Menina de 10 anos recebe transplante de veia feita com suas células-tronco

Publicado em 17.06.2012

Um órgão “fabricado” com células-tronco foi o que salvou a vida de uma menina norte-americana de apenas 10 anos. Portadora de uma doença incomum, ela precisava substituir a Veia Portal Hepática, que leva sangue dos intestinos e do baço até o fígado.

Para evitar as complicações de um transplante convencional (principalmente o risco de rejeição), um grupo de pesquisadores suecos criou uma veia a partir células-tronco da própria paciente. Usando como base a estrutura de uma veia que havia sido doada, eles cultivaram o tecido por duas semanas e implantaram na criança.

Pouco depois da cirurgia, o novo vaso sanguíneo já estava com fluxo normal. Para a Dra. Suchitra Sumitran-Holgersson, que participou da equipe responsável pela operação, os resultados são muito animadores. “Essa técnica pode aumentar muito a qualidade de vida do paciente após o transplante”, declarou.

Apesar do sucesso, a Dra. Sumitran-Holgersson ressalta que a técnica ainda precisa ser aperfeiçoada: nove meses depois do transplante, foi preciso fazer uma nova intervenção, dessa vez para tratar parte do tecido, que havia ficado rígido. Hoje, a menina está com boa saúde e consegue fazer exercícios leves.

Criar órgãos ainda é um procedimento complexo e de custo elevado, mas que traz esperança a muitos pacientes e tem um enorme potencial. “Acredito que ainda veremos muito isso no futuro”, conclui a médica.[ABC News]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário

Leia o post anterior:
green-humphead-parrotfish
Cabeçadas violentas na luta entre peixes [vídeo]

Eles chocam seus crâ...

Fechar