Humanos fizeram sexo regularmente com misteriosos hominídeos na África

Publicado em 13.09.2011

Embora os seres humanos modernos sejam os únicos sobreviventes da linhagem na humanidade, outros já habitaram a Terra, fazendo seu caminho para fora da África antes mesmo de nossa espécie o fazer – incluindo os neandertais no oeste da Ásia e o recém-descoberto hominídeo de Denisova na Ásia oriental.

A análise genética de fósseis dessas linhagens extintas revelou que eles já cruzaram com os humanos modernos, união que pode ter gerado mutações em nossa linhagem, e que teria nos protegido quando começamos a nossa expansão ao redor de todo mundo, aproximadamente 65 mil anos atrás.

Agora, pesquisadores que recentemente analisaram o genoma humano encontraram evidências de que nossa espécie hibridizou com uma linhagem de humanos até então desconhecida antes mesmo de deixar a África – cerca de 2% do DNA africano talvez seja proveniente dessa linhagem.

Em comparação, as estimativas recentes sugerem que o DNA do neandertal estaria presente em 1% a 4% dos genomas modernos (no caso da Europa e Ásia) e o hominídeo de Denisova teria 4% a 6% do DNA presente nos genomas da Melanésia.

Um novo estudo sequenciou cerca de 60 regiões do genoma humano que aparentemente não tem nenhuma função. Estes genes são menos sujeitos a mudanças do que o DNA funcional – que se altera como resultado das recentes pressões evolutivas. Esses genes podem dar uma visão mais clara sobre como a população pode ou não ter se misturado no passado.

Três populações que apresentam uma boa amostra da diversidade geográfica e cultural da África subsaariana foram focadas, e então foram procurados padrões incomuns de genes que poderiam ter surgido de cruzamentos com linhagens primitivas.

Isso incluiu a caça aos haplótipos longos, ou conjuntos de sequências de DNA que não são vistas em outros grupos de humanos modernos (que tendem a ter haplótipos mais curtos). Haplóplitos relativamente longos, encontrados juntos em um trio incomum, foram descobertos em vários sequenciamentos.

Ao comparar esse conjunto de genes com o dos comumente encontrados nos humanos modernos, os pesquisadores estimaram que eles podem ter vindo de uma linhagem de ancestrais humanos que viveram cerca de 700 mil anos atrás. Para se ter uma ideia mais clara, a linhagem neandertal divergiu da nossa 500 mil anos atrás, enquanto os primeiros sinais das características humanas modernas apareceram 200 mil anos atrás.

O comprimento dos haplótipos exóticos encontrados, provenientes dessa linhagem extinta, sugere que o cruzamento pode ter ocorrido até recentemente, como 35 mil anos atrás. Cientistas acreditam que a união sexual dessa espécie com a nossa pode inclusive ter acontecido com bastante frequência e regularidade.

O trio de haplótipos exóticos da linhagem extinta foi encontrado em grupos humanos modernos localizados não só na África subsaariana, mas também em uma população de pigmeus da África central. Como esse grupo é relativamente isolado de outras populações humanas modernas, incluindo outros pigmeus, os cientistas acreditam que esse ambiente pode ter sido a terra natal da extinta linhagem.

A equipe de pesquisadores pretende analisar outras sequências de genes de vários outros grupos humanos modernos africanos para obter mais informações sobre como os cruzamentos podem ter ocorrido.

Os pesquisadores também querem descobrir se o DNA de nossos parentes primitivos nos conferiu alguma vantagem evolutiva. O processo de cruzamento dos seres humanos modernos com outras linhagens pode ter acelerado o processo evolutivo, permitindo uma melhor adaptação às novas condições. Este pode ter sido um modo importante de aquisição de novas características que nos tornaram o que somos hoje.

Até agora, entretanto, nenhum vestígio dos incomuns haplótipos da nova linhagem descoberta foram observados fora da África. Mas enquanto não há mais pesquisas e procura, é difícil afirmar alguma coisa concretamente. [LiveScience]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

16 Comentários

  1. Gente, a humanidade estava em processo evolutivo. Houve cruzamento de tribos diferentes. Homens da caverna. Alguns estavam, mais adiantados que outros. Ninguém transou com uma espécie humanóide diferente. Não viemos dos macacos, mas de uma linhagem parecida.

    Thumb up 1
  2. Não sei como ainda tentam implantar nas mentes humanas a evoluçãos dos mesmos como descedentes dos primatas! ninguém acredita mas nestas mentiras, e se querem manipular aos humanos, terão que inventar outras histórias! porque estas já ficaram velhas e passadas, as crianças cresceram e os cientisats e politicos manipuladores! parecem não terem percebidos.

    Thumb up 0
  3. por isso que estão cheios de perebas ….ficam metendo com todo tipo de animais ….

    Thumb up 5
  4. Isso contraria a teoria da evolução,de acordo com ela não haveria chance de humanos se encontrarem com ‘hominídeos ou hominídeas’há 35 milhões de anos atrás já que foram eles,os hominídeos,que estavam em processo de evolução pra chegar até nos…

    Thumb up 3
    • Hibridos tambem estao sujeitos a seleção natural, não há um raça humana estática no final do processo evolutivo.

      Thumb up 1
    • Não contraria não, “burro”… um mesmo organismo evolui de maneira diferente em ambientes diferentes, e este é um dos motivos da variedade de espécimes no planeta…

      Thumb up 2
  5. Isso só prova a quantidade de raças que habita a terra e n00ós nem nos damos conta.
    Até o dia que chegar um ET (EBE) e disser… Eu sou você… amanhã.

    Thumb up 3
    • VC TIROU ISSO DA TURMA DA MONICA QUANDO O CHICO BENTO ACHA ELE DO FUTURO né?

      Thumb up 3
  6. Como se pode ver pela reportagem da Stefanie, o (planeta) Terra, o nosso Terra, já esteve habitado por multiplas espécies humanas. Sem isto teria sido impossível e improvável tanta diversidade racial existentes. E pelo visto tivemos Adãos brancos, negros e asiáticos e seus interrelacionamentos veem de milhões de anos. Se alguem nos chamar de filho disso ou daquilo, o melhor é calarmos, porque ninguém escapa mesmo.

    Thumb up 6
  7. TEM SEREM HUMANOS QUE FAZEM SEXO COM CACHORRO, CAVALO. JUMENTO ETC.. FAZER SEXO COM “hominídeos” É FICHINHA…

    Thumb up 20
  8. A prova de que isso deu muito certo é a Barbara Rossi, meu deus… ou tantas gatíssimas que temos no brasil e mundo a fora…

    Thumb up 1
    • Também me Perguntei a mesma coisa!
      Não seria hominedeas?

      Thumb up 0
    • Só gosto de ‘humanoide’.

      Thumb up 1
    • Quem sabe não foram as fêmeas humanas a reproduzir com hominídeos de uma outra raça? Ou melhor ainda, será que eles não faziam “swing” (trocas de casais”) e grandes bacanais, regadas a vinho e cerveja, há milhões de anos?

      Eu acho que naquela época eles se dedicavam muito mais a adorar deusas da fertilidade do que atualmente.

      Thumb up 12

Envie um comentário

Leia o post anterior:
grail-moon-orbiter-illustration
NASA lança sondas gêmeas à Lua

A mais recente missã...

Fechar