Dispositivo em smartphone detecta risco cardíaco em segundos

Publicado em 31.10.2011

Uma nova e revolucionária invenção médica aproveita a tecnologia do smartphone para o tratamento de pacientes cardíacos. A ferramenta autônoma, desenvolvida na Suíça, não só identifica em tempo real anomalias no ritmo cardíaco, mas também alerta médicos em segundos, ajudando-os a tratar os pacientes com mais rapidez.

O monitor do dispositivo, pequeno e leve, é composto por quatro sensores não invasivos de eletrodos ligados à pele, que são ligados a um módulo de rádio e um chip de computador que fica preso a cintura do paciente.

Os dados são jogados para o smartphone do usuário, podendo ser acompanhados em tempo real por até 150 horas com uma única carga. Quando qualquer anormalidade é detectada, os dados do paciente são enviados para o médico, para exame através de uma imagem anexada por e-mail.

O dispositivo cardíaco demorou quatro anos para ser desenvolvido e está animando cardiologistas. Não bastasse seu tamanho, leveza e facilidade de uso, ele permite análise em qualquer lugar, sendo muito atraente para os médicos e útil para os pacientes.

No futuro, essa ferramenta poderá ter outros usos relacionados com a saúde, como no monitoramento do desempenho atlético ou na avaliação da dieta e atividade física em pacientes obesos.

Muitos médicos já estão usando aplicativos de smartphone para monitorar pacientes na Europa. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 17 milhões de pessoas morram de doenças cardiovasculares a cada ano. Esse quadro pode se alterar com métodos mais fáceis de detecção de problemas cardíacos, já que muitas dessas mortes acontecem porque a patologia não foi detectada a tempo.

Dispositivos como esse não só simplificam a vida de pacientes cardíacos – que farão menos viagens para o hospital -, mas também poderão reduzir custos para os sistemas de saúde. [CNN]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

Envie um comentário

Leia o post anterior:
internet
Anatel aprova regulamentação pela qualidade da banda larga

A falta de regulamen...

Fechar