O segredo para um casamento feliz segundo a ciência

Publicado em 20.07.2010

Cada casal tem suas receitas para manter um casamento feliz: confiança, sinceridade, lealdade… Mas cientistas afirmam que a real fórmula para que a união não acabe em divórcio é muito mais complicada do que simplesmente isso.

Anneli Rufus, jornalista e escritora, mergulhou em estudos dedicados ao assunto para compilar uma lista de 15 sinais que demonstram se um casal está caminhando para o divórcio. Os motivos descritos pela jornalista são diversos e vão desde o sexo dos filhos de um casal até a etnia do parceiro, passando por níveis de testosterona e a saúde como um todo.

Um estudo recente sugere que as pessoas que costumavam sorriem ao aparecerem em fotografias quando eram jovens são menos propensos a se divorciar na vida adulta quando comparadas com quem fazia cara feia.

A pesquisa revelou que apenas 10% das pessoas interrogadas que sorriam em fotos na infância passaram por um divórcio em comparação com 31% das pessoas que faziam caretas para a câmera. Psicólogos da Universidade de Radford, no estado de Virgínia, Estados Unidos, desenvolveram uma fórmula para calcular as probabilidades de sucesso conjugal baseada na carreira de um dos cônjuges.

Segundo a tal fórmula, dançarinos e coreógrafos enfrentam uma taxa de 43% de chance de se divorciar em comparação com 19% entre os matemáticos. As chances são de apenas 8% entre os dentistas. Questionada sobre a riqueza das explicações apresentadas por cientistas, a Sra Rufus – que é casada – disse: “Esses números ajudam a pensar sobre o panorama geral e quais são os fatores que têm mesmo a ver com o fim de relacionamentos”.

Respire fundo e confira a lista dos 15 indícios de que seu relacionamento tem boas chances de acabar em separação:

  • 1. Se você é uma mulher e se casou antes dos 18 anos, seu casamento enfrenta uma probabilidade de 48% de divórcio dentro de dez anos.
  • 2. Se você é uma mulher que tem muito mais vontade do que seu marido de ter uma criança, seu casamento tem mais do dobro de chances de terminar em divórcio comparado com as uniões em que ambos concordam em quanto eles querem ou não uma criança.
  • 3. Se você tem dois filhos, você enfrenta uma probabilidade de 36,9% do divórcio, mas se você tem duas filhas, a probabilidade sobe para 43,1%.
  • 4. Se você é um homem com alto índice de testosterona, você tem 43% mais probabilidades de se divorciar do que homens com baixos níveis do hormônio.
  • 5. Se o seu filho foi diagnosticado com déficit de atenção e hiperatividade, você tem 22,7% mais probabilidade de se divorciar antes que a criança complete oito anos de idade.
  • 6. Se você é casado atualmente mas já morou com outra pessoa que não sua esposa atual, você tem duas vezes mais probabilidade de se divorciar do que alguém que nunca viveu junto com alguém.
  • 7. Se você não sorria em fotografias quando era criança, seu casamento é mais provável que acabe em divórcio do que se você tivesse sorrido intensamente nas fotos de infância.
  • 8. Se o seu filho morreu após a vigésima semana de gestação, no parto ou logo após o parto, você tem 40% mais probabilidades de se divorciar do que se você não tivesse perdido um filho.
  • 9. Se você é uma mulher que foi recentemente diagnosticado com câncer ou esclerose múltipla, o seu casamento é seis vezes mais provável de terminar em divórcio que se seu marido tivesse sido diagnosticado com essas doenças em vez de você.
  • 10. Se você é uma mulher branca e você está separada do seu marido, há 98% de chances de você efetivamente se divorciar no prazo de seis anos. Se você é uma mulher hispânica, a probabilidade cai para 80%. Já caso você seja uma mulher negra, a probabilidade é de 72%.
  • 11. Se você é um dançarino ou coreógrafo, você enfrenta uma probabilidade de 43,05% de divórcio, em comparação com os matemáticos, que têm 19,15% de chances de se divorciarem. Treinadores de animais possuem uma probabilidade de 22,5%.
  • 12. Se você é um fazendeiro, você encara apenas 7,63%. Outras profissões que se encaixam nessa categoria de baixo risco são engenheiros nucleares (7,29%) e optometristas (apenas 4%).
  • 13. Se você ou seu cônjuge sofreu uma lesão cerebral, seu casamento enfrenta 17% de chance de terminar em divórcio.
  • 14. Se você é uma mulher negra, seu primeiro casamento possui uma probabilidade 47% de terminar em divórcio num prazo de dez anos. Para mulheres latinas, a probabilidade cai para 34%. Mulheres brancas tem 32% de chances e as asiáticas, apenas 20%.
  • 15. Se você é uma mulher e está servindo ativamente nas Forças Armadas, seu casamento tem 250% mais probabilidade de acabar em divórcio do que se o homem do casal estivesse servindo. [Telegraph]

Autor: Rafael Alves

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

9 Comentários

  1. Desde quando sorri noma foto quando pequeno faz diferença em divorcio?
    Cada vez inventam mais bobagens e coisas que nem fazem sentido sobre relacionamentos,e olha que só tenho 12 anos!

    Thumb up 15
    • Se você que tem 12 anos já percebeu tudo isso, imagina só quando for adulta… Você irá ver que nada nesse mundo faz sentido.

      Thumb up 9
    • hehehe

      Comece a melhorar o humor então menina. É lógico, se você pretende ter um casamento feliz! :D

      Thumb up 3
  2. so besteira nessa reportagem!
    para um casamento dar certo eh preciso respeito de ambas as partes.
    entender que o conjugue eh diferente de vc,e todos temos defeitos e qualidades e aprender a conviver com isso

    Thumb up 10
  3. O Segredo de um casamento feliz ou duradouro na minha opinião deve haver: tolerância, confiança acima de tudo, nada de segredinhos, o casal deve se conhecer melhor, fazer as coisas confome os desejos do companheiro (a) evitar fazer o que o (a) outro (a) não gosta.

    Thumb up 10
  4. Precisei passar por três experiências para avaliar o que segura um casamento. Aprendí que devemos ser autênticos na conquista e manter essa autenticidade até que não sirva mais para a parceira escolhida. De qualquer forma haverá um fim se ela não foi autêntica também.
    A maior culpa dos divórcios é aquela históriazinha que as meninas ouvem da família sobre o Príncipe Encantando. Daí elas passam a vida inteira esperando o tal Príncipe e acabam casando com um sapo qualquer para não morrer titia, mas, continuam sonhando e esperando o tal personagem dotado na infância.
    Ao expor esse argumento noutro dia à um grupo de amigos e amigas fui questionado sobre minha solidão de 15 anos após o último convívio matrimonial. Claro! As mulheres são mais autênticas e transparentes nos atuais. Elas deixam evidente que procuram companheiros que tenha carro; não precisa ter muito dinheiro e tão pouco ter um bom lugar para morar. Basta um carro, um corpo atlético e ser cobiçado para que elas entrem em disputa com as demais. Se o sujeito não for muito seletivo cai na armadilha também, pois, quando tem um veículo sempre esconde suas atenticidades.
    Resumindo: “para um casamento dar certo e ser durável, ambas partes devem ser de origens onde a família foi bem estruturada e nela sempre houve harmonia e compreensão.

    Thumb up 15
  5. Averdade é,que ninguem tem tolerancia e a dependencia financeira dos tempos antigos!Cada um ganha o seu ,então praque aturar o outro se ñ depende dele, se a novidade já se tornou rotina?Vivemos no tempo dos discartaveis!Claro q ñ são todos os casais,existem aqueles q permanecem juntos mesmo nas maiores dificuldades e adiversidades,mas,é cada dia mais raro!Ha uniões q ñ entendemos o porque ,somos assim ,complicados!

    Thumb up 4
  6. Não é por nada não, mas, além de não ter NADA a ver, essas informações são simplesmente inúteis….
    E ainda perdi meu tempo lendo!

    Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Conheça a telefonia celular que não precisa de torres

Desenvolvido por cie...

Fechar