“Embalagem inteligente” avisa quando o produto está prestes a expirar

Publicado em 7.04.2011

Uma nova pesquisa está desenvolvendo uma geração de embalagens inteligentes que indica quando a comida está estragando. Os indicadores são feitos de “plásticos inteligentes” que mudam de cor quando o alimento perde seu frescor.

No Reino Unido, estima-se que cerca de 8,3 milhões de toneladas de alimentos são jogados fora a cada ano; a maioria dos quais poderia ser comido. Pensa-se também que há cerca de um milhão de casos de intoxicação alimentar por ano.

A embalagem irá melhorar a segurança dos alimentos e diminuir o desperdício. O novo invólucro alerta os consumidores quando a comida está prestes a perder seu frescor porque a embalagem está danificada ou aberta, porque excedeu a data de validade, ou porque foi mal refrigerada.

Atualmente, a indústria alimentícia utiliza geralmente apenas etiquetas inseridas no pacote para alertar o consumidor da validade do alimento. Essas etiquetas têm um custo significativo.

Os pesquisadores querem criar um novo tipo de indicador que faz parte da embalagem em si e, portanto, muito mais barato. Ele será usado como parte de uma forma de embalagem de alimentos conhecidos como embalagem de atmosfera modificada, que mantém os alimentos em condições especialmente criadas que prolongam sua vida útil.

A embalagem de atmosfera modificada está sendo cada vez mais usada para conter o crescimento de organismos que estragam alimentos, mas os custos das etiquetas utilizadas atualmente com essas embalagens são substanciais. O objetivo dos cientistas é eliminar esse custo, com novos plásticos para a indústria de embalagens.

Os pesquisadores desejam reduzir o risco das pessoas de comer alimentos que não estão aptos para o consumo e evitar o desperdício. A embalagem deve ter um impacto direto e positivo principalmente na indústria de carnes e frutos do mar.

A equipe também acredita que seu trabalho poderia resolver a confusão potencial sobre os significados diferentes das etiquetas de “data de validade” e “fabricado em”, bem como realçar a necessidade dos alimentos de serem armazenados com segurança, em geladeiras que funcionem apropriadamente.

Os pesquisadores esperam ter um produto viável comercialmente em breve. [BBC]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

5 Comentários

  1. NÃO É PARANÓIA, MAS É O FABRICANTE QUE COLOCA AQUELA ETIQUETA DA FABRICAÇÃO E VENCIMENTO, PORTANTO, EU DÚVIDO QUE DESSA SERIEDADE. QUE VENHA LOGO A EMBALAGEM INTELIGENTE… QUANTO TEMPO LEVARÁ PARA SE TER ESSA TECNOLOGIA NO BRASIL? kkkkkkkkkkk

    Thumb up 0
  2. Mas alguns mercados não gostariam disso, pois eles raspam a data de validade e inserem outras datas para nos enganarem. Fato.

    Mas é uma ótima ideia essa embalagem inteligente.

    Thumb up 0
  3. Até o capitalismo tem o seu lado positivo :P hehehehehe
    torna a vida nossa mais pratica!

    Thumb up 0
  4. Esses dias eu tava fuçando nos arquivos antigos da super interessante lá pelos anos 80 falando dessa mesmissima embalagem, até pensei comigo, onde tinha ido parar a pesquisa. Rrsrsrs algúem a ressucitou.

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
ferias
Quer ter uma boa ideia? Tire férias

Quando nos distancia...

Fechar