Um vírus que ajuda a recarregar seu celular

Por , em 21.06.2012

Quando se fala em energia limpa, a maioria das pessoas pensa em geradores movidos a vento ou luz. Um grupo de cientistas dos Estados Unidos, porém, saiu do senso comum e montou um gerador alimentado por… vírus!

Para criar essa fonte inusitada, eles modificaram geneticamente amostras do vírus M13 (inofensivo para humanos e muito usado em experimentos) para aumentar sua propriedade piezoelétrica. Nunca ouviu falar? É a capacidade de gerar eletricidade a partir de um estímulo mecânico (pressão ou impacto) – como num isqueiro, em que você consegue produzir faíscas apertando o botão.

Em seguida, eles criaram uma película do tamanho de um selo e a colocaram entre dois eletrodos banhados de ouro. Quando pressionado, o dispositivo gera uma corrente capaz de alimentar uma pequena tela de LCD – cerca de 1/4 da tensão de uma pilha AAA.

De acordo com um dos líderes do projeto, Seung-Wuk Lee, micro geradores como esse poderão, no futuro, ser usados para alimentar celulares e outros aparelhos eletrônicos pequenos. Além disso, os vírus não geram resíduos tóxicos na fabricação ou no uso dos dispositivos, ao contrário do que ocorre com outros materiais piezoelétricos.

Embora a pesquisa tenha mostrado que usar vírus para gerar energia é viável, vale lembrar que é apenas o começo. Se tudo der certo, diz o pesquisador, a tecnologia deve estar disponível daqui a cinco ou dez anos.[NYTimes]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • mkbraga:

    Eu já acendi um display LCD destes aproximando seus contatos com uma TV de tubo (CRT).

  • Marcelo Carvalho:

    Só corrige o termo “voltagem”, o correto seria tensão.

    • elisa:

      Corretíssimo.
      Muitos chamam corrente de amperagem, tensão de voltagem e potência de watagem. Absurdo!

Deixe seu comentário!