Cientistas descobrem “novo estado físico” da matéria

Publicado em 30.11.2011

Um programa de rádio de Londres (Inglaterra), da BBC, conta com plateia que pode assistir à gravação. Na última semana, essa pequena plateia foi testemunha de um experimento que redefine alguns conceitos básicos no mundo da física: aparentemente, descobriu-se uma espécie de “novo estado físico” da matéria.

Não é sólido, líquido e nem gasoso. Parece o estado de plasma, mas os cientistas da Universidade de Londres contam que é uma substância diferente, mais densa. E o teste para comprová-la não foi nada caro: foi preciso apenas um tubo de vidro e alguns produtos químicos, como ácido fosfórico e gás xênon, com custo total de 10 libras (cerca de 30 reais na conversão atual).

Para entender o que exatamente é esse novo estado, é necessário entender a sonoluminescência. Ela consiste da emissão de feixes luminosos levíssimos, originados de bolhas que estouram dentro de um fluido. Mas essas bolhas não estouram porque tocam em alguma superfície, e sim por estimulação sonora, daí o nome do fenômeno.

No experimento dos britânicos, apresentado à noite, foi possível ver claramente as faíscas de luz saindo e eclodindo das bolhas no tubinho. Quando uma bolha estoura em sonoluminescência, gera por uma fração de segundo a temperatura de 10 mil graus Celsius, o dobro da superfície do sol.

O que acontece nos bastidores desse fenômeno é uma cascata de elétrons. Com tamanha liberação de energia, todo o interior da bolha se torna ionizado, motivo pelo qual há liberação de luz ao estourar. Mas é importante lembrar que a bolha, em estado natural, não estoura; isso só acontece caso haja estimulação sonora.

Enquanto não estoura, essa composição de bolha ionizada se apresenta em um estado semelhante ao de plasma, embora não possa ser definido exatamente dessa forma. O conjunto de bolhas ionizadas, dentro do tubo, dá origem a esse novo estado físico que espantou a plateia no experimento ao vivo feito pelos pesquisadores londrinos. [BBC]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

67 Comentários

  1. Ainda há muita coisa a ser descoberta, mais acho que estão próximos de descobrir algo muito importante como, o corpo espiritual por exemplo, do que ele é realmente formado.Só espero que não usem isso para o mal.

    Thumb up 4
  2. Será que tem haver com o fogo? Bom eu li uma vez que se pode controlar a cor de uma chama apenas com vibrações sonoras.

    Talvez estejamos chegando mais perto de descobrir como aqueles 3 homens saíram ilesos da fornalha de fogo de Nabucodonosor(Bíblia).

    Será que em breve as águas não nos afogaram e o fogo não nos queimará?

    Quem sabe no futuro próximo nossos edifícios terão um sistema sonoro anti incêndio, ou até mesmo ser imune.

    Thumb up 10
    • tinha que ter um crente pra falar abobrinha né?

      Thumb up 34
    • Pelo menos ele tem coragem pra por o próprio nome o que não é o seu caso…

      Thumb up 14
    • nuss

      nusss

      ela falou asneiras,

      mas pelo menos ele falou o nome

      pela amor de deus…

      Thumb up 11
  3. “Novo” estado Físico da Matéria?

    No primário, ensinam 3 estados da matéria:
    - Sólido Líquido e Gasoso.

    No Colegial, ensinam mais dois:
    - Vitrêo e Plasmático.

    Já aprendi isso a mais de 20 anos atrás, em escola pública e dizem que isso é novo?

    Fico indignado com uma coisa nisso:

    1 – As escolas passam cada vez menos conhecimento aos aprendizes (alunos).
    2 – Estes, por consequencia, terão o pouco conhecimento que lhes foi transmitido para repassar pra frente.
    3 – Se parte destes aprendizes se tornarem professores, logo, passarão aos seus alunos o que lhes ensinaram e talvez até menos.

    E com isso, vai se formando uma massa de pessoas com menos conhecimento.

    Sinceramente e do fundo do Coração: Eu tenho orgulho dos meus Mestres (Professores). Hoje observo que eles ensinavam por “Gostar de Ensinar”, por “Querer Transmitir Conhecimento” e formar talvez, pessoas melhores que eles foram um dia. E não me recordo se havia questões salariais envolvidas… enfim, ensinar para eles era uma satisfação pessoal. Quantas e quantas vezes, saíamos para campo (isso com 9 a 12 anos de idade) para testarmos experimentos da aula de Cîencias ali, na prática… não ficavamos só na teoria. Hoje, as crianças só saem da mesa da escola pra lanchar, viagens de lazer e ir pra casa!.

    E não falo isso só por mim… Falo representando uma media de pelo menos 4.000 pessoas que passou pelo mesmo Colégio Público e com os mesmos Professores.

    Peço desculpas até por ter transformado um comentário em um desabafo, mas achei necessário escrever isso pois tem horas, que a Ciência (ou alguem que se acha ciêntista) chega a Insultar.
    Por outro lado, cada vez que vejo uma artigo como este que se intitula “Novo” e eu já tenho Conhecimento a Anos do fato, tenho mais orgulho ainda e agradeço cada um dos Mestres que passaram por minha Vida e contribuiram para eu ser o que sou hoje.

    Que prevaleça o Slogan do Site:

    “Os melhores Artigos. Os Leitores mais Inteligentes da Internet”.

    Obrigado novamente pelo espaço.

    Thumb up 19
    • não sei se você reparou, mas não se trata de sólido, líquido, gasoso, plasma nem vítreo, então é novo

      Thumb up 8
  4. O que acontece é que os palhaços deram a vocês uma imagem toda cheia de olhos e lagartos. Devem estar usando hologramas para hipnotizar as pessoas e ainda faturarem em cima de mais uma vigarice. Misticismo e crenças ainda estopora a nossa Sociedade, se bobearmos. E sempre lá, onde só se forja fantasmagoria e espalha.

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
2007062100_blog.uncovering.org_aquecimento_global_image-tm
Aquecimento global é real e perigoso, mas sua origem não é só o CO2

Pesquisadores americ...

Fechar