Homeopatia funciona?

Publicado em 6.10.2009

homeopatia funciona?
Homeopatia funciona?

Para alguns a homeopatia é eficaz simplesmente por ser o mesmo que dar um remédio de mentirinha para uma doença imaginária.

O blogueiro de ciência Ben Morrish, confiante que tratamentos homeopáticos não são confiáveis, resolveu fazer um teste utilizando o Google Scholar, página de pesquisa por artigos acadêmicos do Google. Ele queria se certificar se sua falta de crença na homeopatia era justa.

O ensaio não abrange um grande número de pesquisas na área da homeopatia, mas os resultados levam a pensar.

Para realizar o experimento, Morrish estabeleceu quatro regras:

  1. Pesquisar testes com produtos homeopáticos no Google Scholar, utilizando um termo de pesquisa neutro – o utilizado foi “homeopathic trials” (testes clínios homeopáticos, em tradução livre)
  2. Observar as conclusões dos dez primeiros resultados mostrados pela ferramenta de busca, independente de quais são os testes
  3. Inserir cada resultado em três categorias gerais:
      • Negativa: nenhuma evidência significativa sobre a eficácia da homeopatia com relação a placebos.
      • Positiva: evidências significativas que a medicina homeopática é mais efetiva que o placebo.
      • Neutra: resultados inconclusivos ou indicações de problemas com os testes, que podem ter prejudicado os resultados.
  4. Depois de classificar os resultados, analisá-los e tirar conclusões sobre as evidências da eficácia da homeopatia.

O teste

Depois de estabelecer as regras, Morrish seguiu os passos da sua pesquisa. Ele descobriu que, das dez pesquisas encontradas, duas tiveram efeitos positivos, quatro tiveram efeitos neutros, e quatro tiveram efeitos negativos. Os estudos acadêmicos encontrados por ele, já divididos por categorias, são os seguintes (os artigos estão em inglês):

Positivos:

  • Esta pesquisa em pequena escala realizada na Nicarágua, utilizando a homeopatia no tratamento de diarréia aguda em crianças.
  • Este estudo, também feito em pequena escala, utiliza a homeopatia no tratamento de otite aguda média, uma espécie de inflamação no ouvido, em crianças.

Negativos:

  • Este estudo que faz uma revisão bibliográfica sobre o uso da arnica em tratamentos homeopáticos.
  • Este outro estudo que também pesquisa os efeitos da arnica, e foi realizado em média escala. O estudo afirma que não há efeitos com a homeopatia.
  • Esta pesquisa, em pequena escala, estuda os efeitos da homeopatia como tratamento secundário para a asma infantil.
  • Outra pesquisa que trata sobre os efeitos da arnica, desta vez no tratamento de machucados e dores.

Neutras:

  • Esta pesquisa, feita com 68 pacientes, que estuda a possibilidade do tratamento homeopático para enxaquecas.
  • Este estudo que analisa o tratamento homeopático para queimaduras causadas no tratamento com radioterapia em pacientes com câncer de mama.
  • Outro estudo analisa a diferença entre um tratamento tradicional e o homeopático para a osteoartrite no joelho.
  • Este último estudo analisa os efeitos que podem prejudicar ou modificar pesquisas com homeopatia.

Conclusões

Analisando estatisticamente os resultados, Morrish afirma continuar com a sua idéia de que a homeopatia não é eficaz. “Com apenas 20% dos resultados mostrando efeitos significantes a favor da homeopatia, acredito que a crença de que este tipo de tratamento é ineficaz não é absurda”, afirma.

De acordo com ele, nos dois casos em que os resultados foram positivos, eles eram apenas estatisticamente maiores, e ambos afirmavam que mais estudos seriam necessários. “Sendo que 40% dos resultados são neutros, acredito que mais pesquisas seriam necessárias para afirmar a eficácia da homeopatia, mas, com as evidências que temos, parece que não é”, diz Morrish.

Outro problema para os 20% positivos é que ambos os estudos foram realizados em pequena escala. O resultado em favor da homeopatia pode ser um simples resultado da falta de amostragem adequada. [Scientific Blogging]

Um dos comentaristas sugeriu este vídeo de um cético explicando sobre a homeopatia, usada por 500 milhões de pessoas pelo mundo. Infelizmente, sem querer, apagamos o comentário, mas segue o vídeo. Pule para 2:50 para ver o segmento sobre homeopatia.

Outro visitante sugeriu este hilário vídeo do plantão médico homeopático:

Autor: Miguel Kramer

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

44 Comentários

  1. Eu sei que uma simples testemunho não vale como prova, e pode até ser que houve efeito placebo. Mas eu me recordo muito bem que com 14 anos eu tinha crises alérgicas contantes, extremamente alérgico. Fiz tratamento homeopático e nunca mais tive crises alérgicas fortíssimas como costumava. O curioso é que nos casos em pesquisas sobre esse tratamento, a alergia é sempre o problema mais comum em “cura”, ainda sou alérgico, claro, mas não na mesma intensidade. Não posso defender nem discordar do assunto uma vez que sou leigo quanto isso. Mas é definitivamente curioso.

    Thumb up 3
    • Elton, o efeito placebo pode ser a explicação no caso da alergia, já que não sabemos quanto da alergia é fisiológico e quanto é psicossomático.

      Placebo não é um remédio que não funciona, é um remédio que não tem remédio. Em muitos casos de doenças que tem todo o jeito de ser psicossomático, ou de ter um forte componente psicossomático, um placebo pode ser um “santo remédio”.

      Thumb up 3
  2. A homeopatia é a mesma coisa de você comprar uma carne e escolher se quer comer ela assada ou quer colocar vários conservantes e produtos quimicos e transformálas em linguiça defumada.

    Thumb up 2
  3. MEU FILHO MAIS VELHO FEZ TRATAMENTO HOMEOPATICO CONTRA GRIPE QUE ERAM MTO FREQUENTES EM CRIANÇA. FICOU CURADO, FEZ MAIS EFEITO DO QUE QDO USAVA OS OUTROS REMEDIOS. ACHO QUE VAI UM POUCO DA FE DA PESSOA, QUE VAI FICAR CURADA AI RESOLVE.ACHO QUE ATE UM COPO DE AGUA QUE SE BEBE COM FE FAZ EFEITOS. SE A PESSOA ACHA QUE NAO VAI RESOLVER, NAO ADIANTA NADA.

    Thumb up 3
  4. Nossa eu adorei os videos. Eu ja sabia a maioria dessas informações, mas foi legal assim mesmo. Principalmente o segundo, que eu mandei para todos os meus conhecidos…o pior eh que eh verdade isso…as pessoas acreditam nessas besteiras absurdas. COmo um negocio que eh diluido em 100 elevado a 30 potencia pode ter algum efeito. Omg. nego tem cabeça soh pra ter cabelo mesmo.

    Thumb up 1
  5. “Falando a Verdade”, não dá para determinar se a homeopatia funciona ou não, baseado apenas em casos. Por que o que funcionou no caso do seu filho pode não ser a homeopatia, mas simplesmente uma mudança hormonal, ou qualquer outra coisa. Não é por que uma coisa parece funcionar para uma pessoa em um determinado momento, que ela vai funcionar para todo mundo o tempo todo.

    É por isto que se fazem os testes de duplo-cego, com grupos de controles e protocolos rígidos.

    Só que infelizmente para a homeopatia, sempre que se faz testes com duplo-cego, com grupos de controle e protocolos rígidos, a homeopatia funciona tão bem quanto o placebo. E o placebo funciona! Tomar uma pílula de farinha achando que é um remédio, ou mesmo ser atendido por um médico atencioso que receita água pura faz com que parte das pessoas melhore. Mas se um produto é tão bom quanto um placebo, tomar ele e tomar uma bolinha de farinha tem o mesmo efeito (desde que não se saiba que é uma bolinha de farinha, ou que ela seja recomendada por uma pessoa que faça um teatrinho, diga hócus-pócus, e outras coisas mais).

    Ficar se rebelando contra os fatos não vai ajudar a entender o que está acontecendo, e os fatos são que algumas pessoas são curadas por bolinha de farinha e água pura.

    Agora atenção que tem muita coisa que é vendida como homeopatia mas que é alopatia em dosagens que só quem faz a diluição sabe. A bem da verdade, tudo que você encontra na farmácia você toma por fé, você acredita que o que está no rótulo descreve o conteúdo. E louco é quem bota a mão no fogo pelos outros.

    Thumb up 9
    • Coloca-se em dúvida os resultados da homeopatia,pois bem.Eu tinha um problema muito grave ,que demorou muito a ser descoberto chamado urticária nervosa.Fui a vários médicos ,fiz vários tratamentos e nada .Até que um médico que também trata com homeopatia resolveu fazer este tratamento em mim.Hoje não posso dizer que estou curada,pois cura para este problema não tem,porém tem quase um ano que não tenho crise.Podem dizer que foi minha fé ,tudo bem,mas só a fé não cura ,né????

      Thumb up 0
  6. Digam aos animais que a homeopatia não funciona, eles não sabem e ainda assim são curados.

    Digam também ao meu filho, que se curou de uma alergia persistente por vários anos (após tomar homeopáticos), após tratamentos sem sucesso com alopáticos.

    Digam que a homeopatia não funciona à minha vizinha, que curou a sua filha de alergia semelhante (pó, pêlos de animais) com homeopáticos.

    O resto é balela de quem não tem o que fazer.

    E tenho dito…

    Thumb up 27
  7. Pelo que pude perceber, os adeptos à homeopatia admitem que a homeopatia carece de comprovação científica, não obstante, entendem que não se pode invalidar uma “ciência” só porque não se pode prová-la pelos meios científicos, uma vez que existem inúmeros casos onde a homeopatia foi eficaz e continua sendo até hoje. Em outras palavras, enquanto os “tradicionais” não provarem que a homeopatia não funciona (verdadeira inversão do ônus da prova), nada impede que se faça uso da homeopatia, uma vez que existem inúmeros casos de cura através dela. É o velho argumento de que “o que abunda não prejudica”, ou seja, a homeopatia pode até não dar certo em alguns casos, mas certamente não trará nenhum prejuízo… Será? Essa é a pergunta que não sai da minha cabeça…

    Se formos considerar esse raciocínio verdadeiro, por que não usarmos então livremente magias, técnicas obscuras, médiuns, curandeiros, pajés? Alguém aqui duvida que essas técnicas ocultas já curaram inúmeras pessoas pelo mundo? Qual é, porém, a contrapartida que o uso de magias pode causar em uma vida? Já ouvi muitos relatos tenebrosos de pessoas que “perderam suas almas” em busca de cura física…
    Não acredito que possamos nos valer de qualquer método para obter cura. Onde há obscuridade, há mentira. Se a homeopatia não consegue provar seus métodos, é porque existe alguma mentira, é porque existe obscuridade.

    Mais uma constatação: os adeptos de homeopatia dizem que a alopatia cria pessoas dependentes de remédios. Há, porém, relatos neste próprio site de pessoas que “usam” a homeopatia há mais de 50 anos… Ora, isso não é uma incoerência? A homeopatia não deveria curar as pessoas por completo?

    Agora uma dúvida que eu sempre tive: se a homeopatia é capaz harmonizar uma pessoa por completo, porque as pessoas envelhecem e adquirem doenças provenientes da velhice? Ora, um corpo físico harmônico, é por definição harmônico e não deveria definhar, pois está em harmonia. Isso significa que, efetivamente, a homeopatia nunca será capaz de harmonizar um corpo físico completamente? Se isso for verdade, então sempre estaremos sujeitos a doenças, certo? Então, qual a vantagem da homeopatia em relação à alopatia, se ambas não curam você por completo e sempre estaremos sujeitos a doenças e dependentes dos medicamentos, sejam eles homeopáticos ou alopáticos?

    Por fim, não posso deixar de citar Mateus 15:14, que me parece ser uma frase muito pertinente aos dias de hoje: “Deixai-os; são cegos, guias de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, cairão ambos no barranco.”

    Thumb up 2
  8. Eu usei homeopatia para mim e aos meus filhos, foi muito bem aceita por eles, desde criança (efeito placebo em crianças?), hoje estão com 20 e 15 anos são saudavéis, dificilmente adoecem como a maioria de meninos na idade deles hoje adoecem mais por terem tomado alopatia(os antibioticos que o digam)!
    A homeopatia busca a origem da doença, o que causou a mesma,e assim vai tratando o doente e não a doença!
    Trabalhos cientificos,muito bem respeito, porém houve trabalhos cientificos que caiu por terr,pesquisem e saberão quais foram!
    Grata!

    Thumb up 13
    • Me responda, pq não haveria de ter efeito placebo em crianças?

      Thumb up 0
  9. Felipe Teles, o teste mais simples seria o teste do duplo-cego. É usado para ver se alguma substância tem alguma propriedade como medicamento. Funciona assim, você recruta vários voluntários que tem a mesma queixa. Para metade deles você dá um placebo, e para a outra metade você dá o remédio. Só que nem quem está dando o produto sabe se é o placebo ou não, e nem o paciente, assim não tem o viés da confirmação (o cara achar que melhorou ou que não melhorou por que sabe que está tomando ou não tomando o medicamento). Como nem os assistentes, nem os pacientes sabem quem está tomando a medicação e quem não está, o resultado é neutro: não importa se tem alguém ali que não acredita em placebos.

    Agora, se você está procurando por algum teste específico no qual tenha sido testada a homeopatia, o Google é seu amigo. Foram feitos vários testes para ver se a homeopatia era eficaz, sem se perguntar qual o modo de funcionamento. Ou seja, os testes eram para responder à pergunta: “Funciona?” A resposta foi um sonoro “Não.” em todos os testes.

    Outra coisa interesssante é que se eu te der um vidrinho com um composto homeopático, só que sem a etiqueta, você não tem como descobrir que composto é aquele, a não ser se chutar e acertar. É tudo água pura…

    Thumb up 7
  10. César,

    Como seria um teste rigoroso para a homeopatia? Você pode citar um exemplo?

    Abraços!

    Thumb up 1
  11. Felipe, primeiro uma correção. A homeopatia é do século XVII ou XVIII. Ponto. O que é antigo é o uso de princípios fitoterápicos, e não tem NADA a ver com homeopatia. Absolutamente NADA. E se você for olhar, toda a base da mal-afamanda alopatia são os princípios fitoterápicos. A aspirina, o que é, senão um composto semelhante ao encontrado na casca do sabugueiro, só que mais estável? A maioria dos medicamentos tem uma base em uma planta, em parte uma planta conhecida pela tradição de algum povo, mas também plantas que a ciência pesquisou.

    Agora vamos ao seu cidadão ignorante. Acontece que neste país onde tem uma farmácia a cada 20 m, e todo mundo já nasce com diploma de médico, técnico de futebol e presidente da república, é isto mesmo, todo mundo acha que o que eles tem é o mesmo que o compadre deles tem, e que o que eles tomaram vai ajudar. É errado, e neste caso, eu prefiro que o compadre receite homeopatia para o amigo dele, do que remédio de verdade. Pelo menos aquilo é água. Cara, mas é água.

    Segundo, vamos ao “homeopatia cura”. Uma coisa são casos anedóticos, outra coisa são testes rigorosos para ver se uma coisa funciona ou não. A homeopatia tem um monte de casos anedóticos, mas na hora de um teste rigoroso, ela falha. Por que isto? Será que ela só funciona para quem tem fé? Ou será que as pessoas esquecem os casos em que tiveram que tomar uma aspirina com o medicamento homeopático para a homeopatia “funcionar”? Não sei. Casos anedóticos são assim mesmo, não há rigor algum na coleta de dados, você não sabe o que a pessoa tinha, não sabe se homeopatia foi tudo que ela tomou ou não (e muitos tomam um monte de medicamentos sem nem se dar conta). Então é complicado falar em “curar um monte de gente”. A homeopatia, quando submetida a testes rigorosos, falha.

    Tanto é que os homeopatas são treinados a reconhecer doenças de verdade e encaminhar para médicos de verdade.

    Thumb up 6
  12. César,

    Uma situação hipotética: Você é um cidadão com pouco ou nenhum conhecimento cientifico. Em um momento tem uma dor de cabeça e para aliviar toma um analgésico X, mas não sente a dor passar mesmo depois de duas horas. Daí vc toma o analgésico Y e a dor passa em 20 minutos.

    No dia seguinte um amigo também tem uma dor de cabeça e pede uma recomendação de um remédio. Qual você irá instintivamente indicar? O que funcionou, naturalmente.

    Lembre-se: nessa situação você é um cidadão sem conhecimento cientifico, portanto é incapaz de criar teorias (que mesmo que fosse um cientifico não se daria o trabalho de testá-las). Esse é o perfil da grande maioria das pessoas, não?! O que vale nesse caso é o resultado prático.

    A homeopatia como é conhecida hoje, foi concebida no fim do século XVIII, mas o conhecimento não sistematizado vem de tradições com mais de 6 mil anos.

    Agora me respodam: como é que uma técnica pode sobreviver por tanto tempo se não tem efeitos e ainda por cima não pode ser comprovada cientificamente?!

    Você indicaria pra um amigo ou familiar um remédio que não tem efeito?

    Como explicam a crescente popularidade das simples bolinhas de açucar que nada podem fazer no seu organismo?! Como a hemeopatia saiu da Alemanha e ganhou o mundo todo se não pode ajudar ninguém?! COMO?

    Se um placebo pode REALMENTE curar? Por que não usá-lo?

    Enfim, saiam da prisão de intelectualidade e me respondam os fatos PRÁTICOS. ISSO me interessa.

    Thumb up 7
  13. Felipe, se descobre que a depressão foi curada da mesma forma que se descobre que alguém tem depressão, e como é uma coisa em parte da cabeça, tem gente que não topa ser curada por alopatia, exige medicina alternativa. Se o paciente não confia nem acredita no médico e no tratamento, muito provavelmente ele continuará reclamando dos sintomas, reais ou imaginários.

    Sobre tomar anti-depressivos por conta própria, quem o faz, faz por conta e risco. O medicamento é controlado justamente por que pode levar à dependência, além de causar outros efeitos colaterais, que só um médico pode avaliar. Mesmo depois de prescrito o medicamento, é preciso que o médico acompanhe a evolução para ver se a dose está correta, ou se é preciso tentar outro tipo de medicação.

    Sobre por que somos tão doentes, você mesmo deu a resposta: por que o brasileiro acredita mais em passar borra de café em queimadura do que em fazer um tratamento com um médico. Por que todo mundo tem a maldita mania de ficar prescrevendo remédios que deram certo para eles, como se o caso deles fosse exatamente o mesmo do outro. Por que pouca gente é capaz de seguir um tratamento à risca. A tuberculose está se tornando resistente à medicina e só por que os pacientes percebem uma melhora e param de tomar a medicação, deixando vivas ainda as bactérias mais resistentes.

    Sobre florais de bach e homeopatia, sabe por que não tem contraindicação para eles? Por que não existe contraindicação para placebos. E sabe por que o serviço de saúde pública está apelando para a “medicina alternativa”? Por que não tem condições de dar tratamentos médicos de verdade para a população. Assim eles fazem de conta que tratam os pacientes, e os pacientes fazem de conta que estão melhorando, e a saúde, como você mesmo disse, vai de mal a pior, somos um país de gente doente e que não se trata.

    Thumb up 2
  14. “Não há maior prova de ignorância do que acreditar que o inexplicável é impossível.” (S. Bilard)

    Thumb up 9
  15. Uma coisa é certa: 100% dos radicais são completos idiotas.

    Se alguém acha que a homeopatia não cura NINGUÉM, então me prove que a alopatia pode curar a TODOS: aí sim tomarei uma posição definida sobre esse assunto. Em alguém eu tenho que confiar não é mesmo?!

    Sou experimentalista: tento não ter preconceito de nada, o que aparecer eu testo. Tomei vários alopáticos contra uma depressão e serviram muito bem para ESTABILIZAR ela. Se curou?! Jamais!

    Mas olha só! Isso não é ótimo para os capitalistas que controlam essa industria farmaceutica putrida que nos domina?!
    Milhões de pessoas dependem da paroxetina para ter coragem de sair do quarto e ir trabalhar para não morrer de fome. E ainda dizem que essas drogas não criam dependencia, né?! Pergunte a qualquer um que se atreveu a largar um anti-depressivo por conta própria.

    Alguem poderia me apresentar o índice de cura REAL por anti-depressivos?! Como se TESTA sentimentos?! Por questionários? Mapeamento de impulsos cerebrais? Quando alguém conseguir isso todos vão saber: isso dá um belo Nobel!

    Não entendo como tem gente que sai por aí contestando a tudo e a todos tendo como apoio essa nossa ciência tão limitada. Isso é sentar no rabo pra falar do outro.

    Um belo dia conheci os florais de bach e o yoga. Me curou? SIM!
    Vai te curar e o resto do mundo? Sei lá! Mas não deixo de dizer a ninguém sobre o meu caso. E assim vai se fazendo a propaganda boca-a-boca e não tem pirracinha cético-cartesiana que consiga parar esse tipo de divulgação.
    E olha que tá espalhando, hein! Se até o sistema de saúde público já adotou a tal “medicina alternativa”!!

    O mundo está doente e descrente: se a medicina convencional está certa, porque não nos cura? Porque não estamos felizes e sadios?!
    Essa é a resposta que vcs senhores céticos, deviam se empenhar em responder antes de questionar qualquer coisa que fuja à gama de verdades que estão sempre professando!

    Senhores, a verdade é um mosaico. E maioria das pessoas está olhando só pra um ladrilho pensando ver toda a obra.

    Thumb up 17

Envie um comentário

Leia o post anterior:
hotmail-logo-g
Senhas do Hotmail vazam na internet

As contas de milhare...

Fechar