférica varia.

Eles controlaram a luz, temperatura e umidade durante o experimento para que essas condições se mantivessem constantes. A única variação foi a pressão. Quando os insetos sentiam que poderia chover, graças a diminuição da pressão, os machos foram mais resistentes em acasalar com as fêmeas, enquanto as fêmeas reduziram a secreção de feromônios para atrair os machos.

Quando a pressão atmosférica aumentava bruscamente, indicando ventos fortes, as espécies apresentavam comportamentos similares. Do ponto de vista evolutivo, isso faz muito sentido, já que em situações de chuvas e ventos fortes a possibilidade de insetos morrerem é alta. Nessas situações, mais vale se proteger do que sair em busca de um parceiro.

José Bento acredita que os insetos estudados utilizam minúsculos receptores similares a fios, situados nos cutículos, para notar as mudanças na pressão. Como as espécies analisadas mostraram a mesma percepção do ambiente mesmo sendo completamente diferentes, a equipe de pesquisa acredita que muitos outros insetos também consigam prever o tempo. [Nature/NDIG]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

  • Gervásio Barros de Mello:

    Já os mosquitos, muriçocas, carapanãs, etc. nos atacam demais quando está para chover. Experiência vivida quando morava em aldeias rurais.

Deixe seu comentário!