6 gerações de uma família em uma única foto

Muitas pessoas conheceram seus avós ou, no máximo, seus bisavós. Poucos conseguem ir além disso. O pequeno Ethan John Curtis, porém, teve contato com um número bem maior de gerações: sua mãe, sua avó, sua bisavó, sua tataravó e sua tetravó.

A mãe, Priscilla Steiner, tem 19 anos. A mãe dela, Stephanie, 34. A mãe de Stephanie, Brenda, tem 51. A mãe de Brenda, Marilyn Cross, 68. Finalmente, a mãe de Marilyn, Doreen Byers, tem 86 anos.

“Obviamente, nós tivemos nossos filhos muito cedo, e eu não recomendo que pessoas jovens engravidem”, diz a avó de Ethan (Stephanie). “Contudo, ao mesmo tempo, nós temos muita sorte de ter tanto suporte e tanta base de amor em uma família que cresceu tanto nas últimas décadas”.

Ela conta como conviver com várias gerações pode ser divertido – “mais abraços, mais beijos, mais presentes de natal [risos]” – e confuso; muitas pessoas pensam que ela é irmã de Priscilla, por exemplo.

Curiosamente, essa família não detém o recorde de “maior número de gerações vivendo ao mesmo tempo”: tal conquista pertence à família da estadunidense Augusta Bunge – que tinha 109 anos em 1989 e conviveu com seis gerações seguintes à dela.[CBC, Guiness World Records]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

15 comentários para “6 gerações de uma família em uma única foto

  1. Tem pessoas que vivem em realidades diferentes das encontradas no Brasil… Infelizmente com 12 anos tem “crianças” que já tem um e estão esperando pelo segundo “filhote”! Qualquer dia desses “cola” aqui nas periferias de São Paulo e verás as “crianças” empurrando carrinhos de bebê!

    1. É complicado João. O conceito de criança conforme as gerações vão passando é mudado e, se é possível um ser humano do sexo feminino de 12 anos engravidar, em algum momento lá na frente a sociedade terminará por absorver isso como normal, caso elas passem a engravidar com frequência nessa idade.

      Eu também não concordo, mas e agora, fazer o que?

    2. João Gabriel, querendo ou não essa é a verdade. As meninas de hoje em dia (e os meninos também) estão conhecendo a sexualidade muito cedo e, com a influencia da sociedade(bailes funks, REDE GLOBO) isso infelizmente acaba acontecendo

    3. João Gabriel, acho que você não vive nesse mundo. Tem casos de meninas com 8 anos engravidando, passou no globo repórter uma menina de 8 anos que engravidou pq queria ter um filho, isso mesmo, não foi acidental, ela quis ter um filho. O pai da criança tinha 14 anos.

    4. Quanta ingenuidade, João Gabriel. rs
      “Criança” que brinca de fazer criança, deixa de ser uma. Exemplo? Aqui no meu condomínio tem uma garota que foi pega na cama com um garoto pela própria mãe. Quantos anos? ONZE! Nos meus onze anos eu estava preocupada em assistir Rebelde e brincar de boneca. Os valores mudaram, meu querido 🙂

Deixe seu comentário