Quais os riscos de fazer uma tatuagem?

Publicado em 16.10.2012

Hoje em dia, é muito fácil fazer uma tatuagem. Mas não deveria ser tão simples assim: a tatuagem é uma marca permanente feita sobre a nossa pele, marca que é muito difícil de ser retirada em caso de arrependimento.

Portanto, antes de você correr modificar seu corpo, pense bem e considere todos os riscos e consequências envolvidos em se fazer uma tatuagem. Garanto que tem muita coisa que você ainda não sabia.

O que é tatuagem?

Uma tatuagem é um desenho feito com pigmentos inseridos através de picadas na camada superior da pele. Tipicamente, o tatuador usa uma máquina pequena de mão que atua muito como uma máquina de costura, usando uma ou mais agulhas para perfurar a pele repetidamente.

A cada furo, as agulhas inserem na pele minúsculas gotas de tinta. O processo, feito geralmente sem anestésicos, causa pequeno sangramento e dor, que pode variar de leve a forte.

Maior de idade

O primeiro passo para se considerar fazer uma tatuagem é ser maior de idade. O Brasil ainda não tem uma lei federal, ou seja, única, sobre tatuagem em crianças e adolescentes, mas muitos estados a proíbem.

Por exemplo, São Paulo, Rio de Janeiro e Manaus proíbem menores de 18 anos de fazer tatuagem, mesmo com autorização dos pais. Em Santa Catarina e em Porto Alegre, com 16 anos e autorização dos pais, os menores podem fazer tatuagem. Em Curitiba, Juiz de Fora, Recife e Cuiabá, se a família permitir, não tem restrição de idade.

Se informe no seu estado qual a lei vigente. Mas, acima de tudo, não custa esperar até ter 18 anos. As chances são de que você estará mais maduro e seguro de que é isso que você quer. Bem melhor do que desenhar uma folha de maconha no braço ou tatuar “Seu nome” no peito e depois ter que viver com isso para sempre (exemplos de casos reais que chegaram até a polícia em São Paulo e em Minas Gerais; no primeiro caso, o tatuador da menina de 11 anos foi preso, e no segundo, a família do garoto de 14 anos recebeu indenização do tatuador).

Permanente

O segundo fator a se considerar é: o quanto você deseja uma tatuagem? Antes de fazer uma, pergunte-se se você realmente quer investir em arte corporal permanente.

Se você está inseguro ou preocupado de que possa se arrepender um dia, espere e leve mais tempo para pensar sobre isso. Não se permita ser pressionado para fazer uma tatuagem, e não faça uma tatuagem se você estiver sob a influência de álcool ou drogas.

Se você decidir ir em frente com a tatuagem, considere coisas como escolher o local da tatuagem com cuidado. Lembre-se que ela pode até mesmo atrapalhar a conquista de uma vaga de emprego. Considere se você quer que ela seja visível ou possivelmente escondida sob a roupa. Lembre-se também que o ganho de peso, incluindo gravidez, pode distorcer a tatuagem ou afetar sua aparência.

Riscos

Quer mesmo mesmo mesmo fazer uma tatuagem? Tudo bem. Mas considere também os riscos que você estará correndo, por mais baixos que alguns sejam:

  • Reações alérgicas: corantes usados em tatuagem, especialmente vermelhos, verdes, amarelos e azuis, podem causar reações alérgicas na pele, como uma comichão no local da tatuagem. Isso pode ocorrer até mesmo anos depois de fazer a tatuagem.
  • Infecções na pele: infecções que podem causar vermelhidão, inchaço, dor e pus são possíveis após uma tatuagem.
  • Outros problemas de pele: em alguns casos, granulomas podem se formar em torno da tinta da tatuagem. Você também estará sujeito à formação de quelóides, áreas elevadas causadas por um crescimento excessivo da pele da cicatriz.
  • Doenças transmitidas pelo sangue: se o equipamento utilizado para criar a sua tatuagem estiver contaminado com sangue infectado, você pode contrair várias doenças transmissíveis pelo sangue, como tétano, hepatite B e hepatite C. Isto pode ocorrer quando o tatuador utiliza o mesmo potinho de tinta para mais de um cliente ou caso não esterilize o equipamento em autoclave.
  • Complicações em caso de ressonância magnética: raramente, tatuagens ou maquiagem permanente podem causar inchaço ou ardor nas áreas tatuadas durante exames de ressonância magnética. Em alguns casos, os pigmentos de tatuagem podem interferir com a qualidade da imagem, dificultando o diagnóstico de alguma condição de saúde.

Medicação ou outro tratamento, incluindo possível remoção da tatuagem, pode ser necessário se você experimentar uma reação alérgica à tinta da tatuagem, ou se você desenvolver uma infecção ou outro problema de pele perto de uma tatuagem.

Precauções

Entende os riscos e as consequências de se fazer uma tatoo, e quer mesmo assim? Então tome certas precauções, como escolher bem o tatuador. Não tente fazer a tatuagem ou permitir que um amigo não treinado a faça. Vá a um estúdio de tatuagem respeitável que empregue somente funcionários devidamente treinados.

No caso do Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu um “guia” de recomendação técnica quanto a estúdios de tatuagem e piercing. Considerando todos os riscos envolvidos, a Anvisa aprovou uma Norma Técnica para o funcionamento dos estabelecimentos que realizam procedimentos de pigmentação artificial permanente da pele e colocação de adornos, que incluem ter uma alvará sanitário/licença sanitária, possuir local adequado e salubre e usar artigos descartáveis e esterilizados (consulte esse documento completo aqui). Antes de fazer uma tatuagem, verifique se o seu estúdio possui essa licença e obedece a essas recomendações.

Além disso, fique de olho no tatuador: mesmo que aparentemente ele cumpra as recomendações, veja se ele as está aplicando em você, ou seja, verifique se o tatuador lavou as mãos antes de tocar em você, se está usando um novo par de luvas para cada procedimento, se está usando equipamento adequado, se removeu a agulha de um pacote fechado, se esterilizou equipamentos não descartáveis usando uma máquina de esterilização por calor (autoclave), se gavetas, mesas e pias estão desinfetadas, etc.

Se arrependeu ou teve complicações?

Se você acha que sua tatuagem pode estar infectada ou se está preocupado que sua tatuagem não está sarando corretamente (por exemplo, está formando quelóides), contate um médico.

Se você estiver interessado em remoção da tatuagem, pergunte a um dermatologista sobre cirurgia a laser ou outras opções.[MayoClinic]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

  1. Nossa, no estado de SP é proibida a tattoo para menores de 18, mesmo com autorização dos pais… Se denunciarem os Tatuadores daqui, estão ferrados!! O que eu vi de menores de idade tatuado por ai, kkk 15, 16 e 17 anos!!

    Thumb up 13

Envie um comentário

Leia o post anterior:
original
Mistério sobre desaceleração de sonda espacial é possivelmente solucionado

Pesquisador sugere n...

Fechar