Vício online: casal chinês vende filhos para continuar jogando

Por , em 27.07.2011

Um jovem casal de Dongguan, na China, vendeu todos os seus três filhos para ter o dinheiro necessário para continuar a jogar jogos online em cibercafés.

De acordo com um jornal chinês, Li Lin e Li Juan, ambos menores de 21 anos, se conheceram em 2007, em um cibercafé. Foi sua obsessão por jogos online que alimentou o relacionamento e, um ano depois, os dois comemoraram a chegada do seu primeiro bebê.

Na verdade, “comemoraram” é um pouco de exagero, considerando que poucos dias depois eles levaram o bebê para a casa, o largaram num quarto e foram jogar em um cibercafé a 30 quilômetros de distância.

Em 2009, o casal irresponsável teve um outro filho, uma menina, que decidiram vender a fim de financiar suas obsessões por jogos online. Conseguiram cerca de 767 reais por ela, que foram gastos em questão de dias. Tendo acabado o dinheiro, eles decidiram vender seu primeiro filho, mas deram mais valor a ele: conseguiram cerca de 7.063 reais.

Provavelmente foi aí que o casal decidiu que ter filhos poderia ser muito rentável e tiveram sua terceira criança, um menino que deu a eles mais 7.063 reais. O casal continuaria assim por muitos anos se a mãe do rapaz não tivesse alertado as autoridades.

Aparentemente, os dois nem sabiam que o que estavam fazendo era ilegal, e quando perguntado se eles perderam seus três filhos, eles surpreendentemente responderam “Não queremos criá-los, só queríamos vendê-los por algum dinheiro”. É sacanagem, não?[OddityCentral]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

32 comentários

  • Master King:

    Q noobice, quando venderam o primeiro filho em vez de gastar em cibercafé comprava logo um computador e com a venda do terceiro outro computador

  • Lúcia de Oliveira Pereira:

    Depois de assistir a um video em que uma menina chinesa é atropelada e ignorada por várias pessoas, nada mais me surpeende nessa raça “humana”.
    No Brasil, também temos várias falhas, mas, eu duvido que um brasileiro passaria por cima de uma criança atropelada.

  • Exordium…:

    São viciados mas com delay mental,pois se comprassem um pc logo d cara cortariam gastos com a lan,assim apenas ela fazendo vida e ele vendendo os próprios orgãos,já cobririam os gastos com a net..¬¬
    Todo vício q tira a pessoa,praticamente,da realidade tem suas consequências reais.

  • Aline.:

    Pq iremos reclamar da China???Se aqui no Brasil viciados trocam a mãe por pedra de Crack….
    sem mais.

  • Raton:

    Não acredito que eram tão viciados assim, pois paravam de jogar para “fazerem” os bebes; ou será que eram feitos jogando mesmo?

  • Anonima felizinha:

    TOTALMENTE RETARDADOS

  • Cesar:

    Na China, meninas valem bem menos que meninos. Muitos casais escolhem abortar seu primeiro filho se for uma menina. A maioria das crianças abandonadas é menina. A consequência disso é que há mais homens que mulheres na China, e os jovens e celebrados mancebos estão tendo cada vez mais dificuldade para encontrar uma noiva.

    E não foi por acaso que primeiro venderam a menina. E o preço que eles receberam provavelmente é o “preço de mercado”: dez vezes mais por um menino que por uma menina.

    Assim é a China.

  • Maria Emilia:

    não digo uma bomba no planalto, pq tds sofreríamos, e o país é lindo e maravilhoso, o que não presta e estraga ele são os politicos, estes sim, algum cientista bem que poderia criar um super vírus inteligente que atingisse sómente politico e matar tds.

  • Pedro:

    Me expanta q esses viciados saiam algum instante do jogo para “fazer” os filhos XD

    • Nick:

      Para o desavisado, “expanta” é com S ou seja:”espanta”.E eles devem “fazer” os filhos p/ ganhar dinheiro e constinuar jogando, consequentemente isso gera uma razão p/ que isso ocorra.

  • Andy:

    É óbvio que essas pessoas não teriam condições de educar adequadamente os filhos, por isso deveriam ser parabenizados por vende-los a pessoas que possam dar uma educação melhor. Não entendo essa revolta toda com os coitados dos pais…

    • Cesar:

      A questão é que quem compra uma criança pode estar apenas querendo os orgaos da mesma. Existe muita coisa rentável em um corpo humano, ainda mais um bebe que não tem nenhuma toxina e orgãos totalmente saudáveis.

      Pense sobre.

    • Maria:

      Ainda assim, se fosse pela questão da “pureza” do órgão, um órgão de bebê jamais serviria em um adulto, apenas em outra criança. Pois isso não tem relação com a suposta impureza de um órgão adulto, e sim com o tamanho e a capacidade de trabalho deste órgão.
      Além do mais, se os pais simplesmente largam a criança pra ficar jogando, duvido que ela seja tão saudável assim.

    • Andy:

      Mas isso já é outra história. Temos de analisar as probabilidades. Temos duas opções, ou o casal fica com os filhos ou tenta vender para alguem que lhes parece de confiança.

      1ºOpção: Pais viciados sem condições de educar o filho, visto que nem dinheiro tem para jogar. Provavelmente os filhos iriam sofre de fome, desnutrição, e blablabla.

      2ºOpção: Vender para alguem que pareça de confiança. Aqui a probabilidade é ou o comprador quer realmente criar o filho, ou quer fazer algo criminoso com eles. Levando em conta os fatores como escolha dos pais para quem vai vender, considerando que roubar órgão é ilegal e os compradores estariam sujeitos a pena de morte na china, que órgão de bebês não serviriam em adultos, e diversos outros fatores similares. A grande chance das crianças sobreviverem na sociedade é apostarem suas fichas nos novos pais. Tudo questão de probabilidade!

    • Airmid:

      O problema é os únicos destinos possíveis para essas crianças não são ter os órgão vendidos ou serem criadas por um casal com mais condições. Existem milhares de atividades inumanas acontecendo, como por exemplo a escravidão. Quantos casos já não se houve falar de trabalho escravo, principalmente nas grandes potências mundiais? Sem contar nas outras atitudes pavorosas às quais essas crianças podem ser submetidas, que absurdo!

  • Dilemardo:

    nadaver jogo é coisa do demo. se jogados com consiência e moeradamente nao há problema algumm!!!
    bando de idiota que fica falando que jogo faz assasino.

  • Carol *-*:

    Que tipo de ser humano vende seus filhos para ficar jogando?

    • Andy:

      Nunca subestime o vício… Muhuhahahaah!

    • Harran Jotek kual ker koiza:

      sem duvida algumas jogadores chineses uai

  • Andre:

    No fim dos tempos o ser humano se tornará amantes de sí mesmo…e o próximo deixará de ter algum tipo de valor, deveriam prender os dois e nunca mais deixar chegarem perto do computador…que irresponsabilidade.

  • Gomes:

    Isso é consequencia do incrível mal que causam os jogos. Só pode ser coisa do Dêmo… Certamente é

    • renato_kami:

      n vejo dessa forma…o jogo é como um carro, se bem utilizado pode te trazer beneficios, no caso do jogo diversão…agora se mal utilizado causa isso ai…a questão é que aqui no Brasil n se tem essa cultura de jogos e computador como na china…la um jovem normal passa pelo menos 6h por dia na frente de um pc…aqui esse numero cai provavelmente pela metade.

  • Pedro:

    Qual é o jogo ? ._.

    • Eduardo:

      Na foto eh DOTA, um mapa do Warcraft 3.

  • JeanZ:

    “Só queriamos vender por algum dinheiro”

    SÓ?!?!?!

    Tem cada nego loco nesse mundo né!
    Dae minha mae ainda diz que eu que sou o anormal!
    aheoaehaoe

  • A.L:

    Tá vendo o incrível mal que esses jogos podem causar? isso é coisa do demônio.kkk

  • Thales:

    Logo aparece algum alienado aqui falando do incrivel mal que os jogos podem causar e que o demonio vive nos mesmos.

  • Carlos Machado:

    aaaa isto é oque caiu na midia, isso eles ja fazem faz tempo…

    Nao me deixaria preocupado se caisse uma bomba nuclear na china e outra mais fraca(claro) la no planalto.

    • Glauco:

      pow, eu ficaria procupado! a nuvem radioativa se espalharia fácil mundo afora!

    • Andre:

      Ô Glauco admiro o quanto vc é vidrado nessas histórias de bomba nuclear, explosões com meteóros, galaxias, radiatividade…esquece, nunca acontecerá isso cara, eu te garanto, fica tranquilo.

    • Exordium…:

      VC garante ele,mas quem te garante???(eis a questão)…Muahaha

    • Marcelo Ribeiro:

      O mundo como você o conhece, acabaria. Dependemos da China.

Deixe seu comentário!