Transplante de células tronco é esperança contra diabetes tipo 1

Publicado em 18.04.2009

diabetes

Várias pessoas que se submeteram ao tratamento de transplante de células tronco conseguiram sobreviver sem injeções de insulina por até dois anos e meio. Depois o tratamento tradicional teve que ser retomado.

A técnica foi usada em 23 pessoas até agora – diagnosticadas com o tipo 1 de diabetes.

Após o transplante de células-tronco, 20 dos 23 pacientes tornaram-se livres da insulina por, pelo menos, alguns meses ou anos. A média foi de 31 meses.

E, apesar do que pode parecer, essa não é uma pesquisa (pelo menos não completamente) estrangeira. Todos os transplantes foram feitos em um hospital brasileiro.

De acordo com Richar Burt, um dos pesquisadores, os resultados são muito encorajadores. “Mas é necessário um estudo maior. Eu nunca disse a palavra ‘cura’ relacionada a diabetes, mas temos que esperar para ver os resultados no final das pesquisas” explica Burt.

Há aqueles que não aprovam o tratamento. Como o Dr. Mohamed El-Shahawy, um nefrologista, que afirma que o tratamento é muito arriscado. “Os pacientes são expostos a um tipo de tratamento cuja eficácia não foi comprovada” afirma.

A afirmação do médico vem da possibilidade de que, quando é feito um transplante de células tronco da própria pessoa, o sistema imunológico dela possa ser “resetado”. Então o paciente precisa passar por quimioterapia. Mas, quando isso ocorre, o sistema pode fazer com que as células produtoras de insulina do pâncreas se regenerem e voltem a funcionar.

De acordo com Christopher D. Saudek, da Johns Hopkins University School of Medicine, em Baltimore, não há cura para a diabete 1 e nem para a diabete 2, mas isso não quer dizer que os pacientes não possam fazer uso das terapias disponíveis atualmente.

“Um grande nível de mortalidade e da redução da qualidade de vida dos pacientes pode ser evitado, se as pessoas se tratarem corretamente, mesmo com as terapias disponíveis atualmente” explica Saudek. “Os resultados dos transplantes realmente são intrigantes e merecem mais investigação” completa. [WSJ]

Um video sobre diabetes tipo 1 e remissão com terapia de células-tronco:

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

63 Comentários

  1. eu, tenho diabetes desde dos 10 anos hoje tenho 21 anos, e ja não suporto mais essa doença, ele me judeia demais, tem dias em que choro demais pois e muito complicado, no entanto como gostaria muito de receber esse transplante, seria meu melhor presente pois não ta sendo facil mas pra mim conviver com essa doença insuportável.

    Thumb up 3
    • Boa tarde Maria

      A diabetes realmente é um peso muito grande mas não podemos desistir e devemos manter nosso controle sempre e aguardarmos que as pesquisas se concluam para finalmente termos uma solução para ela. Tenho 40 anos (02/2012) e sou diabetico desde 1973, isto é, desde os 2 anos e mesmo com todo tempo não tenho sequelas da doença. Indico meu blog, caso voce queira dar uma olhada e acompanhar : http://vida-doce-diabetes.blogspot.com

      Thumb up 3
  2. SOU DIABÉTICO DESDE OS 20 ANOS, TENHO HJ 27 E NÃO AGUENTO MAIS ESSA VIDA.TEM HORA D DÁ VONTADE DE DESISTIR D TUDO…DOENÇA INGRATA,TOMO DOIS TIPOS D INSULINA(AS VZES MAIS DE 4 P/DIA)E M MONITORO COM APARELHO D GLICEMIA, MAS MESMO ASSIM NÃO CONSIGO MANTÊ_LA CONTROLADA…ADORARIA M SUBMETER A UMA DESSAS CIRURGIAS DE CÉLULAS TRONCOS,É A MINHA ESPERANÇA,SÓ ESPERO Q NÃO DEMORE,POIS ISSA MERDA DE DOENÇA JÁ ATRAPALHOU MINHA VIDA EM MUITAS COISAS…SE AGUÉM PUDER ENCAMINHAR MINHAS SÚPLICAS A ALGUM CENTRO OU HOSPITAS Q ESTEJA FAZENDO ESSES TESTES FIKARIA ETERNAMENTE GRATO…

    Thumb up 8
  3. sou diabetica a 23 anos, e minha filha de 11 anos tambem esta com essa doença do mal, mas queria tanto ter mais noticias desse transplante com celulas tronco, porque e a minha ultima esperança,por favor me deem alguma noticia.por favor.

    Thumb up 1
  4. Oi tudo bem…Sou uma mãe desesperada pelo seu filho que tem diabates tipo1, descobrimos em abril 2011.Não é facil ver seu filho aplicando todo dia a insulina controlando o diabete…Gostaria de ajuda se tem algo que posso fazer por ele,uma mãe nunca deseja o mal para o filho, se possivel gostaria de estar no lugar dele…..
    Aguardo retorno pelo o meu email….

    Desde já agradeço
    Marcia

    Thumb up 1
    • Marcia, sou mãe de um diabético tipo 1 desde 2 anos de idade, era um bebê, não existia nada diet naquela época, hoje ele tem 25 anos, tem uma saúde de ferro, sempre cuidamos da taxa de glicemia, ele é feliz, mas também reclama das picadas todos os dias, mas temos que esperar uma intervenção eficaz e segura. Também gostaria que meu filho fosse curado, mas será que esse procedimento com a célula tronco funciona mesmo?

      Thumb up 2
  5. tenho uma filha com diabetes tipo1 e e um sonho ela receber este trasplante de celula tranco ela ja teve varias crises de hipoglicemia so tem 8 anos,e nos descobrimos a doenca em dezembro de2010,ela entrou em coma com gricemia a 1180.ficou na uti 4 dias e no hospital por 16 dias HU de Londrina Parana ela nao esta na idade de receber o transplante mais se houver um milagre e o que espera esta mae

    Thumb up 3
  6. MINHA CARA ALEXSANDRA NAO FAÇA ISSO,EU TENHO 2 FILHAS COM DIABETES TIPO1,QUANDO DESCOBRI ISSO PENSEI QUE EU FOSSE MORRER DE TRISTESA,ENTREI EM DEPRESSAO ,E ATE HOJE FICO DEPREMIDO COM ISSO,MINHA FILHA MENOR JA TEVE VARIAS VEZES CRISE DE HIPOGLECIMIA DE EU TER QUE CORRER NA MADRUGADA COM ELA PRO PONTO SOCORRO,SENDO QUE UMAS DESSAS VEZES EU QUASE PERDI MINHA PEQUENA,POIS ELA FICOU IMOBILIZADA NO MEUS BRAÇOS,MAS MESMO ASSIM NAO DESISTO DE LUTAR CUIDO DELAS JUNTO COM A MINHA MULHER,POR ISSO EU TI DOU UM CONSELHO,LUTE ,LUTE COM TODA SUA FORÇA,SIGA AS ORIENTAÇOES DO MEDICO FAÇA UMA DIETA,PORQUE VIVER E BOM ,NADA SUBSTITUI A VIDA,POIS ELA E UMA DADIVA DE DEUS QUE NOS DEVEMOS CONSIDERAR COMO UM PRIVILEGIO QUE E VIVER

    Thumb up 3
  7. bem, aos 23 anos de idade ,descobri que estava diabetica, tenho heranças geneticas de minha avo e familiares…tomo 36 de lantus por dia e tres vezes da novorapid durante o dia….
    tenho a doença a sete anos e sabe não consigo me cuidar…como tudo que sinto vontade e injeto doses de insulina rapida…monitoro seis vezes por dia para tentar manter a glicose em dia….acho que quero me matar mesmo sabe…
    não consiguo viver uma vida cheia de restrições sem poder fazer o que sinto prezer…..tenho crises de hipoglicemia todos os dias…é terrivel…
    então vou levando avida em meios as agulhas e picadas diarias….
    prefiro viver uma curta vida que viver uma longa vida sem qualidade…….

    Thumb up 2
    • Ola Alexsandra,

      Gostaria de incentiva-la a se cuidar pois acredito que é sim a nossa melhor arma e escolha para esta doença. Tenho 40 anos e fiquei diabetico aos 2 e resolvi escrever um livro com todas as dificuldades que a vida do diabetico causa, então imagine como foi, desde 1973. Segue meu blog e caso precise meu e-mail para trocarmos ideias:

      http://vida-doce-diabetes.blogspot.com
      e-mail: marcio_ale_pereira@hotmail.com

      Thumb up 2
  8. Olá Meu nome é Priscila tenho 19 anos há 10 anos sou diabética minha glicose não fc controlada por favor me ajudem eu preciso de algo q me ajude QUERO SER COBAIA…

    Thumb up 0
  9. Olá, meu netinho tem 12 anos e nós descobrimos desde os três aninhos de idade que ele tem diabetes , eu quero saber se ele poderia fazer o tratamento com celulas tronco. Eu preciso de uma resposta pois não aguento mais vê-lo tomando tanta furada de agulha para tomar insulina, todos os dias ele chora e nós também, meu maior desejo é de poder ajudá-lo por isso estou entrando em contato, fico aguardando ansiosamente por sua resposta. E-MAIL mrcosta@chesf.gov.br.

    Thumb up 0
  10. Olá, tenho diabetes tipo 1 a 15 anos, uso insulina duas vezes ao dia no momento estou gravida de 2 meses, gostaria de participar desta pesquisa se possivel . estou muito angustida por que tive varias complicações devido ao diabetes, me ajudem por favor?

    Thumb up 1
  11. SOU DIABETICO A 7 ANOS FAÇO USO INSESANTE DE INSULINA DUAS VEZES POR DIA 30 VI DE MANHA E 10 VI A NOITE FAÇO TAMBEM MONITORAMENTO DA GLICEMIA SOU DO DIABETES TIPO 1,GOSTARIA MUITO DE FAZER PARTE DO BANCO DE COBAIA EM PESQUISAS COM CELULAS TRONCOS MORO EM BELO HORIZONTE-MG NA RUA OLAVO BERNARDES N 135 BAIRRO HAVAI CEP 30570-340 ESTOU SEMPRE ACOMPANHANDO O BANCO DE PESQUISAS.

    Thumb up 0
  12. O meu marido tem o sonho de poder participar da pesquisa de células tronco tem 37 anos e não aguenta mais tomar insulina
    três vezes ao dia,fora os comprimidos também,ele se doaria totalmente e ficaria muito feliz de poder participar e ajudar a medicina sabendo que seria muito importante para outras pessoas. por favor ele tem muita esperança e muito interesse. Espero uma resposta o mais rápido possível,pois enquanto a vida a esperança nós temos duas filhas e a maior preocupação do meu marido é ter saúde para poder criar nossas filhas com saúde .

    Thumb up 0
  13. minha filha tem 11 anos e tem diabetes tipo 1 ha 7 anos.no início foi muito difícil e eu meu marido sofremos muito.
    Mas não perdemos a esperança e a fé em DEUS efizemos de tudo para termos nossa fiha bem ao nosso lado.Acredito que não só minha filha;más todos que tem diabetes vão ser abençoados com a cura.Não devemos nos desanimar nunca e sim vencer todas nossas difículdades a cada dia.

    Thumb up 5
  14. OLA GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA INSCREVER MEU FILHO NESSE TRATAMENTO. DESCOBRI A POUCO TEMPO, DA PIOR FORMA, Q FOI ELE INDO PARAR NO HOSPITAL E QUASE FICANDO EM COMA.E APESAR DE TODO CONTROLE NA ALIMENTAÇAO, ELE TEM Q TOMAR INSULINA VARIAS VEZES AO DIA.POR FAVOR ME DE UMA AJUDA .ONDE FAÇO ESSA INSCIÇAO.MORO EM ITAGUAI-RJ.
    OBRIGADA

    Thumb up 0
  15. Olá,sou diabética tipo1 a 22anos e até hoj graças a deus nao tenhu nenhum sequela da doença,sou professora,trabalho normal só ki as vzs a diabetes descontrola e fico péssima com medo de acontecer algo de ruim comigo,qeria saber como faço pra fazer um tratamento com células tronco,vcs poderiam me ajudar?ficaria muito grata porque nem sei por ond começar a procurar esse tratamento,moro no interior do Estado do rio de janeiro,aguardo uma resposta por e-mail.Desde já agradeço a atenção.

    Thumb up 0
  16. Olá pessoal tenho um irmão que também têm a diabete tipo 1, desde os 18 anos, tudo começou qdo ele foi se alistar para o exército, no dia de se apresentar ficou tão nervoso que desmaiou, disse alguns médicos que ele bateu o lado do pancreas, hoje atualmente ele está com 40 anos, diz que está cansado dessa vida, vive entrando em coma, está atualmente afastado do serviço, perdendo parte da visão com cirurgia marcada (mas ninguem sabe por quanto tempo essa cirurgia será eficaz para ele) gostaria de saber se na idade dele ele poderia estar fazendo o tratamento com células tronco e a quem procurar. Por favor sejam breve com a resposta pois sinto que a cada dia estou perdendo meu irmão. desde já agradeço a atenção.

    Thumb up 0
  17. Cara Rivas,e demais amigos…
    Observando seu relato, lembro bem como ficamos eu e minha espôsa quando descobrimos que nosso pequeno de 3 anos havia ficado diabético. Não acho prudente da parte de vcs quererem que ele faça parte deste experimento de transplante de cálulas tronco, uma vez que sempre há riscos envolvidos nesta operação. A ciência está avançando à passos largos rumo à, senão a cura, mas à uma vida tranquila e cômoda aos diabéticos, e o que voces devem fazer de momento é controlar os índices de glicemia do seu filho e ficarem bem atentos pelo menos até o sexto ano de vida dele, para que não tenha mais convulsões hipoglicêmicas. A criança está em pleno desenvolvimento, então é normal que os índices dela tenha picos hiperglicêmicos, uma vez que ela TEM QUE COMER para poder crescer. O importante é que estes níveis NÃO PERMANEÇAM POR MUITO TEMPO altos, ok? Podem haver os picos, mas com o controle isto será temporário, e não afetará a saúde e os órgãos da criança. Tranquilizem-se e não transfiram suas preocupações para a criança. Levem uma vida normal, e tenham a certeza que, os cuidados que todos os diebéticos tem que ter, deveria ser OBRIGATÓRIO à todas as pessoas normais… Olhem ao seu redor e vejam que existem problemas MUITO PIORES que o seu. Doenças degenerativas que levam à morte, cânceres de todos os tipos, etc. Não desanimem com esta disfunção do seu filhote. Eu tive 2 filhos diabéticos. O mais velho de 17 anos ficou agora à 6 meses e o mais novo, que está agora com 9 anos, ficou diabético aos 3 anos. Não importam os resultados de picos medidos, ok? Não se preocupem com eles. Servem apenas para voces monitorarem. O que importa é a HEMOGLOBINA GLICOSILADA. O resultado da GLICOSILADA é que vai dizer se vcs estão ou não controlando bem o seu filho. De madrugada, importante fazer uma medição às 3 horas da manhã, para ver se a criança não vai ter hipoglicemia dormindo. Voces devem se revezar. Eu e minha esposa TIRAMOS DE LETRA… Um dia ela mede, outro dia eu meço, e assim consecutivamente… Nos sentimos ORGULHOSOS de podermos estar DANDO O SUPORTE NECESSÁRIO para que nossos filhos VENÇAM ESTA BATALHA… É fácil… FORÇA !!!! E TUDO MAIS ENTRARÁ NOS EIXOS… FIQUEM COM DEUS.

    Thumb up 7

Envie um comentário

Leia o post anterior:
zoo-4
Fotos de Filhotes fofinhos

Veja fotos de filhot...

Fechar