Controvérsia: cientistas dizem que quebra da velocidade da luz não aconteceu

Publicado em 24.11.2011

Um grupo de físicos comprovou que os famosos neutrinos, que pareciam viajar mais rápido do que a luz, na verdade não viajam tão rápido assim. Eles afirmam isso porque as partículas não emitiram um tipo de radiação específico.

De acordo com um dos físicos desse estudo, é difícil contra argumentar essa última objeção sobre o resultado “mais rápido do que a luz”, que foi produzido por outros cientistas na Itália.

O grupo, com base em Roma, argumenta que qualquer partícula que ultrapasse essa velocidade deveria emitir um tipo particular de radiação enquanto viaja. Como eles não detectaram nada disso nos neutrinos – e porque as partículas não pareciam emitir radiação não detectável – elas deveriam estar em velocidade menor ou igual à da luz.

Eles afirmam que o outro experimento, que disse ter enviado neutrinos de um laboratório na Suíça até outro na Itália em 60 nanosegundos mais rápido do que a luz, deve ter errado a medição de tempo.

O argumento é o seguinte: em alguns casos especiais, partículas conseguem viajar mais rápido do que fótons (partículas de luz) quando penetram em um meio, como o vidro. Isso acontece quando os fótons interagem com os átomos do meio, sendo absorvidos e reemitidos tantas vezes que a velocidade cai muito. Isso permite que outras partículas sejam mais rápidas do que a luz, mas ainda assim menos do que a velocidade normal da luz (ou “c”, a conotação usada para ela).

Quando partículas carregadas propagam-se em um meio, mais rápidas do que a luz, elas emitem uma agitação de fótons conhecida como radiação Cherenkov, análoga ao estrondo sônico que os jatos de guerra fazem quando ultrapassam a velocidade do som. O efeito Cherenkov é previsto pelo modelo tradicional das partículas físicas e também é observável no mundo real, geralmente como um brilho azul que emana de núcleos de reatores nucleares.

Após o teste com os neutrinos, os físicos Andrew Cohen e Sheldon Glashow, da Universidade de Boston, argumentaram que uma radiação similar à Cherenkov, mas ligada aos neutrinos em vez de partículas carregadas, deveria estar emanando do feixe de neutrinos usado. Se eles estavam emitindo essa radiação, tinham que estar perdendo muita energia.

O físico da Universidade da Califórnia, David Cline, e membro do estudo mais recente, afirma que uma radiação similar à Cherenkov, na forma de fótons e pares de elétrons-pósitrons, estaria saindo do que os físicos chamam de “partículas virtuais”, pairando ao redor dos neutrinos.

“A luz Cherenkov vem dessas partículas quando a velocidade da luz é ultrapassada. É difícil argumentar contra esse fato”, afirma Cline.

Dias após a primeira equipe anunciar que havia melhorado e repetido o experimento da velocidade, os físicos do segundo grupo refutaram-no. Eles analisaram dados do feixe de neutrinos e não descobriram evidência alguma de elétrons-pósitrons vindo dos neutrinos.

Eles também disseram que não havia marcas no espectro energético dos neutrinos que implicassem uma emissão de radiação similar à Cherenkov. Conclusão: de acordo com as leis aceitas da física, a velocidade dos neutrinos deve ter sido igual, mas não superior à da luz.

O único contra-argumento possível, de acordo com Cline, é se o venerado e testado modelo padrão das partículas físicas estiver errado. “E claro, isso pode acontecer”, afirma.[LiveScience]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

27 Comentários

  1. Com todo o respeito ao camarada eistein, mas desejo imensamente que sua teoria esteja errada, pois se essa teoria dos neutrinos estiver correta, então novas tecnologias incriveis irão surgir.

    Thumb up 1
  2. Julio
    Voce tocou no ponto certo. No blog “Olhando o Universo”, Existe muitas explicações contrarias a teoria padrão. Ninguem as aprovam e nem discordam. Simplesmente ignoram. Os cientistas tem medo de colocarem sua reputação em jogo. Dão preferencia continuar seguindo a teoria padrão. Discutem a vida toda sem chegar a nenhuma conclusão. Esta teoria pode estar totalmente errada. Ninguem tenta arranjar uma explicação mais lógica. Outra coisa importante é que eles jamais leem estes artigos expostos aqui e se se lerem não opinam.

    Thumb up 1
  3. A velocidade da luz varia no meio em que está. Isto é: depende da densidade deste meio.
    No Vácuo: 300.000 km/s,na água 225.000,ho vidro 200.000, no diamante 125.000, etc.
    Quem sabe, na perifeia do universo, onde a densidade e a gravidade sejam aproximadamente zero, a velocidade não seja maior?

    Thumb up 5
  4. A novidade cientifica é sempre dificil de engolir para vaidosos cientistas, principalmente se a descoberta não foi sua, aí passa a vigorar a inveja, a descrença institucionalizada, até que o dono do insight tenha consiga demostrar através de reiteradas comprovações, e proporcionado repetidas vezes a experiencia com sucesso, para haver aceitação. Por isso muitas vezes descobertas antigas viram novas descobertas devido a esse rigorismo, que por falta de tecnologia, ficam muitas vezes na obscuridade pela impossibilidade de atender exigências do ciume.

    Thumb up 9
    • Disse tudo, cara! Ótima matéria!

      Thumb up 0
  5. Espero que tenha algum fisico formado lendo isso e me corregir se eu estiver falando bobagem, mas como eles esperam que um neutrino emita um tipo diferente de radiação se ele não tem carga elétrica como elétron e próton?Como disse não sei se estou falando bobagem, mas fiquei pensando nisso…se a partícula é neutra, se ela superasse a velocidade da luz ela tinha de ser obrigada a emitir um tipo de radiação?Na física, o próprio neutrino já é uma excesso, pois não tem carga elétrica…enfim, espero não ter falado muita bobagem….

    Thumb up 11
    • Não falou bobagem. Neutrinos são partículas elementares da família dos elétrons, e são muitas vezes residuais das reações nucleares que acontecem nas estrelas. A carga elétrica em si vem do fato da partícula, ao atingir uma velocidade altíssima, deixa de se comportar como partícula e passa a se comportar como onda, o mesmo acontece com os fótons, justamente os concorrentes principais nessa corrida pra ver quem é a mais rápida.

      Thumb up 7
  6. Todos nós estamos com a razão ao comentar um assunto tão polemico. Faltam dados importantes para nosso conhecimento. Eu comentei em certa ocasião que deveriam fazer o mesmo teste em sentido contrário. Provavelmente não acontecerá nada de novo, mas eu queria saber se o campo magnético tem alguma infuencia sober os neutrinos como tem nos fótons. Infelizmente estes comentários não chegam ao conhecimento das grandes feras no assunto. Se perdem por aqui. Einstem pode está errado sim. Ele se baseou no big bang e na expansão do universo para elaborar sua leis. Se não aconteceu nada disto, tudo terá que ser refeito.

    Thumb up 5
    • a teoria e=mc² pode ser que um dia
      seja alterada, mais a importancia
      de Einstem jamais!!!

      Thumb up 3
  7. Eu só queria saber uma coisa; SE os neutrinos viajam mais rápido que a luz, significa que a física vai ser remodelada?

    Thumb up 3
    • pelo menos a teoria da relatividade do Eintesin teria que ser revisada.

      Thumb up 2
    • O problema pior de todos é que a velocidade da luz é considerada uma constante (c=3×10^8 m/s) aproximadamente. E essa constante está inserida em várias equações da física, como por exemplo, na mãe de todas as equações; E=mc².

      Thumb up 0
    • Só para constar a importância da velocidade da luz, ela é usada entre outras milhares de aplicações para medir a unidade “metro” (m), ou seja, essa unidade de medida nada mais é, que a distância percorrida pela luz no vácuo em determinado tempo, aproximadamente, 1/299 792 458 segundo.

      Thumb up 2
  8. Eh a reacao daqueles que mandam na ciencia..Nao sao diferentes dos fanaticos religiosos..Que nojo !

    Thumb up 6
    • teu lugar não é aqui meu velho, vaza

      Thumb up 0
    • Como assim?Apresentar argumentos solidos contra argumentos anteriores é coisa de fanaticos?Fanáticos nem perderiam tempo debatendo a questão.

      Thumb up 1
  9. calma lá, se na comunidade é consenso ser a velocidade da luz é intrasponível, como pode haver consenso da existência da radiação de Cherenkov, quando da quebra da velocidade da luz

    Thumb up 10
  10. Controvérsia mesmo, uma vez que outra publicação nesta página diz que os neutrinos podem viajar mais rápido que a luz!

    Thumb up 5
  11. não conseguem se decidir sobre este assunto, haviam confirmado, agora dizem ser controvérsia? Até onde isso vai chegar?

    Thumb up 5
  12. “qualquer partícula que ultrapasse essa velocidade deveria emitir um tipo particular de radiação enquanto viaja.”

    Como tem cientista engraçado. Bem, quando foi que eles conseguiram verificar esta hipótese experimentalmente? Ou seja, como podem afirmar que uma particula mais rápida que a luz deveria fazer isso, se nunca foi observado uma particula mais rápida do que a luz?

    Bem, isso é para ver como a Ciência. Pouco realmente através de fatos. Mas através do que os pararigmas teóricos propõe. E assim, tentam interpretar os experimentos, e adaptar as observações de acordo com os paradigmas vigentes. Isso é ciência, e poderia ser diferente?

    Thumb up 13
    • Belíssima dedução. A ciência é assim mesmo cheia de especulações teórias que muitas vezes se embaralham como novelos de lã e ninguém sabe mais onde está a ponta. E alguns endeusaram Einstein que serão capazes de engolir largatixas com mostarda para não aceitarem teorias que quebrem a tal relatividade. Eu só acho muita arrogância estabelecer todas as regras e cálculos em cima de um sinal (luz) que supostamente é o mais rápido, num Universo tão vasto… mas fazer o quê, tem que se justificar as verbas e os salários desses malucos…

      Thumb up 3
    • CORRIGINDO EU MESMO – Escrevi largatixas mas é lagartixas. “

      Thumb up 1
    • Pelo que entendi no texto, em meios como o vidro a velocidade da luz varia e portanto pode ser ultrapassada pelos neutrinos nesse meio. A velocidade que nao pode ser ultrapassada é o C, ou, a velocidade da luz no vacuo.

      Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
StolenGadget_NigelBuchanan
Como rastrear um dispositivo roubado?

Conheça softwares de...

Fechar