Usar muito o Google causa depressão?

Publicado em 5.02.2010

depressão internet

Não estamos falando de quando você digita “estinção” no campo de pesquisa e o Google prontamente responde “você quis dizer ‘extinção’”, deixando sua auto-estima lá em baixo. Cientistas da Universidade de Leeds mostraram que pessoas que usam ferramentas de pesquisa com mais freqüência tem mais chances de apresentarem sintomas de depressão.

Alguns usuários desenvolveram um hábito compulsivo na internet, substituindo suas relações “reais” com relações virtuais e o estudo mostrou que isso pode ter um impacto sério na saúde mental.

Essa compulsão pela internet foi medida em mais de 1.500 pessoas, com idades entre 16 e 51 anos. A pesquisa mostrou que 1,2 % desses usuários são compulsivos pela internet. O número pode parecer pequeno, mas, para comparar, os viciados em jogos de azar representam 0,6% da população.

O elo entre o uso desenfreado da rede e os sintomas de depressão foi encontrado, mas os cientistas ainda não sabem se é a depressão que causa esse uso ou o uso que causa a depressão.

De qualquer forma fica o alerta: usar muito a internet pode ser um sintoma de depressão. [Scientific Blogging]

Autor: Alessandra Nogueira

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

11 Comentários

  1. Li o artigo e os comentários.
    A depressão tem a ver com genetica como diz o Eduardo mas sim em “fatores geneticos” ou seja, filhos de pais depressivos tem a “pre-disposição” de se tornarem… da mesma forma que filhos de pais fumantes tem essa mesma pre-disposição, etc.
    A ligação que presumo terem associado ao site do Google é a BUSCA, mas ficou muito pobre essa associação… presumo que a pesquisa em si seja muito alem do que anunciado na materia. Que a internet é uma “valvula de escape” para os depressivos isso é um fato, e tem de levar em consideração varios outros parametros como droga, bebida, sexo (sim, sexo excessivo é relacionado a depressão). Depressão também não pode ser generalzado como “fracos”, pois todos temos pre-disposições a ficar em “estados depressivos”. Ficar depressivo por alguns minutos, horas e alguns dias acontece e nem percebemos… o que é percebido é quando isso se extende e ao meu ver, estas pessoas “permanecem” neste estado e “ainda não sairam”. Entendo que a pesquisa não está equivocada e sim, é somente um parametro a mais.

    Thumb up 4
  2. nossa depressao vem da genética??? nao sabia Hype tenta achar algum artigo sobre isso um assunto acaba puxando outro e assim ficamos mais contentes em esclarecer duvidass ^^

    Thumb up 0
  3. Tem nada a ver isso de depressão e internet. Os caras primeiro eram deprês porque não tinham nada e agora como não são os primeiros do mundo a usar a net tão querendo colocar isso na mente dos que não têm acesso à educação, serviços,etc.XÔ!

    Thumb up 0
  4. Impressionante como existem pessoas que acham que “só os fracos ficam deprimidos”, como se isso fosse só questão de força de vontade. Fica parecendo aqueles malucos da cientologia, que insistem que a psiquiatria é pseudociência…

    A depressão (e outras patologias) são interações psíquicas (da mente da pessoa) com um cérebro ligeiramente defeituoso. Os remédios podem ajudar bastante na segunda parte, as psicoterapias de várias escolas, na primeira. Por enquanto são as únicas ferramentas que a Humanidade tem para tornar produtivas essas pessoas que sofrem.

    Esperemos que pesquisas futuras (imagens do cérebro funcionando, quem sabe?) possam aumentar essa caixa de ferramentas.

    Thumb up 0
  5. às vezes, quando estou doente, pesquiso os sintomas e acho muitas coisas que me deixam paranóico.
    outras vezes, descubro coisas que não gostaria de saber.

    tirando isso, mais nada….

    Thumb up 0
  6. Usar o google por si, dentro de certos limites, não causa deprê.
    Mas, o perigo ronda os mais fracos:
    -Eles se tornam dependentes por qualquer coisa
    -Eles tem uma tendência a se dedicar por mais horas a net, justamente devido ao fato de serem fracos, e assim vão exaurindo preciosas reservas energéticas que lhes dariam a auto- sustentabilidade.

    Thumb up 0
  7. Concordo com o Eduardo, me parece mais comum em pessoas que já demostraram ou demonstram pré disposisão a depressão, para mim, as correções do google, servem como estimulo para uma escrita correta, é uma forma de constante atualização ou reciclagem.

    Depressão na minha opnião é um fato, mas para pessoas que se deixa levar e gente que não cria uma meta na vida ai tende a ser depresivo.

    Thumb up 0
  8. Na minha opinião, esse índice é de pessoas que já possuem quadro de depressão anterior… na verdade, depressão muitas vezes é genético…. então, pessoas que frequentam sites, seja de busca ou outros, já possuem essa enfermidade…. a internet é uma ferramenta “ideal” pra kem é depressivo… a internet é como dizem: “a janela para o mundo”… e os depressivos tem essa necessidade de se sentirem livres, porém, sem serem vistos…
    Acho q essa pesquisa se equivocou em dizer q pessoas viciadas em internet são depressivas…
    Eu por exemplo, já tive depressão quando era adolescente… mas hj eu não estou mais incluído nesse índice… sou uma pessoa muito feliz… excluí essa doença da minha vida… e ainda, sou viciado em internet… gosto de conhecer todo tipo de informação que a net pode me oferecer…
    Acho que essa pesquisa foi equivocada…

    Thumb up 3

Envie um comentário

Leia o post anterior:
alugar filmes gratis blockbuster
Blockbuster online: Filmes grátis por 60 dias e muita confusão

Levou anos, anos dem...

Fechar