Teoria dos seis graus de separação? 3.74 graus, no Facebook

Por , em 24.11.2011

Um estudo mostra que entre cada usuário do Facebook, a média de separação é de 3.74 graus. O número representa quantas pessoas existem em uma cadeia de amizade, excluindo o último e o primeiro.

Em outras palavras, como afirmam os autores do estudo: “Considerando outras pessoas no mundo, um amigo do seu amigo conhece um amigo deles”.

O estudo foi feito em maio, e envolveu todos os membros ativos da rede social. O Facebook define um usuário ativo se ele logou pelo menos uma vez nos últimos 28 dias.

Alguns jornalistas enganaram-se afirmando que havia 4.74 graus de separação no Facebook. A confusão foi entre o número de graus com a distância – ou pulos – entre cada pessoa de uma rede de amigos.

O experimento é o maior teste de uma ideia proposta pelo autor hungaro Frigyes Karinthy, em 1929. Ele sugeriu que havia 6 graus de separação entre qualquer dupla no mundo.

A teoria ficou famosa por causa de uma peça, um filme e mais tarde um jogo onde as pessoas tentavam ligar o ator Kevin Bacon a outras estrelas de Hollywood em seis passos.

Testar a validade da hipótese no mundo real tornou-se um desafio. Uma tentativa anterior, do psicólogo Stanley Milgram, nos anos 60, envolveu uma carta. Pediram aos voluntários que ela chegasse a uma pessoa específica, mas só podiam fazer isso passando por outras pessoas que já se conheciam.

O problema foi que o estudo envolveu apenas poucas centenas de pessoas, e não havia modo de saber se as cartas tomaram o caminho mais direto possível.

O estudioso do Facebook, Lars Backstrom, pode trabalhar com um espectro muito maior de dados.

A rede social tinha 721 milhões de membros na época do experimento – aproximadamente 10% da população mundial – com um total de 69 bilhões de amizades entre si.

Apesar da quantidade enorme de dados, Backstrom e quatro pesquisadores da Universidade de Milão conseguiram analisar tudo usando um computador 24-core, com um disco rígido de um terabyte.

Páginas de celebridades do Facebook foram excluídas da amostragem, e o teste aconteceu antes da criação das “Assinaturas”, uma ferramenta que liga usuários por interesse, mesmo que não sejam conhecidos.

O Facebook limita os usuários a cinco mil amigos, mas a média é muito menor: 100 contatos, ou 0,000014% do número total.

Apesar do número relativamente pequeno, os resultados revelam que 99,6% dos pares de usuários estavam conectados por 5 graus de separação, e 92% por 4.

A média de separação entre qualquer dupla de membros foi de 3.74 graus.

Isso foi menor do que a média de 4.28 graus registrada pelo Facebook em 2008, quando a rede era menor.

Entretanto, os pesquisadores dizem que a distância média “parece agora estar se estabilizando”, sugerindo que mesmo que as outras nove partes do mundo venham para o Facebook, o nosso grau de separação não vai diminuir muito.[BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Leandro Rodrigues e Silva:

    Só que esse teste não pdoe ser diretamente comparado com a teoria. A teoria sugere que haveria “6 graus de separação entre qualquer dupla no mundo”. E o teste não foi feito com todo tipo de pessoa do mundo.

    De fato, é de se esperar que os resultados fossem mais otimistas (menos pulos), pois todas as pessoas que têm acesso à internet, e ainda, dentro dessa amostra, que têm interesse e conhecimento para participarem de redes sociais, Já fazem parte de um grupo de seres humanos muito específicos que, pela convergência de interesses, tendem a se conhecer.

    Logo, em um grupo fechado, de internautas, e que não representa o padrão da população mundial, apesar da constante mudança que levará à essa realidade um dia, a hipótese dessa teoria obviamente é validada. Quero ver no mundo real, como um todo, qual a minha relação com um indivíduo da Somália que vive em estado de miséria e nem se quer sabe o que é um computador!

  • Dúvida…:

    Gente, não entendi essa parte de percentual:
    “Apesar do número relativamente pequeno, os resultados revelam que 99,6% dos pares de usuários estavam conectados por 5 graus de separação, e 92% por 4.”
    Se o total é de 100%, como pode ser 99,6% de 5 graus e 92% de 4?

    • Durval Agnelo:

      100% é o total, desses 100%, 99,6% estão conectados por grau 5, mas se você analisar a porcentagem daqueles 100% que estão conectados por grau 4, seriam 92%. Não é uma soma, são interseções de conjuntos.

    • Simon Viegas:

      Simples: as referências não são mutualmente exclusivas…

      São como se fossem duas “perguntas”. Ex.:

      Utilizando até 4 graus de separação, quantas pessoas estão conectadas entre si? Resposta 92%. (8% precisam de pelo menos mais 1 grau ou simplesmente não se conectam*)

      E utilizando 5? Resposta 99,6%.

      * Mas como visto, supostamente NINGUÉM escapa do 6 grau!!!

      Perceba que todos que estão numa categoria maior, está obrigatoriamente em todas as menores. Se está na categoria de “5”, também está na de “4”, “3”, “2” e “1”.

      OUTRO EXEMPLO:
      – Quantos meses no ano tem 30 dias?
      Muitas pessoas responderiam 4, mas na verdade a resposta correta é 11. Pois só fevereiro que não tem!!! 🙂

      Para saber mais, pesquise sobre “Teoria dos Conjuntos”.

      PS: Mesmo se por coincidência desse, por exemplo, 70% e 30%, continuaria sem ter nenhuma relação, seria simplesmente de fato uma grande coincidência mesmo.

      Abraços

  • Diogo Vieira:

    Bem interessante.

Deixe seu comentário!