Como proteger-se da gripe H1N1

Publicado em 26.06.2012

A campanha de vacinação de idosos e crianças contra a gripe H1N1, também conhecida como gripe suína, foi concluída este ano no dia dois de junho e, segundo o Ministério da Saúde, a meta de vacinar 80% da população alvo foi atingida. Foram mais de 24,12 milhões de pessoas no grupo formado por idosos, crianças, gestantes, profissionais de saúde e populações indígenas (nos municípios em que as metas não foram atingidas, a vacinação deve prosseguir).

Os piores números ficaram entre as gestantes e os indígenas. A infecção pelo vírus da gripe registrou 449 casos, dos quais 51 evoluíram para óbito, de acordo com levantamento do Ministério da Saúde, o que é quase o triplo do total registrado no ano de 2011 inteiro. A maior parte dos casos concentram-se nos estados do Rio Grande Do Sul (dos estados da região Sul, o que teve menor percentual de população-alvo vacinada), Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Para quem não faz parte do público alvo, resta tentar fazer a vacinação por conta própria (os estoques da vacina já estão esgotados em várias localidades), e investir na prevenção. Com a chegada do inverno, espera-se um aumento nas notificações de casos e, para diminuir a probabilidade de contrair uma gripe, fique atento para as dicas.

  1. Lave as mãos frequentemente com água e sabão ou álcool gel a 71%. Por mais que você tome cuidado em não tocar superfícies que possam estar infectadas, em muitos casos isto é inevitável. Antes de fazer qualquer atividade, ao chegar nos ambientes, e em casa, lave as mãos para eliminar o vírus.
  2. Use um lenço descartável para higiene nasal e, ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com o braço (não com a mão, nem com o antebraço), se não tiver um lenço. Mesmo que você não esteja gripado, acostume-se a ter a atitude correta e menos infecciosa, use lenços descartáveis ou proteja o rosto e vias aéreas com o braço ao espirrar. Assim você diminui a quantidade de vírus que poderia, eventualmente, liberar em um ambiente.
  3. Evite levar os dedos aos olhos, nariz e boca, uma vez que o contágio indireto pode ocorrer com o contato com as mucosas. As mucosas são uma das portas de entrada do vírus, e como as mãos são um dos locais mais prováveis para encontrar o vírus, evite tocar nas mucosas. Se for absolutamente necessário, lave as mãos antes.
  4. Evite aglomerações: o vírus é transmitido diretamente de pessoa para pessoa quando alguém contaminado espirra ou tosse, e libera o vírus no ar. Se não puder evitar as aglomerações, como ao utilizar transporte coletivo (elevador, ônibus, trem ou metrô), utilize a máscara descartável de proteção. Não reutilize a máscara.
  5. Não compartilhe objetos de uso pessoal, como toalhas de banho, de rosto, talheres e copos. O vírus sobrevive até dez horas sobre uma superfície lisa. Esta é uma norma básica de segurança de saúde, evite ao máximo a possibilidade de troca de fluidos ou de vírus. Além da gripe, você também evita conjuntivite, só para citar uma das infecções que se apanha em toalhas de uso comum, por exemplo.
  6. Alimente-se bem, ingerindo bastante frutas e água. A alimentação saudável leva a um organismo saudável e a um sistema imunológico mais forte, que tem mais chances de reagir à doença.
  7. Vacine-se. A vacina contra a gripe é eficaz em 70% dos casos, pelo menos, e protege contra os três tipos de vírus influenza A responsáveis pelo maior número de infecções. A mortalidade do vírus reduziu em 84% na comparação com o último ano. Mas fique atento que a proteção proporcionada pela vacina começa a funcionar duas semanas depois da vacinação.

Existem também recomendações do Ministério da Saúde para quem se dirige ou procede de áreas afetadas pelo vírus. Quando for lavar as mãos tome os seguintes cuidados:

  1. Lembre-se de retirar os acessórios (anéis, pulseiras, relógios), uma vez que estes objetos acumulam organismos não removidos com a lavagem da mão.
  2. Na lavagem, evite encostar na pia, enxague bem as mãos retirando todos os resíduos de sabonete.
  3. Evite encostar na torneira com as mãos ensaboadas.
  4. Use papel-toalha para secar as mãos e punhos.
  5. Se a torneira não fecha automaticamente, use um papel toalha para fechar sem tocar na mesma.

A gripe H1N1 não está se revelando mais letal que a gripe comum, mas os seus sintomas são mais fortes. A estimativa do Ministério da Saúde é que 30% da população já está imunizada contra o H1N1, por ter contraído a infecção natural em 2009.

Se você sentir os sintomas da gripe e fizer parte dos grupos mais vulneráveis para as complicações – gestantes, crianças pequenas, idosos e portadores de doenças crônicas -, você deve procurar um posto de saúde ou um médico. Os sintomas principais são surgimento simultâneo de febre, tosse ou dor na garganta, dor de cabeça, dor muscular ou dor nas articulações. [Ministério da Saúde, G1, Veja, foto de Esparta]

Autor: Cesar Grossmann

Formado em Engenharia Elétrica, é funcionário público, gosta de xadrez e fotografia. Apesar de se definir como "geek", não tem um smartphone, e usa uma câmera fotográfica com filme (além da digital).

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

  1. Ainda tem gente que acredita e pior, creditam nisto!!!!!!!!!!

    Caros senhoras e senhores, tudo mentira. Não existe esta tal gripe, tudo criado e montato para governos comprarem, é claro eles também tem o % cachoeira nisto.

    deixe tudo de lado.
    vamos tomar zinco + uma laranja por dia! você vai ver sua criança e você mudar fortalecer verdadeiramente seu sistema imunológico por inteiro completo! Avida é simples.

    Por um acaso, você já viu ou ouviu alguém morre, por ter consumido uma laranja por dia e zinco quelado de 50mg por dia por vários anos!! Reflita e tome literalmente uma atitude não insana.
    Fui!!!!!!!!!!!!!!!

    Thumb up 5
  2. Ótima matéria sobre a proteção e higiene para não contaminar-se com a Gripe H1N1, e ou similares, também para outras doenças
    !
    É uma pena que muitos não praticam estes cuidados!

    Thumb up 9

Envie um comentário

Leia o post anterior:
lego-death-star_2111189c
Como brincar de Lego na internet [jogo]

Quem nunca se acostu...

Fechar