8 fatos fascinantes sobre gêmeos

Publicado em 13.10.2011

Que atire a primeira pedra quem nunca conheceu irmãos gêmeos e preferiu não chamá-los pelos nomes, pois não conseguia saber quem era quem. Aliás, essa pode ser uma grande vantagem para eles: podem enganar todo mundo, de pais a professores ou namorados (as).

Além de fazer ótimas brincadeiras, no entanto, os gêmeos nos dizem muito sobre a natureza humana. E nem sempre eles são idênticos, com os gêmeos fraternos sendo tão diferentes quanto qualquer irmão e irmã podem ser. Conheça mais sobre a ciência dos gêmeos:

1 – Mamães fortes

Dois pra alimentar, dois pra ninar, duas vezes mais fraldas sujas para trocar… Trabalho duplo alcança um novo patamar para as mães de gêmeos.

Acontece que ter dois bebês ao mesmo tempo está ligado a uma vida mais longa para a mamãe; foi o que conclui um estudo de maio de 2011. Mas isso não é porque todo o trabalho que elas passam aumenta a expectativa de vida. Em vez disso, as mães de gêmeos são fisicamente mais fortes desde o início e, como tal, dar à luz a gêmeos pode ser uma adaptação evolutiva na qual as mães saudáveis aproveitam a oportunidade para passar seus genes a mais descendentes.

2 – Só os cachorros acertam

Amigos próximos e até mesmo mãe e pai podem ser enganados por seus gêmeos idênticos, às vezes chamando um pelo nome do outro. Não é o caso com alguns cães.

Pesquisas anteriores sobre a capacidade dos cães de distinguir gêmeos foram inconclusivas, com resultados conflitantes. Mas os pesquisadores dizem que qualquer discrepância observada entre estes resultados pode ter sido devido a diferentes níveis de treinamento dos cães utilizados em cada estudo.

E, em uma pesquisa recente, eles usaram 10 cães policiais altamente treinados, que passaram por 12 testes, nos quais eles cheiraram um cotonete retirado da barriga de pares de gêmeos idênticos e fraternais, para depois encontrar um cheiro correspondente em sete possibilidades.

Os cães acertaram todos os testes, escolhendo a correspondência correta o tempo todo. Os pesquisadores não sabem como os cães identificam os gêmeos, mas talvez infecções e outros fatores externos que podem alterar o odor de um indivíduo desempenhem um papel.

3 – Quer gêmeos?

Existem formas de aumentar as chances de ter dois bebês de uma vez. Ser alta é uma delas. Pesquisas descobriram que as mulheres mais altas têm mais de um fator de crescimento semelhante à insulina, que tem sido associado à altura e a taxa de gêmeos.

Em uma pesquisa de 2006, cientistas compararam a altura de 125 mulheres que tiveram gêmeos e 24 que tiveram trigêmeos com a altura média das mulheres americanas. Aquelas que tiveram duas ou mais crianças eram em média três centímetros mais altas do que as outras mães.

Conforme uma mulher envelhece, ela também fica mais propensa a ter gêmeos. Um outro estudo descobriu que, comparadas com as mulheres com menos de 35, mulheres com idades entre 35 e mais velhas tinham níveis mais elevados de um hormônio folículo-estimulante e eram mais propensas a liberar mais de um óvulo em um ciclo menstrual.

4 – Impressões digitais

Ao invés de procurar uma característica facial ou um item de vestuário especial para distinguir um irmão gêmeo, é melhor olhar para seus dedos.

Gêmeos idênticos não têm impressões digitais idênticas. Isso porque os genes não são os únicos fatores determinantes das ondulações que cobrem nossos dedos, mas sim, os sulcos também são influenciados por tensões aleatórias experimentadas no útero. Mesmo um cordão umbilical com comprimento um pouco diferente muda a sua impressão digital.

5 – Gêmeos pelo mundo

Gêmeos são mais do que comuns no país central da África Benin, onde cerca de 27,9 gêmeos nascem para cada 1.000 nascimentos – a maior média nacional de nascimentos múltiplos.

Ásia e América Latina têm taxas muito mais baixas de geminação, de cerca de 8 por 1.000 nascimentos.

Enquanto os cientistas não sabem por que há essas diferenças nas taxas de natalidade de gêmeos entre as diferentes regiões do mundo, eles suspeitam que a maioria das variações são devidas às taxas de nascimento de gêmeos fraternos. Os gêmeos idênticos parecem ocorrer a uma taxa relativamente constante de 3,5 a 4 por 1.000 nascimentos no mundo. Vários fatores, incluindo a idade da mãe, altura, genes e tabagismo podem ser a causa de diferentes taxas de natalidade de gêmeos fraternos.

6 – Voluntários perfeitos para estudo

Gêmeos idênticos não são apenas parecidos por fora, mas também compartilham 99,9% dos genes.

Isso os torna voluntários perfeitos para os pesquisadores que querem desmembrar os fatores genéticos dos ambientais em estudos. Por exemplo, comparando o processo de envelhecimento em gêmeos monozigóticos e fraternos – cujos genes não são tão semelhantes, mas que tendem a compartilhar o mesmo ambiente -, pesquisadores começaram a entender o que causa as diferenças individuais no envelhecimento.

Desde que o estudo começou, em 1986, eles descobriram que os nossos genes influenciam mudanças em nossas personalidades e níveis de atividade quando ficamos mais velhos, com um estilo de vida ativo contribuindo para um envelhecimento mais bem sucedido.

7 – Socialmente engajados

Gêmeos, ao que parece, nunca estão realmente sozinhos, mesmo no ventre de sua mãe. Uma pesquisa recente sugere que, já com 14 semanas de gestação, os gêmeos interagem uns com os outros.

Os pesquisadores estudaram os movimentos de cinco pares de fetos de gêmeos usando ultrassonografia nas semanas 14 a 18 de gestação. Por 14 semanas, os fetos estavam fazendo movimentos especificamente dirigidos para seus gêmeos, movimentos que aumentaram entre as semanas 14 e 18.

Por exemplo, em alguns dos vídeos, um feto estava acariciando as costas ou a cabeça do outro. Enquanto os movimentos autodirigidos, tais como mão-a-boca e mão-a-olhos, diminuíram entre os dois testes, outros movimentos direcionados aumentaram até que representaram cerca de 29% dos movimentos observados em 18 semanas.

Tais resultados fazem os pesquisadores pensarem sobre o surgimento do comportamento social: quando o contexto permite que ocorra interação, como no caso de fetos gêmeos, as ações autodirigidas não são apenas possíveis, mas predominantes.

8 – Genética?

Ter gêmeos pode ter mais a ver com o acaso do que com a genética, pelo menos no caso dos gêmeos idênticos. Os cientistas ainda têm que encontrar algum gene que faça com que um óvulo fertilizado se divida em dois – resultando em gêmeos monozigóticos -, o que sugere que bebês idênticos é uma ocorrência aleatória.

E se você acha que só porque sua mãe tem uma irmã gêmea significa que não há chance de você ter um bebê A e um bebê B na sua sala de parto, pense novamente. Estudos têm sugerido que a genética está por trás da propensão de uma mulher de liberar mais de um óvulo de cada vez, e se dois dos óvulos são fertilizados, eles se tornam gêmeos fraternos.

Mesmo assim, contra a sabedoria convencional, gêmeos fraternos nem sempre saltam uma geração. Esta noção pode ter a ver com o fato de que os homens que herdam esse “gene gêmeo” não são afetados por ele, mas podem passá-lo para suas filhas que, então, são mais propensas a ter gêmeos fraternos.[LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

41 Comentários

  1. Xi tô vendo que minha prima tem muita chance de ter filhos gêmeos.Ela é mais alta que eu sendo 2 anos mais nova e toda a família do pai dela tem muitos gêmeos indenticos.Temos que admitir que todo mundo já quis ser gêmeos ou ter ele em algum momento(exceto minha mãe ela odeia a ideia)!

    Thumb up 10
  2. Porque não incluiram também o fato de, apesar de compartilhar 99,9% dos genes, terem personalidades e valores completamente distintos? Isto também é bastante intrigante mas raramente abordado em pesquisas como esta.

    Thumb up 15
  3. não acredito no besteirou que só mulhere´altas podem ter gemeos ,conheço mulheres baixinhas que são mães de gemeos e o pai não é alto,existe uma cidade aqui no brasil que a maioria são gemeos,passou no fantástico e as mulheres lá não são altas e aí?
    pura supertição.
    genetica não se deve basear pela altura do individuo,mas por sua hereditatriedade.

    Thumb up 12
    • A Maria está certa,isso é pura mentira ,tudo não,so o bagulho das mulheres altas.Mandou bem ,Maria!

      Thumb up 2
    • Gente, não é besteira, é achado científico! Não é uma regra, mas a média da altura das mulheres q tem gêmeos é maior do que a da população geral. Como TUDO em estatística, não é uma REGRA, é uma TENDÊNCIA. afff

      Thumb up 38
    • Maria… na reportagem não diz OBRIGATORIAMENTE que maes de gemeos tem que ser altas… diz que elas são mais propensas.. têm mais probabilidade. E probabilidades são aleatórias.
      É importante lembrar que os dados acima são retirados de pesquisas científicas e constatados através de estudos, e não são retirados de SUPERSTIÇÃO ou de “besteirol” como você falou.

      Thumb up 21
    • Eu quero muito ter gemeos e acho que tenho chances: eu sou super alta e minha mãe é gemea. Espero que essa pesquisa esteja certa.
      Bjooooos

      Thumb up 2
    • tenho a ligeira impressão de que maria tem pouco mais que “metro e meio” kkkkkkkkkkkkk

      Thumb up 5
  4. Olá… sou mãe de gêmeos, hoje eles são rapazes com 24 anos. Quando bebês, eles eram super idênticos, pois são univitelinos. Ao longo dos anos, cada um adquiriu seu jeito, no aspecto físico e pessoal. Quando menores, as pessoas e até mesmo (nós pais) confundíamos, um com o outro, e isto os irritava às vezes! Rsrs… Mas de uma coisa tenho certeza, foi maravilhoso e ainda é, curtí-los e adorá-los!!! Quando saíamos com os dois, sempre eramos abordados pelas pessoas, que os admiravam muito. Agradeço a DEUS, por tê-los em minha vida! Deu mto trabalho sim, mas eles são TUDO EM MINHA VIDA! Além dos dois tenho + um filho caçula! Minha família está completa e sou mto feliz ao lado deles!!! Abraço…

    Thumb up 19
    • Que lindo!Sempre quis ser gêmea de alguém.Eu ia adorar ter uma irmã … bjs pessoal fiquem com deus.

      Thumb up 2
  5. Sou gêmea e meu marido tb.Tive uma filha mas não é gêmea.
    Pelo fato de ela ser filha de pais gêmeos ,ela terá filhos gêmeos?

    Thumb up 3
    • Provavelmente.
      Existem fatos que dependem de circunstâncias para concretizarem-se.
      Por exemplo: “É comum a filha mais velha de um casal que teve primogênito masculino ser mãe de um menino primogênito.” Desde que sua mãe não tenha cometido nenhum tipo de aborto (volutário ou praticado)

      Thumb up 5
  6. Eu tenho 19 anos, tenho uma irmã gêmea identica.Eu sou a Isis ela é a Iris.
    Na minha família tiveram muitos gêmeos idênticos, nenhum fraterno(q eu saiba). Mas ó, minha bisavó tbm era gêmea idêntica, tenho uma prima de 22 anos, gêmea e priminhos de 11 anos gêmeos tbm. Tem tanto na família por parte de pai quanto por parte de mãe. E minha avó contou q a tia dela teve 3 pares de gêmeos identicos(não sei se é verdade, uma vez ela contou uma história de uma galinha q durou 3 dias com umas 13 pessoas comendo kkk)
    Mas adoro ser gêmea =)mas me sinto totalmente dependente dela, tipo… sem ela eu não vivo. Posso ficar até uns 2 dias sem ir pra facul com ela e ficar normal, mas a partir do terceiro eu já vou ficando meio… achando tudo chato e triste. E desde pequenas nós só andamos juntas e fazemos o mesmo curso de biologia na facul e ficamos na mesma sala, uma senta do lado da outra. A gente pensa e sonha as mesmas coisas, se fala com o olhar(aí quando começa a rir do nada ninguém entende kk).
    Claro q tem coisas ruins em ser gêmea como a comparação e isso de achar q é tudo o mesmo, mas no geral amo ser gêmea =)

    Thumb up 25
    • Feliz seria eu se fosse conquistado por gêmeas assim. Arri! Teria duas mulheres. Por um lado, bom, mas por outro, quando resolvesse entrar de greve…

      Thumb up 1
  7. Tenho um caso de gêmeos na família e morro de medo de ter gêmeos…meu marido é muito alto e eu sou muito baixinha, imagina só dois bebês grandões como o pai!!! (qdo meu marido nasceu ele parecia um bebê de 3 meses…)

    Thumb up 7
    • Eu entendo sua preocupação! Eu adoraria ter… Somos altos,eu e meu marido! Estou mais feliz com essa possibilidade!!

      Thumb up 3
    • tER GEMEOS DEVE SER BEM LEGAL,MINHA IRMA TEM GEMEOS E NOS NOS DIVERTIMOS MUITO .ELA NAO ESPERAVA GEMEOS,MAS NOS AMAMOS A MELINA E A MELANIE MESMO ASSIM.

      Thumb up 0
  8. cara eu tenho dois bebes mas sempre tive o maior medo de ter bebes gêmios porque é muito gasto no mesmo tempo e eu sou de situaçao financeira não muito boa

    Thumb up 7
  9. Sou mamãe de um casal de gêmeos, uma experiência fantastica não foram planejados e não tenho caso nenhum na minha família e nem do meu marido.São alegria da casa, enfim são tudo em nossas vidas.

    Thumb up 25
  10. É legal essa naturalidade com que os gêmeos nascem. No entanto, hoje em dia, as pessoas forçam para ter gêmeos, fazendo muitos tratamentos. Acho mais interessante quando é natural, queria ter filhos gêmeos para colocar camisas escritas “CTRL C” em um e “CTRL V” em outro *.*

    Thumb up 41
  11. Entre as fotos mostradas, não ví nenhum gêmeos “negro”. Aliás, nunca ví gêmeos “negros”.
    Escreví negros entre parênteses porque só no Brasil tem essa raça. Estive em Portugal e lá não tem negros, lá tem pretos. Lá tem a raça amarela e a raça preta. Negro em Portugal é comestível; é chocalate em barras com ou sem leite adicionado. Daquí uns tempos, com as exigências socias brasileiras, como será denominada a raça amarela?
    Nos EUA, black is black. No Brasil, denominar a raça de preto é discriminação e dá prisão.

    Thumb up 40
    • No Brasil até os proprios negros são racistas…alias essas porcarias de leis protegendo eles, cotas, enfim isso pra mim já é um preconceito, parece q eles são “especiais”, ou seja, não são normal!!

      Thumb up 47
    • SIM, somos especiais!
      Se vc tivesse seus ancestrais sequestrados, movidos à força e mantidos em cativeiro, sendo escravizados, e ainda assim, você sobrevivesse, também iria se sentir especial dessa maneira!

      As leis não protegem, buscam minimizar os efeitos deletérios de um fato histórico: o Brasil ter sido o último país do mundo a abandonar esse padrão econômico hediondo e selvagem que é a escravidão!

      Se vc tivesse ancestrais escravos, se tivesse de lidar com os efeitos do preconceito e da desigualdade, talvez então, pudesse também ter um pouco mais de isenção ao analisar esta questão!

      Não se engane, os negros não são seus inimigos! Tanto mais quando as tais cotas mantém a segregação enquanto negros disputam com negros as poucas vagas para negros…

      Thumb up 19
    • Deep todos nós brasileiros ainda que sejamos os mais brancos temos um pézinho lá na africa , e a maioria tem ancestrais escravos,as cotas só aumentam o racismo pois colocam na cabeça da sociedade e dos próprios racistas a ideia absurda de que os negros sejam incapazes de passar em um exame de vestibular.Eu penso que se for para oferecer cota para os negros deveriam oferecer cotas para indígenas , nipodescendentes ,e até para os brancos ,ha quer saber vamos acabar de vez com o vestibular :/

      Thumb up 26
    • PESQUISEI MINHA ARVORE GENIALOGICA POR ANOS E ANOS,E NA MINHA FAMILIA NAO TEM ESCRAVOS.

      Thumb up 0
    • Eu tive uma professora na faculdade de Direito, negríssima, linda, que dizia que ela estudou pra ser quem era: JUÍZA! Q se sentiria mal se tivesse precisado de cotas pra entrar na faculdade.
      Eu entendo que o Governo queira diminuir a segregação racial através das cotas. Mas eu já vi gente que não é negra, colocar no questionário do vestibular e do ENEM q eram negras pra se beneficiar das cotas.
      O q eu vejo até por ser professora de escola pública q não é a cota quem vai fazer alguém um bom profissional, q vai estimular alguém a estudar. Essa vontade vem de dentro, e se vc se sente diminuído porq é negro, isso vai te impedir de avançar.
      Se fosse apenas pelo motivo das perseguições e o escravismo, os judeus deveriam ter cotas no mundo inteiro.

      Thumb up 19
    • Em todo o globo temos apenas uma única raça: a humana!

      Thumb up 30
    • Só gostava de saber onde foi que viste chocolate “negro” por aqui…Cada uma…

      Thumb up 5
    • Alguém escreveu que viu chocolate negro por aquí? Aliás, no Brasil nem falamos a língua portuguesa, aquí falamos a língua brasileira e nem mesmo assim é bem interpretado pela maioria.

      Thumb up 8
    • Há tb + 1 detalhe rs Ezio, aki, no Brasil (não sei nos EUA) raça é só 1: a humana (abrangendo negros, brancos, amarelos…) – De acordo c/características como a cor da pele e outras, a pessoa pertence à etnia tal (negra, indígena, branca, etc).

      Thumb up 2
  12. Podia falar tbm que gêmeos por terem o mesmo DNA, nao podem, por exemplo, determinar o pai da criança. Minha professora de biologia contou isso uma vez. A menina namorava um cara que tinha um irmão gêmeo, eles brigaram e ela transou com o irmão. Depois apareceu grávida. Não tem como saber quem é o pai, pq o DNA é o mesmo.
    Tenso. Mas super interessante. Ninguém pensa por esse lado de DNA.

    Thumb up 38
  13. É realmente impressionante a relacao entre gemeos.. Minha mae tem irma gemea e por isso eu sempre pensei que isso poderia ser um dos fatores determinates pra que eu tivese gemeos também. Mas agora eu sei que nao é! Mas a propósito, sou alta. Entao minhas esperancas permanecem ;D

    Thumb up 17
    • quando engravidei eu sonhava com duas gemeas identicas *-*
      mas veio um menino…a minha esperança ainda continua…rsrsrs

      Thumb up 9
    • Mas o importante é que voc~e tem alguem para dividir seu amor e seu carinho,na proxima qero ter gemeas,mas tive uma menina há 5 dias.

      Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
venus-express-620-size-598
Sonda detecta camada de ozônio em Vênus

A sonda Venus Expres...

Fechar